Afinal, como funciona o airbag e por que ele é tão importante?

Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo WhatsApp

Em um esforço paralelo de desenvolvimento tecnológico e de leis de trânsito, o ato de dirigir está sempre se adequando para se tornar cada vez mais seguro. E talvez a mudança mais significativa nesse sentido nos últimos anos tenha sido a obrigatoriedade do airbag no Brasil.

Você sabe como funciona o airbag? Como ele protege motoristas e passageiros em caso de acidentes mais sérios? Neste artigo, vamos responder a todas as perguntas que possa ter sobre o assunto. Confira!

O que é e como funciona o airbag?

Como o próprio nome sugere "bolsa de ar" , em inglês, o airbag é um equipamento de segurança no qual uma almofada — armazenada no volante, painel e outras partes — infla para proteger as pessoas dentro do veículo no caso de batidas fortes.

Esse sistema é composto por sensores que detectam uma desaceleração brusca da velocidade, indicativo de uma colisão. Quando isso acontece, um processo químico causa uma expansão muito rápida do ar, em uma fração de segundo.

É o tempo para que essa bolsa entre em contato com as partes do corpo da pessoa e componentes mais duros do carro que poderiam causar lesões sérias. Logo em seguida ao impacto, o airbag desinfla com suavidade, garantindo a segurança de quem possa estar apoiado nele.

Como o airbag surgiu?

Assim como várias outras medidas de segurança veicular, o airbag é fruto de um processo de pesquisa e testes para garantir que seria eficiente ao que se propõe: aliviar o impacto em batidas fortes.

A primeira proposta de airbag foi desenvolvida ainda na década de 1970, mas foi apenas nos anos 1990 que o sistema de expansão química do ar foi consolidado. Desde então, vem sendo aperfeiçoado para se tornar cada vez mais seguro para os veículos.

Quais são os airbags obrigatórios em um veículo?

Desde 2014, a inclusão de airbags em veículos é obrigatória de fábrica. Ou seja, automóvel comercializado no Brasil já chega ao dono com esse item de segurança implementado.

Mas nem todos os airbags possíveis dentro de um carro estão cobertos pela lei. Segundo o texto, essa obrigação fica para o chamado airbag duplo frontal: as bolsas que ficam no volante para o motorista e no painel da frente para o passageiro do banco dianteiro.

O que um airbag protege?

A almofada de ar é muito eficiente para proteger partes vitais do corpo em caso de grandes colisões — principalmente tórax, coluna, cabeça e pescoço. Porém, funciona para a proteção de qualquer ponto de colisão entre passageiros e componentes do carro.

É por isso que os modelos mais recentes vêm aprimorando o uso do mecanismo, incluindo sua disposição em locais adicionais. Os airbags laterais, por exemplo, são muito importantes para quando a batida não é de frente.

Qual a importância de escolher um carro com airbag?

Os airbags nunca podem ser vistos como um custo, mas uma garantia de segurança para o motorista e passageiros. Quanto mais deles o carro oferece, mais confiança se tem para dirigir.

Por isso, inclusive, é sempre uma boa ideia buscar modelos que vão além dos airbags obrigatórios. Existem diversas opções no mercado, como para proteção em colisões laterais e traseiras, que amortecem todo tipo de impacto para todos os ocupantes. Outro detalhe é sempre ficar atento aos Recalls do fabricante do veículo para que seu airbag esteja sempre seguro. 

Além do prazer em dirigir, entender como funciona o airbag e saber que ele está presente garante a tranquilidade do trajeto. E para continuar recebendo dicas relevantes como essa, assine nossa newsletter!

Quer receber mais conteúdos como esses por email?

Cadastre-se para receber nossos conteúdos por email e tenha informações em primeira mão:

Representante das marcas Hyundai, Toyota e Mercedes-Benz, a Rodobens tem a melhor opção para você sair de carro 0KM.

Comentários