Bacen ou Banco Central: você sabe o que ele faz e por que ele existe?

Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo WhatsApp

Você já percebeu como em praticamente todas as nossas atividades diárias precisamos lidar com dinheiro? E aqui, estamos falando de dinheiro de todo tipo: cartão, notas, moedas, pix... Enfim, imagine como seria uma simples compra na padaria se ele não existisse. Provavelmente, voltaríamos à época do escambo. Contudo, para manter esse sistema circulando, precisamos dos bancos.

Mas, por sermos tão dependentes deles, como temos a garantia de que não pagaremos taxas abusivas ou seremos forçados a contratar produtos sem nossa autorização? Essa função de organizar e supervisionar essas instituições financeiras pertence ao Banco Central do Brasil, mais conhecido como Bacen.

Quer saber mais sobre as funções do Banco Central e de que forma ele atua? Continue a leitura!

O que é o Bacen?

O Banco Central do Brasil é uma autarquia federal autônoma que tem a função de assegurar a estabilidade de preços, garantir a estabilidade do sistema financeiro e reduzir as flutuações das atividades econômicas.

Por ser autônomo, o Bacen atua de maneira independente, ou seja, tem autonomia administrativa, técnica, operacional e financeira, não estando subordinado a nenhum poder. Por isso, é a instituição financeira de maior autoridade no Brasil e tem liberdade para aplicar as medidas necessárias para garantir a estabilidade econômica do país.

Qual é a história do Bacen?

O Banco Central foi criado em 1964, por meio da Lei n.º 4.595/64. Então, antes de sua criação não havia controle financeiro no país? Claro que sim. Mas as funções que hoje pertencem ao Bacen eram exercidas por outras instituições financeiras, separadamente: o Banco do Brasil (BB), o Tesouro Nacional e a Superintendência da Moeda e do Crédito (Sumoc).

Mesmo após sua criação, o Bacen não assumiu imediatamente o controle total das políticas monetárias. Inclusive, a função de banco do governo pertenceu ao BB até 1985, ano em que teve início o reordenamento financeiro, que separou melhor as funções do Banco Central, do Banco do Brasil e do Tesouro Nacional.

Esse processo foi consolidado pela Constituição Federal de 1988 e, somente a partir daí, o Bacen passou a integrar todas as suas atribuições.

Como ele atua no Brasil?

Para garantir a estabilidade do poder de compra da moeda e um sistema financeiro sólido e eficiente, a atuação do Bacen inclui diversas funções relacionadas à fiscalização do funcionamento das instituições financeiras, como:

  • estabelecer regras para os bancos comerciais;
  • garantir a segurança dos clientes e proteger de práticas abusivas;
  • garantir uma concorrência justa entre as empresas do mercado financeiro.

Além disso, ele tem a responsabilidade de conduzir as políticas monetária, cambial e de crédito, desempenhando um papel fundamental no equilíbrio das relações econômicas no país.

Exemplos de atuações do BACEN

As ações do Banco Central do Brasil buscam assegurar os direitos dos cidadãos e regular as medidas adotadas pelo sistema financeiro. Como exemplos práticos dessas atuações, podemos citar:

  • determinar a emissão de moedas;
  • controlar a quantidade de dinheiro que circula no país, para evitar a inflação;
  • supervisionar o sistema financeiro;
  • garantir que as instituições não cometam irregularidades;
  • planejar e executar as políticas monetárias, por meio do Comitê de Políticas Monetárias (Copom).

Muitas pessoas já ouviram falar sobre o Bacen, mas poucas realmente conhecem o seu papel na regulamentação dos serviços financeiros. Agora você já sabe que ele fiscaliza as atividades dos bancos, tendo uma atuação estratégica para garantir que as operações de crédito e os investimentos sejam transparentes.

Por isso, você pode confiar no Banco e no Consórcio da Rodobens. Nós seguimos todas as regras do Bacen e oferecemos grandes soluções para ajudar nossos clientes a alcançarem seus objetivos, com ética, respeito e solidez.

Gostou do nosso conteúdo? Que tal ficar por dentro das principais notícias sobre o tema? Assine nossa newsletter e receba as atualizações diretamente em seu e-mail!

Quer receber mais conteúdos como esses por email?

Cadastre-se para receber nossos conteúdos por email e tenha informações em primeira mão:

Use seu imóvel para tirar seus planos da gaveta

Comentários