<img height="1" width="1" alt="" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=408815549258573&amp;ev=PixelInitialized">

    Conheça o valor cobrado por diferentes multas de trânsito

    Posted by Rodobens on Junho 2017

    Você talvez ainda não saiba, mas os valores das multas de trânsito foram reajustados no Brasil. As quantias das penas tiveram aumentos de mais de 50%. Além disso, algumas infrações passaram a ser punidas de forma mais grave, como dirigir com celular ao volante.

    As mudanças foram trazidas pela Lei nº 13.281/2016, que alterou vários artigos do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Os novos valores começaram a valer a partir de 1º de novembro de 2016.

    Confira, a seguir, quais são as categorias de infrações previstas no CTB e quanto custam as respectivas multas.

    Tipos de infrações

    Você já ouviu falar nos tipos de infrações de trânsito? O artigo 258 do CTB (Lei nº 9.503/1997) prevê quatro categorias de infrações, as quais são punidas com multa, de acordo com a gravidade da ocorrência. As categorias são as seguintes:

    • infração de natureza leve;
    • infração de natureza média;
    • infração de natureza grave;
    • infração de natureza gravíssima.

    Além disso, o motorista que comete algum tipo de infração perde pontos na carteira, conforme a natureza do ato:

    • leve (três pontos);
    • média (quatro pontos);
    • grave (cinco pontos);
    • gravíssima (sete pontos).

    Para você ter uma ideia, estacionar o carro afastado do meio-fio da calçada, de cinquenta centímetros a um metro, é uma infração leve. Já parar o veículo em viadutos, pontes e túneis é uma infração média. Dirigir com o farol desregulado é uma falta grave, enquanto falsificar documento de habilitação é falta gravíssima.

    Antigos e novos valores das multas de trânsito

    Segundo o Governo Federal, o reajuste dos valores das multas de trânsito ocorreu após quinze anos sem mudanças nos valores. Para o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), a medida tem objetivo educativo, já que as quantias anteriores tinham perdido significância financeira ao longo do tempo.

    Confira, em seguida, os antigos e os novos valores, além dos aumentos percentuais.

    Infração Leve

    • Antes: R$ 53,20.
    • Agora: R$ 88,38.
    • Aumento: 66%.

    Infração Média

    • Antes: R$ 85,13.
    • Agora: R$ 130,16.
    • Aumento: 53%

    Infração Grave

    • Antes: R$ 127,69.
    • Agora: R$ 195,23.
    • Aumento: 53%.

    Infração Gravíssima

    • Antes: R$ 191,54.
    • Agora: R$ 293,47.
    • Aumento: 53%.

    Vale lembrar que, conforme o tipo de infração previsto no Código de Trânsito Brasileiro, pode haver um fator de multiplicação sobre o valor da multa.

    Aumento de algumas penas

    Além dos novos valores das multas de trânsito, a Lei nº 13.281/2016 também alterou a forma de punição de algumas infrações. Antes, o ato de dirigir com o celular ao volante era considerado uma infração média, mas agora se tornou uma falta gravíssima.

    Mais uma penalidade agravada foi a dada para quem dirige embriagado. Nesse caso, a infração continua gravíssima, mas o valor da multa passou a ser multiplicado por dez e não mais por cinco, como antes. Sem contar que agora essa multa pode ser dada em dobro, caso haja reincidência do comportamento no período de doze meses. Portanto, nessa situação a multa chegaria a R$ 5.869,40.

    Quer receber os próximos conteúdos da Rodobens? Então, siga-nos nas redes sociais e não perca as novidades! Estamos no Facebook, no YouTube, no LinkedIn, no Google Plus, no Instagram e no Twitter.

     

    Consórcio, investimento seguro e programado para aquisição de bens e serviços.

    • Sem Juros
    • Diversos planos e créditos
    • Sem Taxa de Inscrição
    Simular
    Consórcio!
    New Call-to-action

    Newsletter

    Categorias

    todos
    Como funciona o consórcio de imóveis