123782-rodobens-corretora-de-seguros-6-dicas-para-se-preparar-para-sua-primeira-viagem-internacional (1).jpg

6 dicas para se preparar para sua primeira viagem internacional

outubro 2017

3 minutos de leitura

Compartilhe
Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo WhatsApp

 

A primeira viagem internacional é um evento sempre marcado por muita expectativa e ansiedade. E não é à toa! Afinal, é a realização do sonho de visitar novos lugares, conhecer diferentes culturas, aprender outros idiomas e sair da rotina. E sabe o que ajuda a diminuir um pouco essa inquietação? Planejamento!

Foi pensando nisso que resolvemos listar aqui 6 dicas fundamentais para você se preparar não apenas para embarcar com tranquilidade e segurança como também aproveitar ao máximo o período passado em outro país. Confira!

1. Elabore um roteiro

Assim que decidir para onde será sua primeira viagem internacional, você já pode começar a elaborar um roteiro. Para tanto, faça pesquisas e leia conteúdos em blogs, sites e redes sociais contendo dicas de passeios, estabelecimentos e locais a serem visitados — inclusive os mais diferentes.

Por mais que esse seja um detalhe simples, acredite: esse preparo pode fazer toda a diferença. Assim, quando você chega ao outro país, já sabe de antemão informações sobre o transporte público das cidades que vai visitar, bem como dos pontos turísticos que deseja conhecer.

Isso sem contar que você já pode aproveitar para fazer reservas em restaurantes concorridos e comprar ingressos para espetáculos que certamente já estariam esgotados caso você deixasse para comprar apenas na hora. Por essas e outras, prepare o caderninho e comece já a montar seu roteiro!

2. Separe os documentos

Ao fazer uma viagem internacional, é normal que você tenha que apresentar alguns documentos na imigração do país que deseja visitar. Além do passaporte, que é primordial, você pode ter que mostrar a passagem de volta, o seguro viagem, o Certificado Internacional de Vacinação e comprovantes de hospedagem, entre outras possibilidades.

Para evitar possíveis perdas, otimizar sua organização e se poupar de uma dose de estresse logo na chegada, que tal montar uma pastinha com todos esses papéis? Dessa forma, você tem tudo o que precisa à disposição quando precisar prestar explicações ao agente.

3. Faça cotações da moeda

Dólar, euro, libra, peso: seja qual for a moeda usada no seu destino, o ideal é já sair do Brasil com algum dinheiro local no bolso ao viajar para o exterior. Mas não se precipite! A recomendação para essa etapa é fazer cotações em diferentes casas de câmbio antes de bater o martelo.

O motivo da necessidade de percorrer essa verdadeira maratona de cotações é que a garantia de um bom negócio depende da taxa de câmbio encontrada. E esse passo deve demandar ainda mais atenção caso você pretenda adquirir uma grande quantia de moeda estrangeira — seja porque ficará fora do Brasil por mais tempo ou porque quer fazer muitas compras por lá, por exemplo.

4. Contrate um seguro viagem

É fato: imprevistos sempre podem acontecer. O problema é que muitos acabam mudando completamente seu planejamento! E então, o que fazer? Justamente por isso, fazer um seguro de viagem é uma dica que não poderia faltar nesta lista!

E isso é especialmente válido se você pretende viajar em família, viu? Imagine se você ou um de seus filhos adoece e precisa se consultar ou realizar algum exame. Em um país estranho, toda ajuda é bem-vinda! Assim, contar com a assistência médica que o seguro oferece é essencial para garantir o bem-estar e a segurança de todos.

5. Pense na conectividade

Conseguir se comunicar com os amigos e familiares no Brasil por meio de ligações ou pela internet (com aplicativos e redes sociais) é, sem dúvida, um aspecto fundamental durante o tempo em que você estará viajando. Justamente por isso, pesquise como é a conectividade no seu destino!

Algumas sugestões são analisar o custo de roaming, procurar por pontos de wi-fi grátis pelas cidades que for visitar e conferir os benefícios de adquirir um chip de uma operadora local para evitar problemas de serviço de rede no seu smartphone.

6. Observe o fuso horário

Por fim, não deixe de ficar atento ao fuso horário do seu destino. Nesse sentido, vale lembrar ainda que, às vezes, um único país tem 2 ou mais fusos — como é o caso do Canadá, dos EUA e da Austrália.

Observando essa particularidade, você pode se programar para se adequar ao horário local da cidade em que vai desembarcar, seja ajustando o relógio que usa ou dormindo em um horário diferente, por exemplo, para diminuir ou mesmo evitar os efeitos do famoso jet lag.

E então, gostou das dicas para evitar imprevistos na sua primeira viagem internacional? Pois aproveite e saiba mais sobre as diversas vantagens do seguro viagem!

 
 

Comentários