<img height="1" width="1" alt="" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=408815549258573&amp;ev=PixelInitialized">

    5 investimentos para iniciantes fazerem antes do casamento

    Posted by Rodobens on Fevereiro 2017

    53327-5-investimentos-para-iniciantes-fazerem-antes-do-casamento.jpg

    Como bem diz o ditado, quem casa quer casa. Na verdade, não só casa! Quem casa também quer carro, conforto e segurança financeira. Por isso, ainda que não seja em um futuro tão próximo, quem planeja se casar deve se preparar. Pense em todos os gastos com a festa, os registros, as mudanças e tudo o que cerca o início de uma nova vida a 2 e trate de investir o quanto antes! Você não tem ideia de como começar? Pois não se preocupe, porque este post chegou para ajudá-lo a dar os primeiros passos na organização do seu futuro. Então confira agora mesmo nossas sugestões de investimentos para iniciantes!

    1. Caderneta de poupança

    Por sua popularidade e segurança, a poupança é a porta de entrada para muitos investidores. Ela atrai a atenção de quem pensa em guardar dinheiro principalmente por ser desburocratizada, não necessitar de valores iniciais altos, ser livre de imposto de renda e ter alta liquidez — o que significa que você pode sacar seu investimento a qualquer momento, sem carência. Mas atenção: a poupança não deve ser pensada como opção para longo prazo (período maior que 180 dias), pois seu retorno é baixo. Ela remunera cerca de 0,5% ao mês + a TR (Taxa Referencial) do período, conta que normalmente oscila entre 5% e 6% ao ano.

    2. Previdência privada

    Os planos de previdência privada normalmente conseguem agradar tanto investidores mais conservadores como moderados e até mais arrojados. Sua ideia é servir como complemento à aposentadoria, fornecendo uma segurança adicional à vida futura. Nesse caso, você pode escolher combinar a rentabilidade fixa com uma variável, atrelada a algum índice relativo à bolsa de valores, por exemplo. Na prática, todas as opções oferecidas aqui são viáveis para quem deseja guardar valores mensais.

    3. LCI e LCA

    As Letras de Crédito Imobiliário (LCI) e do Agronegócio (LCA) são títulos que servem para impulsionar financiamentos nessas 2 áreas. É como se você emprestasse dinheiro para os setores, financiando suas atividades. Em contrapartida, recebe uma remuneração. São títulos seguros, considerados de renda fixa. Isso quer dizer que seu valor é previamente definido — seja um número fixo ou seguindo algum índice do governo, como a taxa SELIC. Além disso, eles têm garantia do Fundo Garantidor de Crédito (FGC) de até 250 mil reais. Assim, se o banco onde você aplicou seu dinheiro quebra, você tem direito a receber o que havia investido, até o limite da garantia.

    4. Títulos do Tesouro Direto

    Os títulos do Tesouro Direto também são especialmente seguros. Com eles, é como se você estivesse emprestando dinheiro para o governo. O único risco é, portanto, de o país quebrar completamente. Pensou na crise? Não se preocupe! Apesar de o Brasil, assim como qualquer outra nação, passar por altos e baixos, a falência total é uma opção muitíssimo remota. Nesse caso, a variedade de opções é grande e a aplicação foi facilitada para atrair investidores de todo porte. Os bancos geralmente disponibilizam informações a esse respeito diretamente em seu home banking.

    5. Consórcio

    O consórcio está entre os investimentos mais atrativos para quem pensa em se casar sem preocupações. É uma alternativa muito vantajosa para fazer frente aos principais investimentos que casais normalmente precisam fazer: casa e veículo. Para fugir dos juros e da burocracia dos financiamentos, o consórcio traz para o investidor um acesso fácil e a inexistência de juros. Os custos envolvidos, quando calculados sobre o valor da carta de crédito escolhida, mostram-se muito inferiores às taxas dos tradicionais financiamentos bancários.

    Tem planos de casar? Então já comece a pensar onde é mais importante investir seu dinheiro! Faça isso o quanto antes, pois mesmo os investimentos para iniciantes são melhores quando se tem mais tempo para deixar o dinheiro rendendo. Não se esqueça que o planejamento feito em cima da hora aumenta (e muito) o risco de se tomar decisões erradas.

    Acha difícil conseguir se planejar com a devida antecedência? Então aprenda já a fazer seu planejamento financeiro e juntar dinheiro mesmo durante a crise!

     

    Consórcio, investimento seguro e programado para aquisição de bens e serviços.

    • Sem Juros
    • Diversos planos e créditos
    • Sem Taxa de Inscrição
    Simular
    Consórcio!
    New Call-to-action

    Newsletter

    Categorias

    todos
    Como funciona o consórcio de imóveis