129900-educacao-financeira-6-dicas-para-controlar-os-gastos-sem-cortar-a-diversao.jpg

6 dicas para controlar os gastos sem cortar a diversão

Outubro 2017

2 minutos de leitura

Compartilhe
Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo WhatsApp

 

 

Quando o assunto é controlar os gastos, não são poucas as pessoas que pensam que o primeiro item a ser sacrificado é a diversão. Pois a boa notícia é que isso não é necessariamente verdade. É sim possível manter as despesas da casa em ordem sem ter que deixar de lado os momentos de lazer!

Quer manter o orçamento doméstico em dia sem abrir mão do entretenimento? Então que tal reservar parte da renda mensal para a diversão, fazer investimentos a longo prazo para viagens de férias e definir metas corajosas? Cortar supérfluos, apostar em programas alternativos e usar promoções a seu favor também ajudam a manter as finanças saudáveis sem abrir mão de momentos prazerosos!

Para entender como colocar tudo isso em prática, confira agora mesmo nossas 6 dicas para controlar os gastos sem cortar a diversão!

CTA_Planilha-de-controle-de-gastos-pessoais_final

1. Separe parte da renda

Uma dos passos mais importantes para controlar os gastos sem cortar a diversão é separar parte do orçamento para o lazer. Antes mesmo do mês começar, faça um planejamento de despesas de acordo com a renda recebida. Só depois desse planejamento é que você deve passar para as próximas etapas, ok?

Reserve a quantia necessária para cobrir os gastos essenciais, como aluguel, mensalidade do colégio e contas de consumo. Em seguida, separe parte da renda para prioridades financeiras, como dívidas e investimentos. O restante pode ser distribuído por categorias relacionadas ao estilo de vida, como cuidados pessoais e, claro, lazer!

2. Faça investimentos de longo prazo

Para controlar os gastos sem cortar a diversão, é preciso planejar. As férias da família, por exemplo, podem ser encaradas como um projeto: divida a viagem em várias etapas e, para cada uma delas, faça uma projeção de custos. Dessa forma, você consegue saber exatamente quanto precisa guardar e por quanto tempo para realizar esse sonho.

3. Defina metas corajosas

Não tem jeito: é preciso fazer alguns sacrifícios para se divertir sem abrir mão de uma vida financeira saudável e equilibrada. Nesse sentido, aposte na definição de metas corajosas, que o estimulem a economizar todo mês.

Você pode ficar um mês sem pedir comida no delivery ou passar 15 dias sem gastar com saídas noturnas, por exemplo. Experimente trocar esses hábitos por opções mais em conta, como cozinhar e fazer programas mais caseiros com os amigos.

4. Procure cortar supérfluos

Canais de TV a cabo que você não assiste, assinatura de revistas que não lê, programas que você vai, mas nem curte tanto: chegou a hora de tirar tudo isso da sua vida! Mantenha seus gastos sob controle cortando os supérfluos. Prefira investir seu dinheiro no que realmente gosta! De agora em diante, foque no consumo consciente.

5. Aposte em programas alternativos

Outra forma de controlar os gastos e continuar se divertindo é apostar em programas alternativos. Uma tarde no cinema pode ser substituída por um filme em casa. Em vez de sair com a família para almoçar fora você pode fazer um piquenique em um parque. Além de ser uma delícia, custa muito menos!

6. Use promoções a seu favor

Controle os gastos sem cortar a diversão usando as promoções a seu favor. Já reparou como muitos bares têm preços diferenciados em dias menos nobres da semana, como nas segundas-feiras? Há ainda descontos para quem assina a lista de e-mails de determinadas empresas. Procure promoções na internet e nas redes sociais para conseguir economizar!

Viu como se divertir gastando pouco é possível? Com uma boa dose de pesquisa e planejamento, você conseguirá controlar os gastos sem abrir mão do lazer!

Por fim, se gostou das nossas dicas, compartilhe este post com seus amigos nas redes sociais! Quem sabe eles não topam ajudar para, de bônus, economizarem um pouquinho também…

Comentários