<img height="1" width="1" alt="" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=408815549258573&amp;ev=PixelInitialized">

    Seguro de viagem nacional: vale a pena investir?

    Posted by Rodobens on Junho 2017

    Malas feitas, passagens compradas, hotel reservado e roteiro decidido: agora é só viajar pelo Brasil, certo? Calma, porque ainda é preciso se proteger contra imprevistos. Nesse caso, a melhor opção é contar com um seguro de viagem nacional. Embora sua contratação não seja obrigatória, vamos mostrar aqui que o seguro pode ser essencial para garantir a tranquilidade da sua viagem, resguardando o passageiro em relação a problemas de saúde, extravio de bagagem e muito mais. Ainda está em dúvida se esse cuidado é mesmo necessário? Então continue lendo!

    Contratação facilitada

    O seguro de viagem nacional é um serviço simples e relativamente barato de ser adquirido. Seu valor é proporcional ao tempo de deslocamento, ao destino da viagem e ao número de coberturas contratadas. Vale lembrar que esse tipo de seguro é válido por até 120 dias em viagens dentro do Brasil para destinos que fiquem a pelo menos 100 quilômetros de distância da origem.

    Coberturas médica e odontológica

    Em geral, planos de saúde convencionais têm uma cobertura limitada, só podendo ser acionados na cidade ou, no máximo, no estado de residência do cliente. Por isso, ao viajar pelo país, você precisará de um seguro específico para não ficar à mercê do serviço público caso aconteça alguma emergência.

    Os seguros médico e odontológico podem cobrir desde atendimentos emergenciais até internações e procedimentos não eletivos em casos de doenças ou acidentes. Assim, você tem acesso a serviços médicos qualificados no seu destino e, em alguns casos, pode contar também com um serviço de transferência médica entre o local da emergência e sua cidade de origem.

    Proteção contra extravios

    Seja para destinos internacionais ou nacionais, o extravio de bagagens é um verdadeiro pesadelo para quem vai viajar. Já com o seguro de viagens, caso tenha que lidar com esse tipo de problema, você ao menos tem acesso a um ressarcimento mais rápido. Além disso, a seguradora ainda pode prestar assistência para ajudá-lo a resolver esse entrave mais rapidamente, tratando diretamente com a empresa área ou de viação rodoviária.

    O seguro de viagem nacional também pode cobrir furtos e roubos ocorridos durante sua permanência fora do local de origem, com o reembolso podendo chegar a até 100% do item subtraído. Vale ressaltar que isso inclui itens como notebooks, câmeras fotográficas, smartphones e até documentos.

    Acompanhamento de menores

    Não tem para onde escapar: vai chegar uma hora que seus filhos vão viajar sozinhos. Por maiores que eles sejam, você não deixará de ficar pelo menos um pouco preocupado. A boa notícia é que o seguro de viagem nacional também pode oferecer cobertura para o acompanhamento de menores de idade, designando um profissional para conduzir a criança ou o adolescente no traslado.

    Os planos de seguro de viagem nacional também podem oferecer outros serviços que fazem a diferença na diminuição da burocracia. Em geral, a viagem de crianças desacompanhadas exige uma autorização escrita dos pais. Pois a seguradora pode oferecer acompanhamento jurídico para esse procedimento, bem como outras consultorias relativas a deslocamentos dentro do país.

    Ter um seguro de viagem nacional vai garantir sua tranquilidade durante as férias ou em deslocamentos de trabalho. Ficou interessado e quer saber mais sobre o assunto? Então aproveite para ler também sobre quando é preciso contratar um seguro de viagem!

     

    Consórcio, investimento seguro e programado para aquisição de bens e serviços.

    • Sem Juros
    • Diversos planos e créditos
    • Sem Taxa de Inscrição
    Simular
    Consórcio!
    New Call-to-action

    Newsletter

    Categorias

    todos
    Como funciona o consórcio de imóveis