<img height="1" width="1" alt="" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=408815549258573&amp;ev=PixelInitialized">

    8 dicas para manter o foco e alcançar metas de economia

    planejamento, economia, dicas, comprar imovel, planejamento financeiro, comprar carro, comprar casa, dicas-para-poupar, educacao-financeira, dicas-para-investir

    Para economizar dinheiro e conseguir realizar grandes sonhos, como comprar ou construir um imóveltrocar de carro, fazer uma viagem para o exterior ou começar um MBA, é essencial ter disciplina e foco. Para isso, é necessário mudar alguns hábitos e investir em boas práticas no gerenciamento das finanças.

    Pronto para evitar gastos por impulso, controlar as despesas, fazer um planejamento financeiro e priorizar aquilo que é realmente importante para você e para sua família? Neste post, vamos ajudá-lo a assumir as rédeas da sua vida financeira com 8 dicas incríveis para manter o foco e alcançar metas de economia. Confira!

    1. Conheça sua real situação financeira

    O primeiro passo para manter o foco e alcançar metas de economia é realmente conhecer sua situação financeira atual. Quanto você ganha, quanto gasta e onde estão as maiores despesas da casa são dados que você deve ter em mãos para fazer um planejamento financeiro eficaz.

    Com esse objetivo, reserve um tempo para olhar com cuidado sua conta corrente, a fatura do cartão de crédito e seu orçamento financeiro de forma geral. Avalie, por exemplo:

    • quanto você está pagando mensalmente em seu cartão de crédito;

    • quais são os gastos supérfluos que você faz só porque tem a facilidade do crédito;

    • se existe um valor que você sempre deixa para o próximo mês;

    • quanto é debitado de juros quando você paga apenas o mínimo da fatura.

    Tudo isso faz parte do seu orçamento e, portanto, produz efeitos na sua situação financeira. Ao analisar esse tipo de informação, você percebe exatamente o que está desestabilizando seu planejamento. Só assim conseguirá traçar uma estratégia para reduzir suas despesas e efetivamente economizar para realizar seus sonhos.

    2. Defina seus objetivos de vida

    Depois de descobrir qual é sua situação financeira e onde residem seus maiores gastos, é preciso definir seus objetivos de vida mais importantes. Afinal, quem não sabe aonde quer chegar não vai a lugar nenhum, correto? Junto com a família, estabeleça objetivos por tempo de realização e importância.

    Curto prazo

    Priorize a quitação de gastos extras, como juros de cartão e cheque especial. Depois, pense nas necessidades imediatas, como pequenas reformas em casa. Só então comece a elencar desejos maiores, que não vão interferir nas contas mensais e podem ser alcançados com uma economia de até 6 meses.

    Médio prazo

    Aqui se encontra a realização de objetivos um pouco maiores, como pagamento de dívidas que exigem parcelamento e melhorias um pouco mais caras. Tudo aquilo que puder ser conquistado em um prazo de até 12 meses pode ser encaixado nessa categoria.

    Longo prazo

    Agora pense nos desejos maiores! O que exige mais tempo e um maior planejamento precisa entrar na categoria de longo prazo, que terá que contar com a colaboração de todos por mais de 12 meses.

    Coloque no papel em quanto tempo você gostaria de atingir cada objetivo e quanto tem que economizar por mês para transformar seus sonhos em realidade. Pode ser uma grande viagem em família, a compra de um carro novo ou até mesmo de um apartamento: o importante é que todos estejam de acordo.

    3. Desdobre seus objetivos em metas de economia

    Para tirar os sonhos do papel e de fato concretizá-los, é fundamental desdobrar esses objetivos de vida em metas, saindo do genérico para o específico. As metas guiarão o caminho rumo à conquista, de forma prática e clara. A ordem desses objetivos deve seguir das obrigações para as realizações, ok? Portanto, organize-os da seguinte forma:

    1. quite suas dívidas e saia do vermelho;

    2. pague compromissos que até estão em dia, mas atrapalham o orçamento;

    3. forme uma reserva de segurança para eventuais necessidades;

    4. comece a poupar dinheiro para suas metas, na proporção de 20% para curto prazo, 30% para médio prazo e 50% para longo prazo.

    Claro que essa não é uma regra fixa, devendo ser ajustada de acordo com sua realidade. Se o desejo da família for dar entrada em um apartamento em 2 anos, por exemplo, é essencial criar metas de economia para atingir a quantia necessária e conseguir pagar pelo bem quando chegar o tão esperado momento.

    Fazendo as contas, vocês concluirão que precisam poupar X reais por mês exclusivamente para esse fim. Sabendo exatamente quanto é preciso economizar fica mais fácil controlar gastos e reduzir custos para direcionar a quantia certa para o alcance de um objetivo.

    4. Planeje seus gastos mensais

    O planejamento financeiro é um grande aliado de quem busca manter o foco e alcançar metas de economia. O ideal é criar o hábito de, antes mesmo do mês começar, sentar e estipular quanto você gostaria (ou poderia) gastar em cada categoria do orçamento.

    Despesas fixas

    Comece pelas despesas fixas e essenciais — como aluguel, parcela do financiamento e mensalidade do colégio. É possível que você não encontre muita mobilidade nisso, mas há sim um certo espaço para manobra. Pense em contas como telefone, internet e TV a cabo, avaliando se você realmente usa todos os serviços que estão incluídos nas franquias e, assim, se não pode trocar os planos por outros mais econômicos.

    Gastos variáveis

    Em seguida, vá para as despesas variáveis. Entram aqui gastos com combustível, táxi e outras formas de deslocamento, além de contas que variam conforme o uso — como um telefone pós-pago ou mesmo os créditos do pré-pago. Resumidamente, tudo o que não tem uma regularidade entre os meses é considerado variável.

    Investimento e lazer

    Considere também as metas de investimento, aquela quantia que você deve poupar para realizar determinado objetivo de vida. Quanto você vem guardando para alcançar seus sonhos? Que valor vai conseguir economizar e investir sem prejudicar o orçamento? Deixe por último os gastos relacionados ao estilo de vida, como lazer e cuidados pessoais — afinal, para conquistar objetivos maiores é preciso fazer alguns sacrifícios, não é mesmo?

    5. Acompanhe suas despesas de perto

    Não basta traçar metas de economia se você não tem como saber se está realmente conseguindo cumpri-las. Para isso, é essencial acompanhar diariamente suas despesas. Pode ser por meio de uma planilha de Excel, com a ajuda de um dos muitos aplicativos de gerenciamento financeiro disponíveis no mercado ou até anotando em um caderninho.

    O importante é registrar toda e qualquer despesa, por menor que ela seja. Dessa forma, você evita gastar mais dinheiro do que deveria em categorias que não são tão importantes para realizar seus sonhos. Saiba: são esses pequenos gastos que o impedem de economizar para atingir seus objetivos de vida.

    À medida que você se acostumar a registrar todos os seus gastos, vai sempre se lembrar de quanto aquilo vem consumindo do seu dinheiro antes de fazer uma nova compra. Acredite: só isso já ajuda bastante a frear o consumo e a focar no que é mais importante para sua vida.

    6. Evite gastar por impulso

    Quando o assunto é manter o foco e alcançar metas de economia, é essencial evitar gastos por impulso, já que essas despesas são grandes vilãs do orçamento financeiro equilibrado. Lembre-se de que, somados, um vestido comprado aqui, um jantar fora pago ali e uma saída a mais acolá podem colocar tudo a perder.

    Na prática, se você não consegue se controlar, não hesite em apostar em táticas como sair apenas com o dinheiro que precisará para passar o dia, deixar o cartão de crédito em casa ou até mesmo abrir mão de vez do dinheiro de plástico. Faça o teste!

    Experimente também separar o valor de cada semana. Depois de pagar as contas mensais, você consegue saber quanto do seu orçamento pode ser usado para cada semana, certo? Assim, você pode sacar apenas o suficiente para cobrir essas despesas, guardando seus cartões em casa, para sempre se limitar ao que carrega no bolso e aprender a pensar no dia de amanhã.

    7. Promova uma boa mudança de hábitos

    Para manter o foco e continuar economizando, pode sim ser necessário mudar alguns hábitos. Caso você costume ceder com frequência às compras por impulso quando vai ao shopping, por exemplo, experimente trocar esse programa por outras opções mais baratas ou até gratuitas, como um passeio no parque ou na praça. Seu calcanhar de Aquiles é o happy hour? Por que não convidar os amigos para tomar uma cerveja na sua casa, uma vez por semana?

    O segredo está em entender que, para alcançar metas de economia, não é preciso abrir mão de todo e qualquer lazer, mas sim fazer escolhas mais conscientes na hora de consumir. Que tal começar a contar até 10 e pensar 2 vezes?

    8. Revise tudo periodicamente

    É fato: objetivos e metas mudam constantemente. Para não ficar desestimulado e acabar com aquela sensação de economia em vão, é importante revisar periodicamente seus sonhos, sua vida financeira e, se for o caso, atualizar suas metas de economia e planejamento.

    Imagine que você queira, por exemplo, comprar um apartamento daqui a 2 anos. No meio do caminho, recebe uma promoção e começa a ganhar mais. Então por que não antecipar a realização desse sonho em ao menos alguns meses? Como a vida muda o tempo todo, você não deve encarar seu planejamento financeiro como algo estático! Na verdade, ele deve acompanhar as mudanças, quaisquer que sejam.

    Viu como manter o foco e alcançar metas de economia é mais que possível? Com algumas mudanças de hábitos e, principalmente, cuidado para evitar as compras por impulso e gastos desnecessários, você pode revolucionar sua vida financeira e conquistar sonhos que duvidou que fossem possíveis! Para realizar esses objetivos, no entanto, é importante não se desmotivar e seguir em frente, mesmo quando surgirem obstáculos pelo caminho.

    Para receber mais dicas que o ajudarão a manter o foco e alcançar suas metas de economia, fique de olho nas nossas publicações nas redes sociais! Nossos posts no Facebook, LinkedIn e Google+ sempre trazem informações importantes. Siga-nos também no Instagram e no Twitter, além de se inscrever no nosso canal no YouTube!

    Nova chamada à ação

     

     

     

    Consórcio, investimento seguro e programado para aquisição de bens e serviços.

    • Sem Juros
    • Diversos planos e créditos
    • Sem Taxa de Inscrição
    Simular
    Consórcio!