<img height="1" width="1" alt="" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=408815549258573&amp;ev=PixelInitialized">

    5 erros cometidos ao fazer um planejamento financeiro para casal

    dicas, dicas-para-poupar, educacao-financeira, conquista-sonhos, dicas-para-investir

    61184-5-erros-cometidos-ao-fazer-um-planejamento-financeiro-para-casal.jpg

    Planejar a vida financeira sozinho já é um desafio e tanto. Porém, ainda mais desafiador é realizar um planejamento financeiro para casal! Por mais que seja muito mais interessante correr atrás de projetos e sonhos a dois, cometer erros ao realizar esse tipo de gerenciamento é mais comum do que você imagina. Que tal evitar atritos por conta de dinheiro na sua relação? Pensando justamente nisso, organizamos aqui 5 erros cometidos por casais ao realizarem o planejamento financeiro. Confira e se previna!

    1. Expectativas irreais

    Muitos casais podem criar expectativas sobre seu estilo de vida que são simplesmente incoerentes com a quantidade de renda conjunta. Isso às vezes acontece por terem deixado a casa dos pais apenas ao se casar, gerando um certo susto nos recém-casados. Nesse cenário, ao se depararem com as próprias contas, percebem que o estilo de vida dos pais era, na verdade, bem caro. É importante lembrar que os pais tiveram um longo período para construir seu patrimônio, superando desafios aos pouquinhos. Por isso, é preciso ser bastante racional e paciente no início do casamento para avaliar o que é possível alcançar no momento.

    2. Deixar de pensar na velhice

    Não pensar na velhice é um erro bastante cometido por inúmeros casais, com ou sem filhos. Por mais que nem sempre seja verdade, casais com filhos tendem a pensar que os jovens cuidarão dos pais quando for preciso. Casais sem filhos, por outro lado, por não terem herdeiros, acabam gastando excessivamente, sem guardar para o futuro. Em ambos os casos, o equívoco está cometido. Então guarde: é importantíssimo ter uma certa quantia de dinheiro guardada para os possíveis percalços que surgirem na velhice.

    3. Focar nos pormenores

    Sabia que excesso de controle é tão ruim quanto controle nenhum? Na hora de fazer um planejamento com sua renda, o casal tem que tomar cuidado para simplificar o orçamento de tal forma que seja fácil para os 2 acompanharem. Caso contrário, sempre surgirão dúvidas, tornando o planejamento muito mais estressante. Atenha-se ao que é essencial e tudo ficará mais fácil!

    4. Negligenciar o diálogo

    A falta de diálogo é um problema comum em diversos relacionamentos. O detalhe é que, quando a esse problema é adicionada a variável financeira, as coisas tendem a se complicar ainda mais. É preciso falar sobre gastos, objetivos individuais e coletivos, além de necessidades subjetivas. É importante que ambos saibam o quanto de dinheiro pode ser usado para que necessidades individuais não afetem projetos do casal — como comprar uma casa ou fazer uma viagem juntos. Para elaborar um bom planejamento financeiro para casal, a conversa aberta e franca é primordial!

    5. Esquecer das metas

    Para uma boa organização das finanças, é essencial saber quais são os projetos de curto, médio e longo prazos do casal. Esquecer-se das metas (ou até mesmo não criá-las) faz com que o dinheiro seja gasto com supérfluos ou que compras sejam realizadas no calor da emoção. Assim, sempre que um questionamento sobre gastos surgir, é bom rever quais foram as prioridades estabelecidas em conjunto, conversando para definir se alguma meta mudou.

    Viu como um planejamento financeiro para casal pode ser simples? Quando falar de dinheiro deixa de ser tabu e tudo passa a ser colocado no papel, a complicação vai embora. Então foque nos erros alheios para se prevenir de possíveis problemas de relacionamento envolvendo dinheiro! Acredite: por mais que lidar com finanças possa ser estressante, casais que se saem bem nesse quesito costumam construir um relacionamento mais feliz.

    Quer ficar por dentro de outras dicas sobre controle financeiro? Então siga nossos perfis no Facebook, no Twitter e no Instagram!