<img height="1" width="1" alt="" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=408815549258573&amp;ev=PixelInitialized">

    Rodízio de pneus: saiba como fazer corretamente

    dicas, cuidados-veiculos, cuidados-automoveis, veiculos, cuidados-carro

    A recessão econômica que estamos passando faz com que todos nós busquemos maneiras de economizar dinheiro. Uma forma de gastar menos é aprender um pouco mais sobre a manutenção do seu veículo. No post de hoje abordaremos algo importante para o seu carro e para o seu bolso, e simples de ser compreendido: o rodízio de pneus.

    Caso você se descuide da manutenção correta dos pneus do seu veículo, o prejuízo poderá ser enorme. Pneus novos são itens caros! Um conjunto de pneus para um veículo básico é vendido no mercado por cerca de 700 reais, fora o estepe.

    Uma maneira simples de estender a vida dos pneus do seu carro é fazer o rodízio regularmente, ou seja, alterar o local e a posição original em que o pneu está originalmente montado. Mas para que esse rodízio dos pneus serve e como ele é feito? Acompanhe na íntegra os tópicos abaixo e compreenda porque você deve ficar bastante atento a esse procedimento.

    Por que fazer o rodízio de pneus?

    Os pneus dianteiros e traseiros se desgastam de forma diferente. Por exemplo, os pneus da parte da frente carregam mais de 60% do peso do seu carro. Consequentemente, esses pneus sofrerão um desgaste maior e de forma mais rápida do que os traseiros. 

    A maneira como dirigimos também interfere diretamente na forma como os pneus se desgastam. 

    É comum que as conversões que fazemos à esquerda sejam realizadas a uma velocidade maior do que quando convergimos para a direita. Essa prática faz com que seja colocada mais carga no pneu dianteiro direito, o que resulta em um desgaste maior e mais rápido se comparado ao pneu dianteiro esquerdo. Isso pode ser facilmente percebido após alguns poucos milhares de quilômetros percorridos.

    O rodízio de pneus equaliza esses padrões de desgaste natural quando as alterações de posição são realizadas no tempo certo.

    Quais são os principais benefícios?

    Ao realizar o rodízio de pneus regularmente, você garante para você e para os demais ocupantes do seu carro um passeio mais suave e seguro. 

    Além de fazer com que você consiga utilizar os pneus por muito mais tempo, a troca de posições faz com que o veículo apresente mais estabilidade ao dirigir, o que pode evitar perdas de controle da direção, um maior consumo de combustível e até o desgaste prematuro de peças, como, o sistema de amortecimento. 

    Quando deve ser feito o rodízio de pneus?

    Muitas marcas e modelos trazem em seu manual do proprietário a maneira como deve ser feito e quando o rodízio de pneus deverá ser realizado. Normalmente, o indicado é que o procedimento seja feito entre 5 e 10 mil quilômetros percorridos. 

    Dicas para a realização do rodízio no tempo certo

    Além do cálculo por meio do hodômetro, que é o dispositivo que mostra a quilometragem percorrida pelo carro, você pode fazer uma verificação visual dos pneus. Compare atentamente o desgaste entre pneus dianteiros, traseiros, e também suas respectivas laterais.

    Outro bom indicativo sobre quando o rodízio de pneus deve ser feito são as trocas de óleo. Sempre que for realizar esse procedimento, aproveite e realize a devida alteração entre as posições. 

    Como fazer o rodízio dos pneus da maneira correta? 

    Como a maior parte dos veículos atuais possui o que chamamos de tração traseira (força motriz a partir da parte traseira do veículo, permitindo que os carros sejam mais compactos), o desgaste dos pneus tende também a seguir um padrão em grande parte dos automóveis, portanto, a instrução oferecida aqui poderá ser aproveitada na maioria dos veículos comercializados atualmente. 

    Após a verificação visual ou a quilometragem atingida, os pneus dianteiros deverão ter suas posições trocadas com os pneus traseiros. Isso deverá ser feito sem que os lados sejam alterados, ou seja: 

    • pneu dianteiro direito deverá ser trocado com o pneu traseiro direito;
    • pneu dianteiro esquerdo deverá ser trocado com o pneu traseiro esquerdo.

    Lembre-se de que estamos falando de uma situação geral. Veículos com diferença de tamanho nas rodas deverão seguir procedimentos especiais a serem verificados por um mecânico de confiança. 

    Após o rodízio ser realizado, o veículo estará pronto para rodar? 

    Qualquer alteração realizada nos pneus deverá ser seguida de outros procedimentos de manutenção no veículo. Do contrário, o carro poderá apresentar instabilidade ao dirigir. 

    O correto é que o alinhamento do veículo seja prontamente realizado. Dessa forma, o ideal é que o rodízio seja realizado em um local que disponha de ferramentas específicas para essa finalidade. 

    Outro procedimento que deverá ser feito é a verificação do balanceamento das rodas, que poderá sofrer alguma alteração quando a troca do pneu é feita. 

    O melhor de tudo é que para que tudo isso seja devidamente realizado, o veículo não precisará ficar por dias na oficina mecânica. Tanto a troca quanto o alinhamento e o balanceamento são realizados em cerca de uma hora, e em grande parte dos casos você poderá esperar no próprio local. Além disso, o custo dessa substituição e dos procedimentos necessários é muito menor do que se você fosse comprar pneus novos. 

    Como saberei que o rodízio não é mais indicado e os pneus realmente precisarão ser substituídos? 

    O rodízio de pneus é uma solução econômica e altamente indicada para todos os proprietários de veículos, mas não é uma prática que poderá ser realizada de forma infinita. 

    Todos os pneus vendidos no mercado, possuem entre seus sulcos uma pequena elevação de borracha que serve como indicador de desgaste. Quando essa indicação chamada de TWI (Tread Wear Indicator) é atingida, isso significa que os sulcos atingiram o limite de 1,6 milímetro, e para a sua segurança (e também para cumprir a lei), os pneus nessa situação deverão ser prontamente substituídos. 

    Compreendeu como o rodízio de pneus pode lhe trazer uma grande vantagem envolvendo economia e segurança, e como é simples de colocar isso em prática? Entender um pouco sobre como funciona o seu veículo e como otimizar a questão da manutenção pode tornar sua dirigibilidade mais tranquila, assim como a sua vida financeira. 

    Continue recebendo dicas valiosas como essas! Siga a Rodobens nas redes sociais e fique sempre por dentro!