Comprar um imóvel na planta é um bom negócio?

Outubro 2015

2 minutos de leitura

Compartilhe
Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo WhatsApp

Muitas pessoas consideram a possibilidade de comprar um imóvel na planta quando tomam a decisão de comprar um imóvel próprio. Um dos principais motivos para que optem por essa modalidade de compra é o fato de o valor ser mais em conta do que quando se adquire o imóvel novo já pronto. No post de hoje vamos apresentar algumas das principais características dessa modalidade de compra para te ajudar a decidir. Confira!

Principais vantagens de comprar na planta

Comprar um imóvel na planta tem lá suas vantagens, que por sinal podem ser muito boas comparadas à compra de um imóvel pronto. Veja algumas delas:

Valor

Como dissemos acima, este é o ponto principal quando as pessoas decidem comprar um apartamento que ainda está na planta. Quando comparamos o valor de um imóvel pronto, com um que ainda será construído, podemos perceber que quando ele ainda está na planta, os valores tendem a ser menores.

Possibilidade de personalização

Uma das grandes vantagens é conseguir adaptar o imóvel aos seus gostos e necessidades. Você pode optar por colocar um piso diferente, bancadas, azulejos, entre outras coisas. Por outro lado, quando você compra um imóvel que já está pronto, caso você deseje fazer essas adaptações, é necessário fazer uma reforma — o que pode levar mais tempo e custar mais caro.

Instalações modernas

Ao comprar um apartamento na planta, você tem a certeza de que as instalações são novas e os produtos utilizados também. Isso por si só já é uma excelente vantagem. Em alguns casos, dependendo da construtora, você pode até possuir uma garantia de que seu imóvel não terá problemas com vazamentos ou instalações elétricas problemáticas.

Pontos a serem observados

Assim como existem vantagens em comprar um imóvel na planta, existem alguns pontos que devem ser observados para evitar dores de cabeça posteriores. Entre os principais, podemos citar:

  • Quando você realiza a compra do imóvel na planta, normalmente as construtoras solicitam que até 30% do valor do imóvel seja pago como entrada. Esse valor pode ser parcelado durante o período de construção, enquanto o restante pode ser financiado ou até mesmo quitado quando a entrega das chaves é realizada;
  • Você precisa estar ciente de que essas parcelas durante o período de construção sofrerão reajustes com base no INCC — Índice Nacional do Custo da Construção.
  • A entrega das chaves pode eventualmente atrasar. Mas não se preocupe! Existem alguns direitos que você pode requerer caso isso realmente aconteça.

Diante de tudo que foi exposto, vimos que comprar um imóvel na planta realmente é um bom negócio se analisarmos algumas questões como: a necessidade e a pressa em adquirir o imóvel, o valor a ser pago, a disponibilidade de recursos e tempo para reformas, o desejo de possuir um imóvel que nunca foi habitado, enfim: uma série de questões que devem ser avaliadas de acordo com suas necessidades e desejos.

Além disso, ainda é possível utilizar o consórcio para adquirir imóveis. Essa modalidade oferece a vantagem de não ter as altas taxas de juros cobradas pelos bancos e você pode escolher um crédito menor com parcelas que cabem no seu bolso!

Consulte sempre a administradora de consórcio no caso de aquisição do imóvel na planta utilizando carta de crédito. Existem regras específicas para cada tipo de compra no consórcio de imóveis.

Agora conte-nos: o que achou do post? Como anda o seu planejamento para adquirir seu imóvel próprio? Deixe sua opinião nos comentários e participe da conversa!

Nova chamada à ação

Comentários