<img height="1" width="1" alt="" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=408815549258573&amp;ev=PixelInitialized">

    5 dicas para pagar contas em dia e se livrar dos juros

    Posted by Rodobens on Junho 2017

    Mesmo ganhando o suficiente para cobrir todas as suas despesas mensais, você vira e mexe não consegue pagar as contas em dia? Vive achando que precisa ganhar mais, mas, quando recebe um bônus ou é promovido, a situação permanece igual? Você não está sozinho.

    Na verdade, isso acontece porque pagar contas em dia não é só uma questão de insuficiência de recursos, mas principalmente de organização financeira. Se você não prioriza suas obrigações, boicota seu próprio orçamento e acaba gastando mais do que devia. O resultado? Juros e mais juros, planos que não saem do papel e, muitas vezes, até a negativação do nome.

    Quer saber como evitar essa bola de neve, manter suas contas rigorosamente em dia e ainda ter dinheiro para realizar seus planos? Então siga as 5 dicas que preparamos!

    1. Priorize as contas: só gaste depois que tudo estiver pago

    Primeiro a obrigação, depois a diversão: você já deve ter ouvido esse ditado, certo? Pois ele é mais que válido também para a vida financeira! Assim que receber seu pagamento, o melhor a fazer é quitar logo as contas para o período. Se você começa a usar o saldo restante só depois que paga tudo, foge do risco de pagar juros e multas, que podem elevar consideravelmente suas contas.

    Os contratos de aluguel, por exemplo, normalmente oferecem descontos para o pagamento em dia. Já se você atrasa, é possível que tenha que arcar com uma diferença considerável, que definitivamente seria melhor aproveitada de várias outras formas. Além disso, de forma geral, quando você atrasa um boleto, paga:

    • a multa, equivalente a um percentual estipulado sobre o valor total do documento;
    • os juros de mora, calculados de acordo com os dias em atraso até o pagamento.

    Fazendo as contas, não restam dúvidas de que o melhor é mesmo pagar antes de sequer pensar em começar a gastar. Que tal fazer essa tentativa já no próximo mês?

    2. Use o débito automático: pague em dia sem risco de esquecimento

    Para ajudar no seu controle financeiro, procure usar o recurso do débito automático em sua conta bancária o máximo possível. Dessa forma, você não corre o risco de esquecer o pagamento e, com isso, sofrer os prejuízos. E ainda há mais benefícios, como:

    • muitos bancos oferecem bônus em programas de fidelidade, o que pode garantir, por exemplo, créditos extras para seu celular;
    • nenhuma taxa bancária é cobrada para usar o débito automático;
    • alguns credores dão descontos para quem autoriza o débito em conta.

    3. Concentre os vencimentos: evite gastar o dinheiro de algum compromisso

    Você já deve saber como é difícil controlar contas com vários vencimentos diferentes. Imagine então receber seu salário no 5º dia útil do mês e ter uma conta vencendo no dia 20! Fica fácil esquecer, não acha?

    Sempre que possível, portanto, defina os vencimentos para datas próximas a seu dia de recebimento. Se recebe a cada dia 5, por exemplo, concentre os boletos no dia 10. Assim, você quita tudo de uma vez e pode usar seu saldo sem maiores preocupações!

    4. Use aplicativos de controle financeiro: conte com ajuda da tecnologia

    Se você tem dificuldades para controlar o uso do dinheiro e saber quanto pode assumir de compromissos, definitivamente deve recorrer à ajuda da tecnologia!

    Hoje já existe uma grande variedade de aplicativos e softwares para controle financeiro pessoal — muitos deles, aliás, completamente gratuitos. Experimente alguns e escolha aquele que ache mais completo para suas necessidades. E sabia que há opções que até já atualizam o saldo bancário automaticamente?

    5. Tenha um orçamento mensal: nada de abusar do crédito

    Usar apps para controlar seus gastos também é muito útil para seguir esta última dica. Afinal, controlando seu orçamento mensal, você evita se endividar mais do que deveria!

    Por mais que o cheque especial e os cartões de crédito ofereçam muitas facilidades, é sempre importante parar para pensar se vai conseguir pagar esse compromisso sem ficar apertado. Dessa forma, você conseguirá pagar contas em dia com mais facilidade e sem desperdiçar dinheiro com juros!

    Para receber mais dicas que possam ajudá-lo em seu controle financeiro, acompanhe nossas redes sociais! Estamos no Facebook, LinkedIn, Google+, Instagram, Twitter e no YouTube. Escolha aquela que você mais gosta e siga a Rodobens!

     

    Consórcio, investimento seguro e programado para aquisição de bens e serviços.

    • Sem Juros
    • Diversos planos e créditos
    • Sem Taxa de Inscrição
    Simular
    Consórcio!
    New Call-to-action

    Newsletter

    Categorias

    todos
    Como funciona o consórcio de imóveis