184806-o-que-e-cota-contemplada-de-consorcio-e-quais-os-riscos-de-comprar

O que é cota contemplada de consórcio e quais os riscos de comprar?

Abril 2018

3 minutos de leitura

Compartilhe
Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo WhatsApp

Se você pensa em ingressar em um grupo de consórcio, com certeza já recebeu ofertas para comprar uma cota contemplada. Parece um ótimo negócio, não é mesmo? Adquirir um consórcio com certeza de receber seu bem logo de cara! Mas, na realidade, as coisas não são bem assim.

Entenda melhor o que é a cota contemplada e o que você deve saber, antes de se decidir por comprá-la!

O que é cota contemplada?

A cota contemplada é aquela que já tem direito à carta de crédito — seja por ter sido sorteada, seja porque o consorciado deu um lance vencedor — e pode comprar o bem previsto no consórcio.

Muitas pessoas e empresas negociam cotas contempladas, oferecendo a garantia de recebimento imediato do bem. 

Quanto custa comprar uma cota contemplada?

O valor varia de acordo com a quantidade de parcelas já pagas e o valor da carta de crédito. Há cobrança de um ágio de aproximadamente 30% sobre o total do bem.

Por exemplo, uma cota de consórcio com carta de crédito de R$ 200.000,00 tem cinco parcelas de R$ 2.000,00 pagas. O preço deve ser em torno de R$ 60.000,00 (30% da carta) menos os R$ 10.000,00 já pagos nas primeiras parcelas, ou seja, R$ 50.000,00. Essa diferença fica para o vendedor, como uma compensação pela contemplação.

Quais os riscos de comprar uma cota contemplada?

Existem relatos de vários golpes aplicados na venda de cotas contempladas, por isso, você deve ter cuidado. São vários problemas que podem ocorrer nesse processo, por exemplo:

Cota não contemplada

Nesse caso, você está comprando uma cota comum (e pagando mais por ela) e vai concorrer normalmente aos sorteios na assembleia, sem data específica para contemplação.

Falta de autorização da administradora

A administradora precisa estar ciente da venda da cota contemplada e aprovar, mediante análise cadastral, a transferência de titularidade. Para isso, ela avalia informações do comprador, como renda e restrições cadastrais.

Se a transferência não for aprovada, o problema fica na mão do comprador, que pagou pela cota mas não pode utilizá-la, estando ela contemplada ou não.

O titular da cota tem parcelas em atraso

O comprador pode não ser avisado de que a cota tem parcelas em atraso. Ele precisa quitá-las para receber sua carta de crédito e pode até perder a contemplação. 

Ou seja, além do ágio que foi pago, você ainda teria que arcar com as mensalidades atrasadas deixadas como um verdadeiro “presente de grego”.

Que cuidados devem ser tomados na compra?

Para evitar passar por todas essas dores de cabeça, você precisa avaliar com cuidado a negociação. Primeiro: vale a pena pagar o ágio (que não é barato!) ou é melhor esperar a contemplação? A sugestão é avaliar sua necessidade do bem. Caso seja possível aguardar, é o melhor para seu bolso. 

Mas, se estiver decidido a comprar uma cota contemplada, siga os passos abaixo, que vão ajudar a garantir sua segurança:

  1. marque com o vendedor para se encontrarem na sede da administradora. Pesquise na internet onde ela funciona, para não cair no erro de ir a alguma corretora ou representante;

  2. confira, no local, as informações sobre a cota e o grupo e peça um extrato, para avaliar se realmente existe a contemplação, qual o valor do saldo devedor e das parcelas e a situação de pagamento atual, além de confirmar o nome do consorciado;

  3. preencha a ficha cadastral da administradora, entregando as cópias de seus documentos pessoais e os comprovantes de renda e de residência. Aguarde o prazo de avaliação do cadastro;

  4. volte à administradora com o vendedor, assim que o cadastro for aceito, para que vocês assinem o termo de cessão de transferência. É preciso reconhecer firma das duas partes em cartório e pagar a taxa de transferência à administradora.

Seguindo esses passos, você foge dos riscos da cota contemplada e pode utilizar sua carta de crédito! Para receber mais dicas sobre consórcios, assine nossa newsletter!

 

Comentários