<img height="1" width="1" alt="" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=408815549258573&amp;ev=PixelInitialized">

    O que avaliar na compra de um imóvel usado?

    Posted by Rodobens on Setembro 2016

    o que avaliar na compra de um imovel usado.jpg

    Imagine que você tenha finalmente encontrado o imóvel que tanto procurava. Pelo menos à primeira vista, tudo parece perfeito, desde o número de cômodos, passando pela infraestrutura do condomínio até chegar à vizinhança. Mas atenção: por mais que seja fácil se encantar e querer se mudar rapidamente, para fazer o melhor negócio possível é essencial tomar alguns cuidados, começando pela avaliação do imóvel para ter certeza de que ele é mesmo tudo isso que você imagina. Melhor se precaver para não ter dor de cabeça no futuro devido a problemas camuflados, certo?

    Dentre os pontos que você não pode deixar de levar em consideração antes de comprar um imóvel usado estão as instalações elétricas, o estado dos encanamentos de água e de gás, quaisquer rachaduras nas paredes e possíveis infiltrações, por exemplo. Mas o que exatamente você deve avaliar em cada um desses setores na compra de um imóvel usado? Pois confira nosso post de hoje e aprenda!

    Fachada e áreas comuns

    Você com certeza conhece aquele ditado que diz que a primeira impressão é a que fica, não é mesmo? Então adote essa lição como mantra quando for visitar um imóvel usado. Acredite: ter isso em mente ajudará na sua avaliação. O primeiro ponto a ser avaliado na sua visita, considerando que você já pesquisou sobre a localização e os arredores, é a fachada e área comum do prédio, da casa ou do condomínio.

    Confira o estado de conservação da pintura, se há rachaduras e se o aspecto, de uma forma geral, é agradável. Se o imóvel estiver em um prédio, veja como é a portaria, se há jardins ou não e como está aparência. Casas exigem o mesmo cuidado, já que a fachada pode revelar muitos problemas mais complexos, como infiltrações e danos na estrutura. Então avalie com atenção!

    Aspecto geral do imóvel

    Assim que entrar no imóvel que pretende comprar, seja para morar ou como forma de investimento, é importante avaliar o aspecto geral do espaço. Veja como está a porta, se as chaves entram sem problema, como está o estado da pintura, se o piso está novo ou se precisa de reformas.

    Ande sem pressa pelos cômodos e não deixe de observar pontos como iluminação e umidade. Recebe sol da manhã ou da tarde? Será necessário deixar as luzes acesas mesmo durante o dia? Se não bater sol na área de serviço, por exemplo, pode ser que as roupas demorem a secar — o que, para algumas pessoas, pode ser um grande problema. Esse é o momento de avaliar também a necessidade de reforma do espaço, o que pode impactar diretamente na negociação do preço do bem.

    Instalações elétricas

    Depois da avaliação geral do estado do imóvel, chega a hora de começar a checar os detalhes — que de pequenos não têm nada. Que tal começar pelas instalações elétricas, ponto normalmente bastante sensível nas propriedades mais antigas? Para isso, cheque com o proprietário qual foi a última vez que o sistema precisou de reparos e como está o estado do quadro de luz.

    Verifique ainda se os aparelhos são 110V ou 220V e não deixe de avaliar se os espelhos das tomadas já foram trocados de acordo com o novo modelo, aquele de 3 furos. Para testar as tomadas disponíveis, uma boa ideia é levar o carregador do seu celular e, claro, o aparelho, que mostrarão o que está ok e o que apresenta problemas. Além do mais, veja se precisará chamar um eletricista para criar novos pontos.

    Encanamentos de água e de gás

    Tão importante quanto o estado das instalações elétricas é a situação dos encanamentos de água e de gás do imóvel usado. É importante checar se os canos foram modernizados ou ainda são feitos de ferro, no modelo antigo. Caso o imóvel não tenha sido reformado, é bem provável que a parte hidráulica esteja comprometida e, no futuro, venha a dar problemas, como vazamentos, entupimentos e infiltrações. Considerar os custos de uma atualização e fazê-la antes mesmo de se mudar (se for o caso) é uma boa pedida. Abra as torneiras para ver se a água está descendo da forma como deveria e cheque a pressão da água em chuveiros e descargas.

    Em relação ao gás, também é essencial checar se a tubulação foi trocada ou se ainda é antiga. Pergunte se o gás é natural ou se é preciso comprar botijões. Caso haja aquecedores, você também deve avaliar se os locais em que eles estão instalados são seguros, se seu acendimento é manual ou automático e qualquer outro detalhe que chame a atenção.

    Rachaduras e possíveis infiltrações

    Antes de fechar negócio e comprar seu apartamento ou sua casa, observe também o estado das paredes do imóvel. Estão lisas ou têm rachaduras? Caso tenham marcas, certifique-se sobre o que há por trás delas — um cano estourado, uma viga ou um possível vazamento, por exemplo. Infiltrações também devem ser avaliadas e devidamente documentadas. Nesse sentido, procure por pontos escuros principalmente no teto dos banheiros e da cozinha.

    Portas e janelas

    Ao avaliar seu provável futuro imóvel, não deixe de checar se portas e janelas estão em bom estado. Muitas propriedades antigas contam com janelas de madeira que, apesar de clássicas, podem esconder diversos problemas, desde desgaste natural do material a umidade e cupins. Veja se estão fechando direito e se o estado geral é bom. Considerando que portas empenadas são bastante comuns, vale verificar se estão fechando direito.

    De fato, fazer uma avaliação completa e precisa antes de comprar um imóvel usado pode ser um desafio e tanto. Para ter sucesso na tarefa e não se deparar com problemas no futuro, fazer uma checklist antes da visita é fundamental. Assim você garante que observará todos os pontos necessários. E, no caso de dúvidas ou inseguranças, considere contratar um profissional especializado, como um engenheiro ou arquiteto, para ter ajuda e tirar a pulga de trás da orelha!

    A avaliação é um momento essencial na compra de um imóvel usado, pois permite a verificação de problemas que podem até inviabilizar a compra. Então aproveite esse momento para avaliar se vale mesmo a pena fechar negócio, fazendo uso de suas observações para negociar um preço melhor de compra. Sabia que muitos proprietários abatem do valor total as melhorias que precisam ser feitas no imóvel?

    Antes de partir para a elaboração da sua checklist, comente aqui e nos conte se tem outras dicas que podem ajudar outros leitores a fazerem uma melhor compra de um imóvel usado! Compartilhe suas sugestões conosco e enriqueça nosso post!

    Nova chamada à ação

     

    Consórcio, investimento seguro e programado para aquisição de bens e serviços.

    • Sem Juros
    • Diversos planos e créditos
    • Sem Taxa de Inscrição
    Simular
    Consórcio!
    New Call-to-action

    Newsletter

    Categorias

    todos
    guia de compra do seu primeiro imovel