saiba-quais-sao-os-documentos-necessarios-para-comprar-um-carro

Saiba quais são os documentos necessários para comprar um carro

Junho 2018

3 minutos de leitura

Compartilhe
Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo WhatsApp

Quem quer ter um automóvel zero ou trocar o seu por um modelo mais novo precisa se preparar. Afinal, sabia que são vários os documentos necessários para comprar um carro? E você não quer ter que adiar a conquista desse objetivo por pura falta de informação, certo? Conhecendo a lista do que é exigido, você consegue se preparar, facilitando a aquisição!

Não perca mais tempo: fique de olho no post de hoje para conhecer direitinho os documentos para comprar um carro e não ser pego de surpresa!

Documentos para comprar um carro usado

Tudo bem que a compra de veículos novos requer documentação específica. Mas e quando você compra um seminovo? Aí precisa ter cuidados extras desde antes de fechar o negócio.

Que cuidados tomar antes da compra?

Peça o número do Renavam (Registro Nacional de Veículos Automotivos) ao dono anterior. Com ele em mãos, vá ao Detran da sua cidade para averiguar se não existe nenhuma pendência que impeça ou prejudique o negócio. Confira ainda se o número do chassi que consta no documento é o mesmo gravado no automóvel.

Que documentos são necessários?

Providencie originais e cópias de:

  • identidade, CPF e comprovante de residência — seus e do vendedor;
  • comprovantes de pagamento do IPVA dos últimos 3 anos, incluindo o atual;
  • comprovante de pagamento do seguro obrigatório;
  • Certificado de Registro de Licenciamento do Veículo (CRLV);
  • recibo de transferência devidamente preenchido, com data e assinatura com firma reconhecida;
  • decalque do chassi do veículo.

Para carros importados, leve também a 4ª via da guia de importação. Se estiver de olho em um carro de um vendedor de outra cidade, também é obrigatório fazer uma vistoria e providenciar um novo emplacamento. Além disso, é preciso emitir uma certidão negativa de roubo/furto e de multa em qualquer que seja o município de origem.

Qual o prazo para a transferência?

O vendedor precisa preencher o Documento Único de Transferência (DUT) e assinar com reconhecimento de firma. Você tem até 30 dias da data marcada no documento para fazer a transferência. Depois desse prazo, pode ser multado por infração grave e receber 5 pontos na sua CNH.

Leve o CRLV a um banco conveniado e pague a taxa para a emissão do novo DUT. Além disso, quite possíveis pendências de licenciamento, multas, seguro obrigatório e IPVA. Para transferir o carro para seu nome, solicite 2 vias do Renavam no Detran — pode ser que esteja disponível diretamente no site. Também é preciso de 2 decalques do chassi e do motor do veículo, além dos comprovantes dos pagamentos feitos no banco.

Só o comprador pode fazer a transferência?

Um parente próximo pode fazer a transferência, desde que apresente um documento de identidade (original e cópia) para comprovar o parentesco. Também é possível usar um procurador legal.

Documentos para comprar um carro novo

Quando você compra um carro zero, geralmente o serviço de regularização da documentação é oferecido pela própria concessionária. Se isso não acontecer, você pode providenciar pessoalmente ou contratar um despachante. O prazo, contado a partir da emissão da nota fiscal, é de 15 dias. Até regularizar toda a documentação, seu carro só pode trafegar até a unidade de trânsito para o devido emplacamento.

Comece providenciando:

  • cópia e original de seu CPF, RG e comprovante de residência;
  • cópia da nota fiscal da compra do carro;
  • Renavam preenchido;
  • original ou via eletrônica impressa da nota fiscal da concessionária ou revenda;
  • decalque legível do chassi;
  • comprovantes de pagamentos das taxas de primeiro registro e de emplacamento.

Leve toda essa documentação a uma das unidades de atendimento indicadas pelo Detran e dê entrada na solicitação de registro do seu carro. Lá também são emitidas as guias para pagar o IPVA proporcional e o DPVAT. Em seguida, você deve fazer a solicitação da emissão do DUT, do CRLV e do protocolo com o número da placa. Aí você já pode emplacar seu carro para circular com ele por todo o país!

Quando você sabe de antemão quais são os documentos para comprar um carro, evita perder tempo, dinheiro e até se sujeitar a multas. Lembre-se também de contratar um seguro o quanto antes (de preferência, ainda na concessionária), para não trafegar com seu veículo sem proteção.

Por fim, se ficou ainda com alguma dúvida, deixe aqui um comentário e vamos conversar!

Comentários