<img height="1" width="1" alt="" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=408815549258573&amp;ev=PixelInitialized">

    Como escolher bem o primeiro imóvel e iniciar a construção do seu patrimônio

    consorcio, planejamento, consórcio de imóveis, dicas, reforma-construcao, dicas-consorcio, consorcio-imovel, simular-consorcio, primeiro-imovel, primeira-casa, consorcio-imo

     

    Você pensou muito na opção ideal para a compra do seu primeiro imóvel, comparou as vantagens entre um financiamento convencional e o consórcio, descobrindo que a segunda opção caberia melhor no seu bolso. Agora, após pagar algumas prestações, não aguenta a ansiedade de ter o seu próprio canto. Quem sabe aquele dinheiro guardado ou ainda o seu FGTS não te ajudariam a dar um bom lance e obter sua carta de crédito antes do que imagina?

    Então você escolheu uma das opções anteriores e conseguiu finalmente ser contemplado! Logo vai receber sua carta de crédito, que te dará o mesmo poder de barganha de uma compra à vista de sua primeira casa ou apartamento. Mas e agora? Como escolher o imóvel mais adequado? Que critérios utilizar na hora de optar por um lugar? Não se preocupe, pois separamos algumas dicas que vão ajudá-lo nessa tarefa:

     

    CASA NOVA OU USADA?

    Em geral, imóveis novos costumam ser mais modernos e trazem a sensação boa de iniciar uma história naquele espaço. Porém, às vezes eles podem sair mais caros do que os locais que já tiveram outros donos. Os apartamentos novos são, na maioria das vezes, menores do que o mais antigos. No entanto, unidades usadas podem precisar de uma reforma pesada. Por isso, vale fazer uma boa comparação entre as alternativas que você tem, levando em consideração quanto gastaria para equipar a primeira moradia ou quanto sairia a renovação do espaço que já teve uso.

     

    A VIZINHANÇA COMBINA COM SEUS HÁBITOS?

    É sempre bom analisar alguns detalhes que a princípio parecem criteriosos demais, porém no longo prazo podem fazer toda diferença na sua vida. Um deles é saber como sua vizinhança se comporta à noite ou se o bairro oferece a infraestrutura que você precisa, conforme seu estilo de vida. Calcule quanto tempo você levaria para chegar ao seu trabalho. Se pretende usar o transporte público, quais são as opções existentes e se precisa usar o carro, verifique como são o trânsito e os acessos à região.

     

    PESQUISE A SITUAÇÃO DO IMÓVEL

    Além de saber se o preço do imóvel cabe no valor da sua carta de crédito, não deixe de consultar um advogado para verificar a documentação da casa ou apartamento. Um bom corretor também pode ajudar nesta tarefa. O importante é que você não deixe de se certificar, mesmo que tenha que gastar algum dinheiro. Como o imóvel ficará alienado com a administradora até que quite sua cota, veja se a situação está regular. Isso vale para a escritura, os impostos ou até mesmo a situação judicial. Lembre-se que seu crédito só será liberado, caso tudo esteja correto.

     

    CONSIDERE O VALOR DAS CONTAS

    Não esqueça que você tem a parcela do consórcio para pagar. Então é muito importante que leve em consideração, por exemplo, o valor do condomínio no caso de apartamento, as parcelas do IPTU e também contas menores como água, gás e energia elétrica. Coloque tudo na ponta do lápis. Não adianta o preço do imóvel ser compatível com a sua carta de crédito, mas as despesas dele não caberem no seu bolso.

     

    Achou interessante a possibilidade de comprar seu primeiro imóvel por meio de um consórcio? Quer indicar para os amigos? Além de ter à sua disposição atendimento de qualidade em todo país, a Rodobens possui ainda uma loja online, para facilitar o acesso à simulação de orçamento e possibilitar, inclusive, a compra online com menor burocracia. Basta visitar a nossa página.

    Nova chamada à ação