4-atitudes-que-voce-deve-ter-para-economizar-na-faculdade

4 atitudes que você deve ter para economizar na faculdade

Junho 2018

2 minutos de leitura

Compartilhe
Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo WhatsApp

Logo que se inicia um curso universitário, 2 detalhes costumam ficar muito claros: que será preciso se dedicar bastante aos estudos e que os custos podem pesar demais no bolso se você não tomar cuidado. Não é à toa que um bom planejamento para economizar na faculdade pode ser o melhor amigo de um universitário.

Afinal de contas, os gastos não se restringem apenas à mensalidade, caso você esteja em uma universidade particular, mas englobam também alimentação, transporte e materiais que terá que adquirir ao longo do curso. Como dar conta de tudo isso sem entrar para o vermelho?

Pensando nesse problema, resolvemos juntar aqui algumas dicas sobre como economizar na faculdade para ajudá-lo a superar essa fase com notas e conta no azul. Entenda!

CTA_Guia-do-universitário-saiba-como-se-organizar-e-começar-a-investir_final

1. Crie o hábito de pegar livros da biblioteca

Não tem como fugir: os livros são recursos importantes para quem estuda em uma faculdade, necessários na maior parte do tempo. Infelizmente, porém, eles costumam não ser nada baratos. Nesse ponto, como normalmente seu orçamento normalmente não é suficiente, você terá que encontrar alternativas.

Para contornar essa situação, uma boa pedida é se cadastrar em bibliotecas públicas da região, assim como explorar ao máximo a biblioteca da própria faculdade. Dessa forma, além de ter acesso aos livros gratuitamente, você ainda garante um espaço tranquilo para pesquisar e estudar.

2. Leve refeições de casa

A alimentação pode representar um gasto bem significativo nessa fase — principalmente se você já trabalha. Nesse contexto, comer sempre em restaurantes é bem difícil, praticamente um luxo. Que tal então estimular o hábito de levar comida de casa?

Fazer suas próprias marmitas é uma maneira não só de economizar, mas também de investir em uma alimentação mais saudável, visto que, com a correria da faculdade, as chances de você se alimentar de lanches e afins se tornam muito maiores. Além disso, procure levar frutas ou barrinhas de cereal para lanches rápidos, entre uma refeição e outra.

3. Use a carteirinha de estudante

Um dos benefícios de ser estudante é, definitivamente, poder adquirir a famosa carteirinha. Não hesite em pedir uma em sua universidade, lembrando que essa é uma ótima forma de economizar especialmente no lazer, porque dá direito ao pagamento de meia entrada em shows, teatros, cinemas e assim por diante.

Com sua carteirinha em mãos, procure por locais ou atividades que deem descontos com esse recurso. Dessa forma, você consegue poupar sem para isso ter que abdicar de momentos de lazer.

4. Procure por financiamentos e bolsas

Essa é uma dica que serve tanto para quem está pensando em iniciar uma faculdade quanto para quem já está cursando uma graduação: não é segredo para ninguém que o Brasil oferece alguns programas voltados para quem quer iniciar os estudos. Pesquise sobre os critérios e veja se você se encaixa!

O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES), por exemplo, é uma ótima maneira de conseguir bons descontos nas mensalidades. Há também o ProUni, que permite conseguir uma porcentagem em bolsas de estudos de acordo com a nota do ENEM. E procure saber também se sua faculdade não tem nenhum programa próprio que oferece esse benefício aos alunos matriculados.

Com certeza, com as dicas que trouxemos aqui, você conseguirá economizar na faculdade sem grandes sacrifícios! E se quer continuar de olho em mais conteúdos como este, siga nossos perfis no Twitter, no Instagram, no Google+ e no LinkedIn, além de curtir nossa página no Facebook e checar nosso canal no YouTube!

Comentários