cart,

É possível comprar carro com carta de crédito?

Dezembro 2018

2 minutos de leitura

Compartilhe
Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo WhatsApp

Os consórcios são conhecidos por oferecerem a possibilidade de se comprar bens e contratar serviços dos mais diversos tipos, desde imóveis e veículos a tratamentos odontológicos. Isso é possível por meio da contemplação, que dá direito a uma carta de crédito que permite a aquisição do bem ou a contratação do serviço desejado.

Mas o que deve ser feito para comprar carro com carta de crédito? Pois é isso o que vamos esclarecer neste post. Acompanhe!

Como funciona a carta de crédito?

A carta de crédito corresponde ao valor que o consorciado tem para fazer a aquisição do bem ou a contratação do serviço desejado. Ela é liberada depois da contemplação, que pode acontecer por sorteio, lance ou ao final do pagamento das parcelas.

O que pode ser comprado?

Depois da contemplação, o interessado pode adquirir qualquer bem ou contratar qualquer serviço pertencente à categoria do consórcio do qual faz parte. De acordo com o Banco Central, são 3 as categorias de consórcios:

  1. serviços: viagens, eventos, reformas e serviços médicos e odontológicos;
  2. bens imóveis: qualquer tipo de imóvel, inclusive terrenos e apartamentos na planta;
  3. bens móveis: qualquer tipo de veículo automotor.

Assim, quem quer comprar um automóvel com a carta de crédito precisa fazer parte de um consórcio incluído no grupo de bens móveis.

Como comprar carro com a carta de crédito?

Depois da contemplação, é preciso seguir alguns passos para finalmente colocar as mãos nas chaves do seu novo veículo. Em um primeiro momento, ao informar o consorciado da contemplação, a administradora solicitará os documentos necessários para a liberação da carta de crédito.

O consorciado não pode ter o nome incluído nos serviços de proteção ao crédito e nem estar com as parcelas do consórcio atrasadas nesse momento, sob pena de não poder concluir o processo. Por isso, é importante sempre manter a situação regularizada, evitando atrasos.

Com a carta em mãos, o contemplado por ir até a concessionária de sua preferência para escolher o veículo, com total liberdade. Basta fazer a comunicação à administradora, de acordo com o estipulado em contrato. Negócio fechado, a administradora fará o repasse do valor ao vendedor, efetuando o pagamento. Em nenhum momento, o dinheiro passa pelas mãos do consorciado.

É possível comprar um veículo usado?

Nada impede que um carro seminovo ou usado seja escolhido para ser comprado com uma carta de crédito. Contudo, algumas condições precisam ser observadas, o que varia de acordo com a administradora. É comum, por exemplo, que as empresas limitem o ano de fabricação do veículo, impossibilitando a aquisição de carros muito antigos.

E se a carta de crédito for menor que o valor do veículo desejado, o consorciado pode, sem problemas, completar a diferença com recursos próprios.

Caso aconteça o oposto, sendo a carta de crédito maior que o preço do veículo, o dinheiro restante pode ser empregado para suprir gastos com transferências e documentação (limitado a 10% do total da carta), quitação de parcelas pendentes do consórcio ou ainda a devolução em espécie, desde que não haja nenhuma pendência por parte do consorciado.

Agora que você descobriu que é possível comprar carro com carta de crédito, está esperando o que para realizar o sonho do automóvel novo?

Por fim, se quer conhecer tudo sobre consórcios, aproveite para baixar gratuitamente este e-book para entender direitinho o que é um consórcio e como ele funciona!

Comentários