<img height="1" width="1" alt="" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=408815549258573&amp;ev=PixelInitialized">

    Quer começar a investir? Veja por onde iniciar

    dicas, educacao-financeira, dicas-para-investir

    60327-gusthavo-quer-comecar-a-investir-saiba-por-onde-iniciar.jpg

    O ano acabou de começar e já está mais que na hora de pensar em colocar seus planos em prática. Nesse sentido, um bom primeiro passo consiste em organizar as finanças e avaliar a melhor maneira de fazer seu dinheiro render, escolhendo um investimento que caiba no seu bolso e se enquadre no seu perfil. Neste post, vamos mostrar as melhores opções para você começar a investir e apontar o que é preciso fazer para, daqui a alguns meses ou mesmo anos, colher os frutos do planejamento e da poupança que começou agora. Preparado? Então vamos lá!

    Invista em planejamento

    Não é possível nem sequer pensar em investir se suas finanças pessoais estão uma bagunça e suas contas, no vermelho. Por isso, faça um controle rígido do seu orçamento e invista em planejamento financeiro. Assim você saberá quanto dinheiro terá disponível para direcionar a investimentos no fim do mês. Lembre-se de que a melhor maneira de cuidar das suas finanças é pagando dívidas e se livrando de juros e multas para, só então, começar uma nova empreitada.

    Conheça suas opções

    Mesmo para investidores iniciantes, existe uma série de possibilidades atrativas para multiplicar o dinheiro poupado. No entanto, é preciso avaliar cada uma delas com calma, desconfiando de retornos muito grandes ao mesmo tempo em que procura uma rentabilidade que valha a pena.

    Imóveis e carros

    Entre as opções mais populares na visão dos brasileiros estão os imóveis e carros, que podem ser adquiridos a longo prazo e com juros baixos, por meio de consórcios. São bens que não só aumentam seu patrimônio como ainda podem gerar renda — com aluguéis, por exemplo.

    Renda fixa

    Também é possível investir em renda fixa, que engloba desde as opções oferecidas pelos bancos até os títulos públicos, como o Tesouro Direto. Em geral, são investimentos previsíveis, mostrando quanto tempo o dinheiro aplicado demorará para render o capital esperado.

    Empreendimentos

    Seja uma ideia completamente nova ou uma franquia, hoje em dia é possível começar um novo negócio com capital relativamente baixo. Nesse caso, lembre-se de que o planejamento é o segredo para que seu empreendimento consiga sobreviver nesse mercado que se torna cada vez mais competitivo.

    Trabalhe a paciência

    Por melhor que seja a opção de investimento escolhida, é preciso estar ciente de que a riqueza não vem da noite para o dia. Mesmo as apostas em renda fixa exigem um tempo mínimo para dar retorno. E a mesma lógica se aplica para quem empreende. Quem opta por um consórcio de carro ou imóvel também deve esperar sua vez de ser contemplado. Por mais que esse percurso possa ser encurtado por meio dos lances, é preciso estar ciente de que o investimento feito agora é uma garantia para o futuro — sejam alguns meses ou mesmo anos.

    Confie na diversificação

    Nunca coloque todos os ovos em uma cesta. Velho conhecido dos investidores, esse ditado popular pode ser traduzido como: diversifique seus investimentos para garantir que, caso tenha qualquer problema, seu dinheiro poupado não desapareça por completo. Também não se esqueça de procurar instituições financeiras ou administradoras de consórcio confiáveis, assegurando-se de que você começará a investir em uma opção confiável, traçando uma decisão estratégica para sua vida financeira.

    Você está ansioso para começar a investir, mas ainda tem dúvidas? Comente aqui e divida seus questionamentos conosco!