<img height="1" width="1" alt="" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=408815549258573&amp;ev=PixelInitialized">

    Entenda os principais termos de um seguro

    Posted by Rodobens on Agosto 2017

    O contrato de um seguro é aquele documento por meio do qual uma pessoa transfere para a seguradora os prejuízos decorrentes dos riscos a que o bem segurado está sujeito. Esses contratos são documentos jurídicos que trazem os termos de um seguro. Parece complicado demais? Muita calma nessa hora! Você não precisa contratar um escritório de advocacia para traduzir palavra por palavras para você. Conheça neste post os conceitos mais usados no mercado de seguros e tenha segurança na hora de fechar negócio!

    Aditivo contratual e apólice

    Tanto o aditivo contratual quanto a apólice são documentos. O aditivo serve para corrigir, esclarecer ou complementar os dados constantes de um contrato já assinado. É usado quando, arrependido por não ter incluído um carro reserva na proposta, por exemplo, o contratante solicita essa alteração. Já a apólice resume as condições da contratação, devendo ser emitida pela seguradora até 15 dias após a assinatura do contrato.

    Garantia, caducidade e vigência

    Garantia, caducidade e vigência são condições do contrato. A caducidade acontece quando o contrato perde seus efeitos antes do prazo de término estipulado. Um contrato caduca quando uma das partes descumpre alguma cláusula, por exemplo. A garantia é a cobertura, a proteção que o contrato oferece contra os riscos a que o objeto segurado está sujeito — como acidentes, no caso de um seguro auto, invalidez no caso de um seguro de vida e furtos, no caso de seguro residencial. A vigência é o prazo de início e de término do contrato, período de validade das cláusulas e garantias contratadas.

    Avarias, risco e sinistro

    Avarias, risco e sinistro são termos de um seguro relacionados a ocorrências. Avarias são danos, estragos causados a um objeto — veículo ou eletrodoméstico. Risco é aquela ocorrência que causa danos, independe da vontade de alguém e acontece em data incerta. Podemos dizer que risco é a expectativa de um sinistro. O sinistro, por sua vez, é o evento coberto pelo seguro, a ocorrência do risco, o acontecimento previsto no contrato. Um exemplo de sinistro é a colisão entre veículos.

    Franquia e prêmio

    Franquia e prêmio são as importâncias pagas à seguradora como contrapartida pela cobertura contratual. A franquia é uma parte inicial da indenização do seguro paga pelo cliente, uma participação obrigatória do segurado no prejuízo causado por cada sinistro. Já o prêmio é a importância que o segurado paga à empresa para que ela garanta os riscos a que o bem segurado está sujeito.

    Salvado e sub-rogação

    Salvado e sub-rogação dizem respeito ao que acontece depois de um evento danoso. Salvado é o nome dado ao automóvel resgatado de um sinistro que ainda possui valor econômico e passa a pertencer à seguradora. Sub-rogação é a transferência de direitos e obrigações para outra pessoa, como no caso em que o segurado, depois de receber a indenização, transfere ao segurador o direito de cobrar o prejuízo do terceiro causador do sinistro.

    Agora que você já conhece os principais termos de um seguro, precisa escolher uma empresa ética e com solidez no mercado para fechar negócio sem se preocupar. Então aproveite para aprender a avaliar uma corretora na hora da contratação!

     

    Consórcio, investimento seguro e programado para aquisição de bens e serviços.

    • Sem Juros
    • Diversos planos e créditos
    • Sem Taxa de Inscrição
    Simular
    Consórcio!
    New Call-to-action

    Newsletter

    Categorias

    todos
    Como funciona o consórcio de imóveis