crenças

Crenças limitantes: o que são e como impedem sua independência financeira?

Dezembro 2018

2 minutos de leitura

Compartilhe
Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo WhatsApp

Você já ouviu falar no termo “crenças limitantes”? Em geral, ele aparece em livros, palestras, artigos ou vídeos sobre desenvolvimento pessoal e profissional. Se um indivíduo pretende aperfeiçoar algum aspecto da própria vida, mas encontra barreiras para avançar, é provável que ele esteja sob o efeito desse tipo de crença.

Conheça a seguir o significado desse fenômeno e confira dicas para superá-lo.

O que são crenças limitantes?

Crenças limitantes são pensamentos bastante “solidificados” na mente das pessoas, que as condicionam a agir de modo a impedir o desenvolvimento em determinada área da vida. Em geral, tais fatores bloqueadores do sucesso foram formados ao longo da vida, por meio de experiências que o indivíduo teve em ambientes como família, escola, igreja, trabalho etc.

Se o pensamento em questão foi transmitido por alguém com certa autoridade sobre a pessoa (como pai, professor ou líder religioso), é provável que tenha sido acatado como verdade absoluta por parte de quem ouviu a mensagem. Em outras ocasiões, a formação de crenças limitantes ocorre no nível inconsciente, ou seja, sem que a pessoa perceba tal aprendizado.

Como as crenças limitantes impactam a vida financeira das pessoas?

As crenças limitantes podem bloquear o sucesso da vida financeira de um indivíduo, já que, muitas vezes sem saber, ele se sabota para evitar a conquista de um status de êxito em relação ao dinheiro. Em algumas situações, a pessoa faz isso devido a algum conflito religioso, como acreditar que rico “não vai para o céu”, ou para não ser superior aos pais no quesito finanças, por causa de respeito ou submissão.

Experiências passadas, como constrangimentos em certo convívio social, podem levar um indivíduo a acreditar que é incapaz de se desenvolver e de assumir uma posição de destaque na área profissional, por exemplo. Como consequência, ele imagina que ter uma situação mediana ou até abaixo do aceitável é uma condição “natural” de vida.

Como desenvolver um mindset vencedor?

Embora crenças limitantes estejam presentes na vida de grande parte das pessoas, isso não significa que você deve aceitar tais pensamentos destrutivos como parte da sua existência. Na verdade, é possível ressignificar certos aprendizados e, com isso, abrir-se para um universo de possibilidades de desenvolvimento pessoal e profissional.

Pode ser que você precise do auxílio de um terapeuta, de um psicólogo ou de um coach para se livrar das crenças limitantes. Ainda assim, em muitos casos você mesmo pode desconstruir tais ideias nocivas à sua evolução como pessoa. Por exemplo, por meio do questionamento racional dos pensamentos ruins.

Você também pode determinar a criação de comportamentos saudáveis e condizentes com a realidade de vida que você quer formar de agora em diante. Uma frase de T. Harv Eker, autor do livro “Os Segredos da Mente Milionária”, pode auxiliá-lo nesse processo: “Pensamentos conduzem a sentimentos. Sentimentos conduzem a ações. Ações conduzem a resultados”.

Por essa frase, vemos que as mudanças devem começar pela reconfiguração da sua mente (mindset), para que você possa, então, agir de acordo com a sua nova visão de mundo ou filosofia de vida.

Quer receber mais dicas para melhorar a sua vida financeira e ajudá-lo a destruir as crenças limitantes? Então, curta a nossa página no Facebook e fique por dentro dos próximos conteúdos!

 

Comentários