<img height="1" width="1" alt="" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=408815549258573&amp;ev=PixelInitialized">

    Consórcio ou financiamento: o que é melhor e mais fácil para você?

    Posted by Rodobens on Setembro 2016

     

    Comprar o primeiro carro ou trocar o atual é o desejo de muita gente, não é verdade? Mas, na prática, isso nem sempre é tarefa fácil, uma vez que o alto valor desse bem exige planejamento extra. E é aí que entra a importância de escolher a forma de pagamento mais adequada para conquistar esse objetivo. Afinal, de acordo com o que você escolher, precisará de uma preparação diferente. E aí, compra à vista ou a prazo?

    Nesse caso, as alternativas mais populares são adquirir um consórcio ou fazer a compra à vista. Mas será que, no fim das contas, você sabe qual delas é a melhor para suas demandas? Se está em dúvida a respeito dessa escolha e precisa de uma mãozinha para pesar prós e contras, leia agora mesmo este post e tire suas próprias conclusões!

    Quais as vantagens da compra à vista?

    Seja o carro novo, seminovo ou usado, seja seu primeiro veículo ou a troca por um mais recente, pagar a compra toda à vista, de uma só vez, é sempre uma opção. Que tal conferir algumas das vantagens mais evidentes dessa alternativa?

    Aquisição imediata

    Se você compra seu carro à vista, a aprovação é rápida e as chaves logo estão na sua mão. Assim, sem muita espera ou burocracia, assim que o pagamento é realizado, o carro passa a ser seu! Claro que tem toda a espera pela documentação, mas isso acontece em qualquer aquisição de veículo novo. No caso da compra de um seminovo ou usado, essa espera é pela transferência.

    E aqui temos uma das vantagens mais atrativas dessa opção: você tem a comodidade de poder sair da concessionária já dirigindo seu possante! E esse detalhe pode ser bastante tentador para quem tem saldo suficiente na conta.

    Liberação do veículo

    Uma outra vantagem da compra à vista é que o carro fica liberado, pois não é alienado a qualquer administradora ou financeira. Assim, se quiser vender ou trocar o veículo, pode fazê-lo sem problemas!

    Quais as desvantagens de comprar um carro à vista?

    Não se engane achando que não existem contras nessa alternativa, viu? É isso mesmo: nem sempre comprar à vista é a melhor opção. Confira o que pode pesar negativamente nessa escolha!

    Economia demorada

    Caso você se decida pela compra à vista e ainda não tenha o valor completo do carro que deseja, tem basicamente 3 opções:

    1. compra um carro diferente, de outro modelo mais em conta;
    2. escolhe o carro que você queria, mas em uma versão mais básica;
    3. espera juntar dinheiro suficiente para a compra.

    Ou seja: ou você abre mão do carro que deseja, ou vai esperar meses ou anos para juntar a quantia certa. Isso sem contar que a inflação pode “comer” o seu poder de compra, desvalorizando seu dinheiro — caso ele seja mal aplicado — e elevando muito o preço do carro.

    Descapitalização para emergências

    Pagando à vista, você sofre com a descapitalização — especialmente se, fora esse saldo, você não tiver nenhuma reserva de emergência. Lembre-se de que imprevistos podem acontecer a qualquer momento e ser pego desprevenido definitivamente não é uma boa ideia. Assim, é extremamente desaconselhável que qualquer pessoa se descapitalize para adquirir qualquer bem, ficando sem um saldo de reserva.

    Na verdade, é um conselho frequente que toda pessoa que deseja ter segurança financeira conte com, pelo menos, o equivalente a 6 meses do seu salário guardado para cobrir eventuais problemas de saúde ou períodos de desemprego. Ainda vale ressaltar que, no quesito descapitalização, um carro exige também:

    • manutenção;
    • combustível;
    • limpeza;
    • gastos com estacionamentos;
    • pagamento de impostos.

    No fim das contas, é possível que você se veja sem dinheiro tanto para mantê-lo bem cuidado como para lidar com eventuais emergências, tudo por ter optado pela compra à vista.

    Custo de oportunidade

    Mesmo tendo saldo suficiente para comprar seu carro, manter uma reserva financeira e não sofrer tanto com a descapitalização, ainda é preciso pensar no custo de oportunidade, que nada mais é que aquilo que você deixa de ganhar. Pense bem: o dinheiro que você usa para comprar o carro poderia ser investido em uma aplicação de boa rentabilidade — o que pode provar ser um uso muito melhor dele!

    Contratando um consórcio e calculando o Custo Efetivo Total (CET), como se fossem os juros mensais que correspondem a todos os custos, você logo consegue ver o valor dos juros pagos mensalmente. Aí basta encontrar uma opção de investimento que tenha rentabilidade mensal superior a essa taxa para fazer um excelente negócio! Deixando o dinheiro aplicado, você cobre os gastos com o consórcio e ainda fica com um extra.

    Quais as vantagens do consórcio?

    Passemos agora para o consórcio! Nesse caso, você paga as parcelas até a conclusão do grupo, dentro do prazo contratado. Quando for contemplado com a carta de crédito, o que acontece entre o primeiro e o último mês, você já pode comprar seu automóvel, mas continua pagando as parcelas normalmente. Entre as vantagens dessa opção estão as que listamos a seguir. Acompanhe!

    Pagamento parcelado

    Aqui você paga seu carro parcelado, sem abrir mão da sua reserva de emergência e sem se descapitalizar. Assim, não tem que apertar seu orçamento nem abrir mão de momentos de lazer para fazer uma economia mais pesada.

    Como a parcela é escolhida de acordo com sua capacidade financeira, você consegue se planejar e pagar tranquilamente, sem desespero e sem causar grandes impactos em seu equilíbrio financeiro.

    Negociação favorável

    Você com certeza sabe que, com dinheiro na mão, tem o que chamamos de poder de barganha, podendo conseguir descontos e condições mais favoráveis. Por que não elencamos isso como vantagem da compra à vista? Simplesmente porque no consórcio isso também acontece!

    Para o vendedor, a carta de crédito é sinônimo de dinheiro, pois ele vai receber o pagamento de uma única vez. Então você pode, sim, usar isso a seu favor para conseguir melhores condições de compra!

    Planejamento facilitado

    Como falamos, você vai escolher a parcela de acordo com sua capacidade mensal. Existe, então, a vantagem de poder se planejar com tranquilidade para os próximos anos. E isso é bom também em outro aspecto: é possível começar a ter domínio do seu planejamento financeiro, fazendo seu orçamento mensal e observando seus gastos.

    Tudo isso melhora até sua saúde financeira, pois ensina a se planejar e ter uma economia pessoal bem direcionada. No fim das contas, você tem total controle sobre como vai pagar seu automóvel e suas demais contas mensais. Não parece ideal?

    Ausência de juros

    Se você ainda tem algum tipo de dúvida nesse sentido, vamos resolver agora: consórcio não é financiamento! Portanto, você não paga juros pelo valor do bem. O que entra nessa conta são outros custos, como:

    • taxa de administração: o valor pago à administradora para gerir seu dinheiro e o dinheiro dos outros participantes do grupo, aplicando-o para garantir seu poder de compra;
    • seguro prestamista: é um valor simbólico pago por todos os participantes para que, em caso de falecimento, invalidez, desemprego ou outro incidente que comprometa a capacidade de pagamento de qualquer um, o grupo não fique prejudicado. Vale lembrar que não é todo consórcio que cobra esse seguro, ok?

    No fim das contas, somando esses gastos e distribuindo a quantia no valor mensal, o CET (de que falamos há pouco) ainda é bem menor que os juros que você pagaria em um financiamento.

    Quais as desvantagens do consórcio?

    Demora para a posse

    No consórcio, você só recebe seu carro mediante contemplação com a carta de crédito. Tudo bem que, ao participar dos sorteios mensais e dar lances, você tem a oportunidade de adiantar a posse do seu tão sonhado veículo, mas nada nem ninguém pode garantir que você não terá que esperar até os últimos meses para transformar o sonho em realidade.

    Assim, se você precisa do carro com urgência (para trabalhar, por questões de saúde ou outras razões pessoais), talvez não valha a pena contar com a incerteza de quando vai poder colocar as mãos nas chaves.

    Má escolha da administradora

    escolha da administradora pode ou não ser uma desvantagem. Na verdade, isso só vai depender de você! Há algumas empresas consolidadas no mercado, bem avaliadas e referenciadas. Por outro lado, há aquelas que são arriscadas.

    Como é a administradora quem toma conta do seu dinheiro, ela precisa ter experiência e solidez para fazer um bom trabalho. Além disso, também precisa estar autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil. Para se certificar que ela atende a esse requisito, você pode consultar as informações no próprio site do BCB.

    Além disso, tenha em mente que a escolha também impacta os custos do consórcio. Afinal, há aquelas que, além do seguro e da taxa de administração, cobram outros valores, como:

    • fundo de reserva;
    • seguros adicionais;
    • taxa de adesão.

    Entenda, portanto: saber escolher a administradora pode fazer uma enorme diferença entre um bom e um mau negócio.

    Qual a melhor alternativa: consórcio ou compra à vista?

    Se você pesar os prós e contras, vai perceber que, exceto se precisar do carro com urgência, um consórcio bem escolhido, de uma administradora de excelência, garante melhores condições e é mais atrativo em qualquer situação.

    Ainda que você tenha dinheiro de reserva, pode aplicá-lo, garantir sua segurança financeira, não se colocar em situação de instabilidade e ainda cobrir o custo do consórcio com folga. Isso sem contar que quem tem dificuldades em poupar pode usar o consórcio como forma de se educar e começar a viver de forma planejada, já que essa modalidade funciona como uma reserva financeira, um compromisso mensal que você tem que honrar para garantir o recebimento do bem.

    Pense sempre no que é mais vantajoso para seu bolso e mais seguro para você. Assim, você dificilmente vai fazer escolhas arriscadas demais. Ficou na dúvida ou já se decidiu entre o consórcio ou a compra à vista do seu próximo carro? Comente suas experiências e perspectivas conosco!

     
    Voltar
     

    Nova chamada à ação

    Consórcio, investimento seguro e programado para aquisição de bens e serviços.

    • Sem Juros
    • Diversos planos e créditos
    • Sem Taxa de Inscrição
    Simular
    Consórcio!
    New Call-to-action

    Newsletter

    Categorias

    todos
    Como funciona o consórcio de imóveis