<img height="1" width="1" alt="" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=408815549258573&amp;ev=PixelInitialized">

    Um consórcio é uma boa maneira de planejar meu casamento?

    planejamento, dicas, consórcio de serviços, casamento, dicas-para-poupar, educacao-financeira, dicas-consorcio, dicas-para-investir

    O casamento é uma das etapas mais importantes da vida, é quando encontramos quem nos completa e alardeamos ao mundo o amor e a união. E fazer uma festa de casamento é, sem dúvida, o sonho de muitos casais, e realizá-lo pode simples, basta se planejar. Você sabia que é possível fazer um consórcio e pagar a sua festa com toda tranquilidade? Pois é, e neste artigo vamos te explicar como funciona e te ajudar a saber se esta é a melhor opção para você.

    Consórcio de casamento: na prática

    O consórcio que mais conhecemos é para compra de bens, casa ou carro, mas existe uma opção chamada consórcio de serviços. Aqui, você investe em cartas de crédito no valor que desejar e vai pagando mês a mês, até a quitação ou a contemplação, e tudo isso sem juros, pagando apenas uma taxa de administração. Muito diferente de um financiamento bancário, onde o dinheiro fica disponível na hora, mas paga-se até o triplo do valor emprestado em juros, o consórcio de serviços tem taxas que variam entre 14% e 23% sobre o valor da carta de crédito, uma economia enorme e que beneficia muito quem está começando uma vida a dois.

    E é neste tipo de investimento que você pode planejar o seu casamento, o consórcio de serviços te garante o valor contratado para que você utilize como quiser e isso inclui a sonhada festa.

    Como se planejar

    É muito importante que você saiba que o consórcio de serviços é um investimento de médio prazo, ou seja, você precisa se organizar para que as coisas aconteçam próximas a quitação da carta de crédito. É claro que é possível acelerar este processo, mas não é recomendado contar com isso porque envolve algumas variáveis, veja as formas de contemplação aqui.

    Cada vez mais os casamentos são planejados com 2 ou mais anos de antecedência, isso porque as casas de festa, igrejas e templos são muito disputadas. O que não é tão bom porque deixa noivos (e noivas principalmente) ansiosos, mas é excelente em termos de organização financeira. A dica é, faça um levantamento de quanto pretende gastar com a festa e quanto podem poupar para investir mensalmente até lá, alguns itens precisarão de sinal para confirmar a data, então leve em conta essa despesa. O interessante é que você pode combinar sinais de 20% ou 30% do serviço agora, deixando o pagamento final para a data do evento, quando já terá sido contemplado com a carta de crédito.

    Outras opções

    Se a festa será patrocinada pela família, uma ótima ideia é fazer um consórcio para a lua de mel. Que tal passar alguns dias na Europa? Veneza quem sabe? As opções são muitas e vale a mesma dica: levante os custos e planeje o investimento.

     

    E como não podia deixar de ser, quem casa quer casa e o consórcio de imóveis é a melhor saída em tempos de crise econômica. Isso porque confere um valor de compra sem juros, com parcelas que cabem no bolso e que deixam você cada vez mais perto de realizar seus sonhos.

    É muito legal ver os casais que puderam fazer a festa, do jeito que sonharam, com a ajuda do consórcio. Pensar em cada detalhe, elaborar o roteiro da cerimônia, a decoração da festa, lua de mel e a mudança para a casa própria é um grande prazer, e viver esse momento mágico, passo a passo, edifica ainda mais a união e o amor.

     

    Gostou? Compartilhe com seus amigos e mostre esta opção a eles.

    Nova chamada à ação