como funciona o carro híbrido

Entenda como funciona o carro híbrido

Dezembro 2019

2 minutos de leitura

Compartilhe
Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo WhatsApp

Não há dúvidas de que a popularização dos veículos movidos a energia elétrica é considerada a próxima grande revolução da indústria automotiva. Isso, porque, apesar de já existirem alguns modelos à venda, ainda não é comum encontrar esses veículos rodando por aí, especialmente no Brasil.

Mas enquanto as opções totalmente elétricas ainda parecem distantes, os modelos híbridos se apresentam como alternativa para quem quer aproveitar essa nova tecnologia. Pensando nisso, decidimos mostrar como funciona o carro híbrido, para que você entenda tudo sobre o assunto. Confira o post até o fim!

Afinal, o que são carros híbridos?

São chamados de híbridos os veículos que contam com dois motores, sendo um elétrico e um tradicional, de combustão interna. O mais comum é que o combustível utilizado nesses casos seja a gasolina, mas já existem modelos capazes de trabalhar com eletricidade e etanol.

O grande objetivo desses carros é unir as características positivas de cada um dos propulsores em busca de maior eficiência energética. Por isso, eles são projetados para aproveitar a economia, o conforto e a sustentabilidade do motor elétrico, enquanto tiram proveito da maior potência do motor a combustão.

Quais são os tipos de híbridos?

Os carros híbridos são produzidos de acordo com três diferentes configurações. Vamos conhecê-las e descobrir suas diferenças.

Paralelo

Nos modelos híbridos paralelos, a movimentação do veículo depende principalmente do motor a combustão. O papel do motor elétrico é aumentar sua eficiência, reduzindo as emissões de poluentes e consumo de combustível.

Em geral, o motor elétrico é conectado ao eixo dianteiro, enquanto o motor convencional move as rodas traseiras. Os modelos Civic Hybrid e Insight da Honda e o BMW i8 são exemplos de veículos híbridos paralelos.

Série

Diferentemente dos paralelos, os carros híbridos do tipo série são aqueles em que o motor elétrico é o responsável pela tração. Nesse caso, o motor convencional fica responsável por movimentar um gerador que produz a energia que é armazenada em baterias e, posteriormente, utilizada na movimentação.

Por causa disso, esses veículos precisam ser equipados com baterias maiores e de alta capacidade, fazendo com que essa configuração seja mais utilizada em veículos mais pesados, como ônibus e caminhões.

Misto

Como o próprio nome sugere, os veículos híbridos mistos combinam os dois sistemas anteriores. Para fazer isso de maneira eficiente e automática, eles são equipados com uma central eletrônica que analisa as condições de funcionamento do veículo e define qual propulsor ficará responsável pelo movimento em cada situação.

O Toyota Prius e o Ford Fusion Hybrid são dois exemplos de carros híbridos mistos que já podem ser encontrados à venda.

Quais as diferenças do carro híbrido para um carro comum?

Todas as características que vimos sobre os carros híbridos fazem com que eles apresentem diferenças significativas quando comparados aos modelos com os quais estamos acostumados. Para o motorista, a principal delas é a necessidade de recarregar as baterias do veículo. As visitas ao posto de combustíveis também ficam menos frequentes, já que os híbridos são bem mais econômicos.

Outra característica dos motores elétricos é que eles são totalmente silenciosos enquanto estão em funcionamento. Como isso pode dificultar que as pessoas ao redor notem a sua presença, é importante redobrar a atenção ao dirigir um carro híbrido.

Na hora de fazer a manutenção, é fundamental recorrer a oficinas de confiança, que disponham de mão de obra qualificada para essa demanda. Isso, porque, apesar de ainda terem os componentes dos carros convencionais, os carros híbridos exigem conhecimentos específicos em elétrica para que possam ser devidamente reparados.

É claro que existem outros detalhes interessantes sobre os carros híbridos, mas essas informações certamente ajudam a entender melhor essa nova tendência que começa a ganhar as ruas. Quem sabe você não se anima e decide por um desses modelos na hora de comprar seu próximo carro?

Se você gostou do post de hoje, não perca nosso blog de vista. Curta nossa página no Facebook e fique por dentro de todos os nossos próximos conteúdos!

Comentários