Como fazer a preservação de caminhões do jeito certo?

    veiculos, caminhoes, cuidados-veiculos, cuidados-automoveis, dicas

    Quer diminuir custos, aumentar a produtividade e ainda dar uma bela ajuda ao meio ambiente? Então você precisa estar atento à preservação de caminhões. Os veículos pesados são o meio de vida de milhares de caminhoneiros e uma importante ferramenta estratégica, por isso, merecem atenção especial para se manterem econômicos e pouco poluentes.

    Quer descobrir como fazer tudo isso de maneira simples? Então acompanhe!

    Manutenção preventiva e preditiva

    Avaliar riscos e evitar problemas antes que eles aconteçam é a principal ação para garantir a preservação de caminhões. Respeitar as revisões periódicas do veículo ajuda a aumentar a vida útil do veículo consideravelmente, além de reduzir a sobrecarga de itens importantes, como amortecedores, freios e motor. O resultado são caminhões mais seguros e econômicos sempre.

    Também vale apostar na manutenção preditiva para preservar o caminhão: trata-se de utilizar sensores de som, vibração e coleta de dados do computador do veículo para identificar alterações no comportamento do caminhão. Assim, é possível corrigir problemas antes que eles se agravem.

    Calibre os pneus

    Uma boa ajuda na conservação de caminhões vem de ações muito simples. Calibrar os pneus, por exemplo, é uma maneira de se prevenir contra problemas de alinhamento, aumentar a durabilidade do componente, dar o amortecimento correto aos impactos cotidianos e ainda ajudar o veículo a render muito mais, economizando combustível — o que também diminui a emissão de gases poluentes.

    Lembre-se, também, de fazer um rodízio constante dos pneus para equilibrar os desgastes e, claro, fazer a troca do jogo sempre que for necessário.

    Cuidado com a carga

    Ter atenção com a carga não é importante apenas para garantir a integridade dela. Essa ação também é crucial para não danificar o próprio caminhão ou causar desequilíbrios que desgastam seus componentes e diminuem a segurança do veículo.

    Por isso, lembre-se de distribuir bem o peso e utilizar materiais bem conservados para a amarração. Também é importante redobrar o cuidado no transporte de cargas especiais, como resíduos, combustíveis ou carga animal.

    Lembre-se de que cada um desses fretes exige alguns cuidados específicos e o veículo adequado para realizar o trabalho com segurança, ao mesmo tempo, poupando o caminhão de desgastes desnecessários.

    Aposte na direção econômica

    Quando o assunto é preservação de caminhões, os protagonistas devem ser os motoristas. Afinal, uma condução do veículo é o que o faz durar muito mais tempo, render mais e poluir menos.

    Por isso é tão importante que eles estejam familiarizados com a direção econômica, ou seja, adotar práticas de condução mais eficientes de acordo com o seu trajeto. Entre as boas práticas de direção econômica estão: evitar freadas bruscas, acelerar com suavidade em qualquer terreno e evitar alguns "vícios" como andar na "banguela”, ou seja, desengrenar o caminhão em declives.

    Esse tipo de ação pode parecer uma alteração pequena, mas o impacto positivo no desempenho do veículo, na sua segurança e na própria preservação de caminhões aparece em curto, médio e longo prazos.

    Você tem alguma dica para aumentar a preservação de caminhões? Compartilhe na nossa caixa de comentários!