<img height="1" width="1" alt="" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=408815549258573&amp;ev=PixelInitialized">

    5 situações em que contratar um consórcio vale a pena

    Posted by Rodobens on Abril 2015

    Juntar dinheiro para comprar o bem à vista ou financiar? Nem uma alternativa, nem outra.

    O consórcio pode ser uma forma intermediária que resolve suas necessidades e ainda realiza sonhos.

    O ano de 2014 fechou com um balanço pra lá de positivo para quem optou pelo consórcio em relação ao financiamento: a diferença entre uma modalidade e outra chegou a ser de R$ 9 mil para um modelo popular de veículo.

    O consórcio consiste em grupos de pessoas interessadas em comprar um bem ou serviço, pagando cotas individuais.

    Os planos têm variações de créditos e prazos, assim o consorciado tem a opção de definir qual o valor mensal é mais adequado ao seu orçamento.

    Se você ainda tem dúvidas sobre o consórcio, aqui vão cinco situações em que contratar um vale a pena! Confira:

    1. Para quem pode esperar
    2. Para quem quer fugir dos juros
    3. Para quem precisa de disciplina
    4. Flexibilização no pagamento
    5. Satisfação ou o dinheiro de volta

     

    Para quem pode esperar

    Quem não tem necessidade imediata do bem, sai na frente quando o assunto é consórcio. Isso porque dá para se programar ao longo do tempo, com certa antecedência.

    Quem já tem seu carro ou caminhão mas pretende trocar por um modelo mais novo, pode escolher o momento ideal para isso.

    As parcelas são diluídas pelo período estendido do pagamento. Com o consórcio, o cliente pode ser contemplado tanto na primeira parcela como na última.

     

    Para quem quer fugir dos juros

    Quem quer crédito e pretende fugir dos juros abusivos, o consórcio é a melhor opção. Sua grande vantagem é a ausência de juros.

    Há apenas a cobrança de taxas referentes à administração, fundo de reserva (em algumas administradoras) e seguro.

     

    Para quem precisa de disciplina      

    Economizar não é tarefa das mais fáceis. Sempre aparecem tentações no caminho que fazem o dinheiro sumir para coisas que não são as prioridades estabelecidas, e assim, adeus guardar dinheiro.

    Por isso, o consórcio é a melhor forma de autodisciplina, pois proporciona a sensação de compromisso financeiro. Todo o mês a parcela precisa ser paga.

     

    Flexibilização no pagamento

    Sobrou dinheiro no final do mês? É possível pagar antecipadamente algumas parcelas, boa opção para períodos de economia estável e inflação baixa.

    O contrário também vale. Se o dinheiro anda curto, há como repassar as cotas em caso de desistência ou dificuldade em realizar os pagamentos.

     

    Satisfação ou o dinheiro de volta

    E mesmo com planejamento orçamentário você cometeu um erro na organização das finanças e deixou de pagar uma parcela, não há perda do dinheiro. Há como obter a devolução no encerramento do grupo, na ocasião do último sorteio.

     

    Para quem se animou com os benefícios do consórcio e está pensando na possibilidade, saiba que desde 2010 o governo oficializou a possibilidade de o trabalhador usar os recursos do seu Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para pagar parte das prestações para a compra de imóveis, desde que o valor destes não ultrapasse R$ 500 mil e estejam em nome do beneficiado.

    Quem não tem um valor de entrada para adquirir, basta pagar as prestações do consórcio e, se entrar um dinheiro inesperado, o consórcio permite dar lances para adquirir o bem sem depender de sorteio.

    E aí? Se interessou pelos benefícios que a contratação do consórcio traz? Deixe seu comentário contando pra gente.

    Nova chamada à ação

    Consórcio, investimento seguro e programado para aquisição de bens e serviços.

    • Sem Juros
    • Diversos planos e créditos
    • Sem Taxa de Inscrição
    Simular
    Consórcio!
    New Call-to-action

    Newsletter

    Categorias

    todos
    guia de compra do seu primeiro imovel