298342-saiba-como-o-consorcio-te-ajuda-a-economizar

Saiba como o consórcio te ajuda a economizar

Setembro 2019

2 minutos de leitura

Compartilhe
Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo WhatsApp

Você tem dificuldades de guardar dinheiro todos os meses em uma poupança ou outro tipo de investimento? Talvez seja a hora de pensar mais claramente em seus objetivos para conseguir alcançá-los.

O consórcio ajuda a economizar e ainda dá a você a possibilidade de criar uma meta mais concreta, o que dará mais prazer na hora de poupar aquele valor mensal, pensando na conquista que terá em breve.

Quer entender melhor como essa é uma das opções mais interessantes para o seu bolso? Confira, neste post, como o consórcio ajuda você a economizar!

Elimina os custos de juros

Aqui, estamos falando do consórcio na comparação com um financiamento para a compra de um bem. Nele, você não tem que arcar com as altas taxas de juros envolvidas nesse tipo de transação, já que as parcelas são fixas, acrescidas apenas de uma taxa de administração a ser paga para a administradora do consórcio. O ideal, portanto, é escolher um plano que caiba em seu orçamento mensal e planejar o seu pagamento para começar a poupar.

Oferece um investimento seguro

O consórcio, feito com uma empresa registrada no Banco Central e de confiança, com muitos anos de experiência e credibilidade no mercado, pode ser considerado um dos investimentos mais seguros que existem. Nele, você não terá perdas financeiras decorrentes da oscilação do mercado financeiro, como poderia ocorrer em outras aplicações, como a bolsa de valores. Além disso, o seu dinheiro não será desvalorizado, como veremos em seguida.

Cria uma poupança planejada

Sabemos o quanto pode ser difícil reservar um pouco do seu dinheiro todos os meses para guardar na poupança, não é mesmo? O consórcio é uma forma de planejar isso melhor, pois em vez de guardar apenas o que sobra, você vai incluir o valor das parcelas mensais em seu orçamento, obrigando-se a juntar esse dinheiro.

Não exige reserva antecipada

Aqui, a comparação também é com a obtenção de um financiamento para a compra de um bem. Nessas situações, as instituições costumam pedir um valor de entrada, caso contrário o valor dos juros seria ainda maior.

Já no consórcio, não é preciso dar nenhum dinheiro de entrada, ou seja, você começa a poupar assim que entra no grupo para a obtenção de uma carta de crédito. Mas, se você tiver algum dinheiro guardado, pode servir para antecipar o pagamento de parcelas, oferecendo um lance e conquistando o bem desejado antes do término do contrato.

Mantém o poder de compra

Como mencionamos anteriormente, você não perde o poder de compra do dinheiro investido em um consórcio. Isso porque a carta de crédito tem seus valores corrigidos anualmente. Isso significa que a perda com a inflação será reposta e o valor final será suficiente para comprar o bem que você deseja.

Viu como o consórcio ajuda a economizar dinheiro e, de quebra, dá uma força na hora de estabelecer suas metas para o futuro? Além de tudo, ao entrar em um grupo você poderá aumentar o seu patrimônio e garantir mais tranquilidade ao planejar melhor o seu orçamento.

Se você gostou deste artigo e está interessado em mais informações sobre como investir os seus recursos, cadastre-se e receba a newsletter da Rodobens em sua caixa de e-mails!

Comentários