<img height="1" width="1" alt="" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=408815549258573&amp;ev=PixelInitialized">

    Vai abrir um negócio? Entenda a importância do seguro empresarial

    Posted by Rodobens on Maio 2017

    Para ter seu próprio negócio, é preciso fazer investimentos, certo? Mas para que esse sonho não acabe se transformando em pesadelo, esses investimentos devem ser protegidos. Imagine se você passa por todo o processo, superando a burocracia, conquistando clientes e competindo com diversos concorrentes para, no fim das contas, ver seu trabalho se perder devido a um evento inesperado. Melhor se prevenir, não concorda?

    Nesse post, vamos mostrar por que contar com um seguro empresarial é uma maneira de garantir que sua empresa e até mesmo seus colaboradores fiquem protegidos contra diversos tipos de eventualidade. Ficou interessado? Então continue lendo!

    Conheça o seguro empresarial

    Não quer testemunhar todo o trabalho da sua vida como empreendedor se perder depois de um desastre natural? Já pensou se você se torna vítima de um roubo ou de um incêndio criminoso? Seriam anos e anos de esforço e dedicação perdidos por uma eventualidade, ainda retirando sua principal fonte de renda. Pois o seguro empresarial é um serviço que existe justamente para protegê-lo contra esse tipo de problema.

    Nesse caso, o empresário escolhe uma seguradora, escolhendo uma opção de cobertura que se encaixe com a natureza do seu negócio. Cabe ao contratante realizar o pagamento (anual ou mensal) do seguro para, em contrapartida, poder ser reembolsado em até 100% do valor caso tenha prejuízos oriundos de eventualidades previstas no seu contrato.

    Escolha a melhor opção

    Vamos mostrar a seguir quais são as coberturas normalmente oferecidas pelas seguradoras e suas vantagens. Acompanhe!

    Proteção contra incêndios e inundações

    Incêndios podem começar das mais diferentes maneiras, seja com um fio desencapado, o descuido de um profissional ou uma panela esquecida no fogo. O resultado, porém, é sempre o mesmo: prejuízos com danos a materiais, equipamentos e infraestrutura do negócio. Muitos seguros empresariais cobrem esse tipo de dano, fazendo o pagamento das perdas de equipamentos ou de todo o imóvel e da infraestrutura corporativa em até 100%.

    Além do fogo, a empresa também pode ter problemas com água. Afinal, alagamentos e inundações são relativamente comuns em várias cidades do país durante tempestades mais severas. E esses incidentes são tão prejudiciais quanto incêndios, uma vez que danificam equipamentos e podem comprometer toda a estrutura do imóvel da empresa. Por isso, tais casualidades também podem ser cobertas por um seguro.

    Além de ressarcir o dano direto causado por incêndios ou alagamentos, a seguradora também pode oferecer o pagamento do lucro cessante. Nesse caso, mesmo parada após um incidente, a empresa continua recebendo os valores referentes aos ganhos que teria em condições normais até que se restabeleça. Por fim, o negócio também pode ter o aluguel do imóvel pago pela seguradora enquanto a estrutura estiver inutilizada.

    Cobertura contra roubos e furtos

    A verdade é que, hoje em dia, a segurança pública não costuma inspirar muita confiança aos empresários. Infelizmente, ainda é comum que lojistas tenham perdas consideráveis por conta de assaltos ou mesmo indústrias sofram para lidar com furtos ou roubos de equipamentos.

    Então saiba: esse tipo de problema também pode ser coberto por um seguro empresarial, prevendo o ressarcimento do valor extraviado da empresa! Em alguns casos, a seguradora também pode oferecer a instalação de equipamentos de prevenção por preços mais acessíveis — como câmeras.

    Aliás, vale lembrar que o valor do seguro varia de acordo com as condições apresentadas pela empresa. Assim, caso a seguradora ateste que o negócio conta com equipamentos de vigilância e também adota procedimentos de segurança confiáveis, certamente cobrará um preço mais amigável para garantir a cobertura.

    Resguardo para colaboradores e clientes

    Até aqui, falamos sobre como o seguro é importante para garantir a empresa não precise lidar sozinha com perdas materiais — seja com imóveis, produtos ou equipamentos. Mas esse tipo de proteção também se estende às pessoas que fazem o negócio acontecer. Estamos falando especialmente dos colaboradores e clientes.

    No caso dos profissionais, é possível contar com coberturas para indenização em caso de acidentes de trabalho, que vão desde o pagamento de indenizações até assistência médica ou psicológica. Já clientes que sofrem qualquer dano, problema ou acidente dentro da empresa podem requisitar indenização, podendo esse processo ser resolvido pela seguradora. Tudo isso, claro, de acordo com as condições do contrato firmado para a aquisição do seguro empresarial.

    Existe também a possibilidade de a empresa ser ressarcida quando é lesada pelo próprio colaborador, seja por conta de roubos e furtos ou mesmo por fraudes. É simples: o seguro empresarial protege tanto o profissional contra erros ou omissões da empresa quanto a própria empresa contra alguma má conduta.

    Preservação da frota corporativa

    Sua empresa precisa do apoio logístico de caminhões, carros e motos para exercer algumas atividades, como a entrega de produtos ou mesmo a locomoção dos empregados com fins corporativos? Pois essa pequena frota representa um investimento enorme que não pode simplesmente se perder em caso de acidentes de trânsito ou roubos.

    Embora exista um seguro específico para frotas corporativas, esse tipo de serviço também pode estar previsto dentro do contrato de um seguro empresarial. Também é possível que a empresa tenha proteção até mesmo para veículos de terceiros sob sua responsabilidade. Assim, se a empresa contrata um motoboy regularmente para exercer algumas atividades, a moto ficará segurada em caso de qualquer acidente durante o respectivo horário de serviço do profissional.

    Outras coberturas possíveis

    Os seguros empresariais também podem cobrir uma série de outros danos causados ao negócio. Um deles é a proteção contra a queda de raios nas dependências da empresa, incidentes que podem danificar equipamentos ou mesmo ferir colaboradores. A rede elétrica do negócio também pode ser resguardada nos casos de perdas ocasionadas por um serviço inadequadamente prestado pela fornecedora — como longas quedas de energia que tragam prejuízos ou danos causados por variações na tensão.

    Também é possível contar com proteção para uma série de desastres naturais, passando por chuva de granizo, rajadas de vento, tornados e até mesmo a infestação de pragas, como cupins. Tudo, é claro, de acordo com o que foi acertado no momento da assinatura do contrato.

    Por fim, é possível contratar coberturas contra danos que vão desde depredações das dependências da empresa ou mesmo impacto de carros, caminhões e motos contra o imóvel corporativo. Com tudo isso, sua empresa fica protegida tanto em relação a situações comuns quanto no caso de ter que lidar com aquelas ocorrências mais improváveis.

    E então, quer receber mais informações para manter sua empresa sempre segura? Aproveite o momento para seguir nossos perfis no Twitter e no Facebook!

     

    Consórcio, investimento seguro e programado para aquisição de bens e serviços.

    • Sem Juros
    • Diversos planos e créditos
    • Sem Taxa de Inscrição
    Simular
    Consórcio!
    New Call-to-action

    Newsletter

    Categorias

    todos
    Como funciona o consórcio de imóveis