como-um-consorcio-de-motos-funciona-conheca-as-vantagens

Como um consórcio de motos funciona? Conheça as vantagens!

Julho 2018

2 minutos de leitura

Compartilhe
Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo WhatsApp

O consórcio é uma forma bastante conhecida dos brasileiros para a aquisição de carros e imóveis. No entanto, ao contrário do que muita gente pode pensar, esses não são os únicos bens que podem ser comprados por meio dessa modalidade! As motos, cada vez mais procuradas por sua praticidade e economia, também podem ser adquiridas com um consórcio, sabia?

Mas como exatamente funciona um consórcio de motos? Existem diferenças em relação aos outros tipos de consórcio? E quais são as vantagens? Essas são algumas das perguntas que responderemos neste post. Acompanhe!

Como funciona um consórcio para motos?

De modo geral, um consórcio para motos funciona de maneira idêntica a qualquer outro consórcio. O interessado procura uma administradora, que organiza grupos de pessoas interessadas na compra de um mesmo bem ou na contratação de determinado serviço. A partir daí, são feitos pagamentos mensais, com integrantes do grupo sendo periodicamente contemplados para receber a carta de crédito.

É preciso dar entrada?

Em um consórcio de motos (ou em qualquer outro, aliás), não é preciso dar nenhum valor de entrada, como acontece nos financiamentos. É necessário, no entanto, pagar todas as parcelas até o fim, mesmo que a contemplação aconteça antes do prazo completo.

Quais são as formas de contemplação?

São 2 as formas de contemplação em um consórcio: por sorteio ou por lance. Os sorteios são feitos mensalmente na assembleia, que pode ser presencial ou online. A única exigência para participar é estar em dia com as parcelas. Todos os participantes têm chances iguais nesses sorteios.

Para adiantar a contemplação, é possível recorrer aos lances, espécie de antecipação dos pagamentos feita pelo consorciado. Existem vários tipos de lances: lance livre, quando um valor qualquer além da mensalidade é oferecido, lance fixo, cujo valor é previamente determinado pelo grupo, e lance embutido, quando o consorciado dá uma parte do valor da carta de crédito como antecipação do pagamento.

Que tipo de moto é possível comprar?

Com a carta de crédito em mãos, é possível comprar qualquer moto que esteja dentro do valor estipulado. Se a moto desejada for mais cara que o valor disponível, o consorciado pode complementar a diferença em dinheiro, assim como usar até 10% da carta de crédito para gastos com documentação, caso seja necessário.

Quais as vantagens em relação a um financiamento?

Já mencionamos que no consórcio não é preciso dar entrada, ao contrário do que é comum nos financiamentos bancários. Mas essa não é a única vantagem, viu?

No consórcio, o comprador não precisa arcar com taxas de juros. As cobranças feitas pela administradora se resumem a taxas de administração, que são substancialmente menores que os juros praticados no mercado.

Além disso, não é feita nenhuma análise prévia de crédito, o que permite que pessoas com nome negativado participem normalmente. Só é importante ressaltar que o consorciado precisa ter sua situação regularizada na hora da contemplação, a fim de poder usufruir dos benefícios da carta de crédito.

Uma boa dica para tirar o máximo de proveito de um consórcio de motos é fazer um planejamento que leve em conta o tempo de espera até a contemplação e a possibilidade de poupar dinheiro para dar lances que encurtem esse período.

De qualquer modo, consórcios são maneiras seguras e acessíveis para a aquisição de bens, iniciando a construção do seu patrimônio com o pé direito!

Ficou interessado? Quer saber se um consórcio de motos cabe no seu bolso? Então faça uma simulaçãoagora mesmo!

 
 

Comentários