Cobertura de seguro viagem: o que você precisa saber

Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo WhatsApp

Meses de planejamento, compra de passagens, reservas em hotel, pesquisas sobre pontos turísticos… Tudo pronto para a viagem perfeita, certo? Calma! Você ainda precisa se proteger dos imprevistos. Seja uma mala extraviada, uma doença em local estrangeiro ou um assalto, é possível se prevenir e passar longe desses riscos. Como? Com um seguro!

Neste artigo vamos te mostrar como funciona a cobertura de seguro viagem e por que ele é tão importante para garantir momentos mais tranquilos — de turismos ou de negócios. Confira!

CTA_Rodobens_Guia do seguro viagem o que saber antes de contratar_final

Cobertura médica

Um dos itens que não pode faltar na cobertura de seguro viagem diz respeito a incidentes médicos. Alguns países, inclusive, exigem esse tipo de cobertura para turistas, no entanto, ele também é importante em viagens nacionais.

Isso porque o seguro cobre despesas médicas, internações hospitalares e procedimentos odontológicos fora da sua cidade de origem. Ou seja, caso seu plano de saúde não seja nacional ou internacional, o seguro de viagem é a sua garantia de que não precisará arcar com despesas médicas de emergência enquanto estiver em trânsito.

Morte, invalidez e regresso sanitário

A cobertura do seguro viagem também está presente em casos mais graves. A família pode ser indenizada caso o viajante venha a falecer e o traslado do corpo também pode ser coberto pela seguradora.

A transferência de um turista hospitalizado para o seu local de origem ou para uma cidade com melhor estrutura médica também pode estar prevista no contrato. Por fim, o paciente que sofreu alguma contaminação ou doença específica e, portanto, não pode retornar como um viajante comum também pode ter os custos do chamado regresso sanitário arcado pela seguradora.

Cancelamentos e atrasos

Uma boa cobertura de seguro viagem não se restringe a casos extremos, mas se mostra de grande valia em contratempos mais comuns. É possível, por exemplo, contar com cláusulas que preveem indenização em casos de atrasos de voos em que o assegurado tem suas despesas com alimentação e hospedagem cobertas seguradora.

A mesma lógica se aplica no caso de cancelamentos de voos que impliquem no retardamento da viagem do segurado. No sentido oposto, quando o viajante precisa retornar por uma emergência médica ou outro item previsto no seguro, ele também terá suas despesas pagas.

Extravio de bagagem

A dor de cabeça mais recorrente para quem vive na ponte área é o extravio de bagagem: chegar ao destino e não saber onde estarão todos os seus bens é um estresse enorme, demanda tempo e recursos para minimizar o problema.

Felizmente, também é possível contar com uma cobertura de seguro viagem que te proteja desse problema. Ao constatar que a sua bagagem foi extraviada, cabe ao viajante acionar a seguradora, que providenciará uma indenização rápida enquanto o problema não é resolvido.

Seguros de viagem são importantes para garantir a sua tranquilidade. Eles podem estar disponíveis diretamente no cartão de crédito, mas para coberturas mais amplas, vale a pena fazer uma pesquisa com administradoras de seguros. Elas oferecem coberturas mais completas e que cabem no seu bolso.

Quer descobrir quanto custa uma boa cobertura de seguro viagem? Simule seu seguro agora no nosso blog!


 

Use seu imóvel para tirar seus planos da gaveta

Comentários