Consórcio de apartamento

Consórcio de apartamento: como contratar para morar bem

Fevereiro 2019

3 minutos de leitura

Compartilhe
Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo WhatsApp

Fazer um consórcio de apartamento é uma excelente forma de conquistar seu próprio cantinho. Mas é preciso tomar alguns cuidados na hora de escolher o imóvel ideal, ok? Para ajudá-lo nessa empreitada, levantamos aqui alguns tópicos que devem ser avaliados antes de fechar qualquer negócio. Confira!

Por que optar pelo consórcio de apartamento?

A compra de um imóvel requer organização, pesquisa e planejamento. Então anote aí: nada de escolher logo a primeira oferta! O ideal é se preparar financeiramente enquanto analisa todas as suas opções. E o consórcio se encaixa perfeitamente nesse contexto.

Com o consórcio, você paga as parcelas durante o planejamento, como se estivesse fazendo uma poupança para o futuro. Além do mais, como os custos do consórcio são muito menores que os juros bancários, optar por ele significa fazer uma grande economia.

Ainda vale adiantar que fiadores e avalistas são dispensados no caso do consórcio e que essa modalidade permite a aquisição de quantos imóveis você quiser — diferentemente do que acontece com o Sistema Financeiro Habitacional (SFH). Por fim, assim como nos financiamentos imobiliários, é possível usar o FGTS para abater o saldo devedor.

Que cuidados tomar na hora de contratar?

Antes de contratar um consórcio, você precisa tomar certos cuidados importantes. Confira!

Conheça a administradora

A empresa que administra seu grupo deve ser bem consolidada no mercado. Faça pesquisas, avaliando reclamações de ex-clientes e reviews de clientes atuais. Consulte também o site do Banco Central para ver se a empresa é autorizada a funcionar. Lembre-se: é a solidez da administradora que vai garantir o recebimento do bem.

Fuja da carta contemplada

Tem muita gente tentando vender cartas contempladas por aí. Mas saiba desde já: esse é um risco que não vale a pena correr. São diversos os casos de fraude, em que a administradora não está autorizada pelo BC, o grupo está extinto ou a contemplação não existe. Avalie onde você está depositando sua confiança e seu dinheiro antes de fechar um negócio tão arriscado!

Invista em educação financeira

Assumir uma responsabilidade dessas por um prazo tão longo requer muito cuidado com o próprio orçamento. Lembre-se, afinal, de que a parcela do consórcio vai constar entre suas obrigações durante muito tempo e atrasá-la pode fazer com que você perca o que investiu. Então organize seu planejamento financeiro, livre-se das dívidas e aprenda a economizar antes de tomar essa importante decisão!

Como escolher um bom apartamento?

Para morar bem depois de ser contemplado em seu consórcio de apartamento, é preciso avaliar algumas questões na hora de escolher o imóvel. Veja só!

Taxa de condomínio

Tudo bem que você não vai pagar aluguel, mas terá que arcar com a taxa de condomínio. Se o prédio já tiver moradores, portanto, pergunte sobre o valor e a variação dessa taxa nos últimos 12 meses. Se você passa muito tempo fora de casa, pense se precisa mesmo pagar uma taxa alta por certos benefícios que dificilmente vai usar, como piscina e academia, avaliando o custo-benefício dessa escolha.

Localização do prédio

Fique de olho na localização do edifício, que deve ser estratégica levando em conta sua rotina — ir à faculdade, chegar no trabalho e assim por diante. Preferencialmente, tente ficar perto de restaurantes, escolas e ao menos um hospital. Analise a segurança do prédio e da área ao redor, pesquisando sobre índices de violência nas proximidades.

Escolha do andar

Muita gente gosta de morar em andares mais altos, não é? Mas, na prática, isso pode causar alguns transtornos, principalmente na mudança. Se você tiver móveis grandes para transportar, será preciso desmontá-los para levar até o andar escolhido, o que não apenas dá mais trabalho como encarece o serviço com a contratação de montadores. Pense se é uma boa levar essa questão em conta na hora da escolha.

Condições do empreendimento

Se o imóvel escolhido ainda está em construção, cheque os prazos e veja se o cronograma da obra está em dia. Atrasos desde o começo podem acender o sinal de alerta para problemas na entrega. E não esqueça de consultar o histórico da construtora, avaliando seu índice de reclamações em sites e órgãos de defesa do consumidor. Quanto mais segura e bem avaliada a empresa for, melhor!

Tomando esses cuidados, pode acreditar: você vai fazer ótimo uso do seu consórcio de apartamento. Pronto para começar a planejar seu futuro? Então entre em contato conosco!

 

Comentários