143701-x-equipamentos-de-seguranca-importantes-para-o-carro

6 equipamentos de segurança importantes para o carro

Novembro 2017

3 minutos de leitura

Compartilhe
Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo WhatsApp

 

143701-x-equipamentos-de-seguranca-importantes-para-o-carro

 

A cada dia, milhares de veículos novos são licenciados, tornando o trânsito nas cidades e nas rodovias mais intenso. Infelizmente, tal situação tende a aumentar o número de colisões e acidentes causados por imprudência ou falta de manutenção básica. Por isso, as montadoras têm investido pesado no desenvolvimento e na melhora dos equipamentos de segurança dos carros.

Atualmente, a direção é muito mais segura, especialmente por conta da eficiência dos dispositivos adotados nos veículos. Mesmo com o aumento do número de acidentes e da velocidade dos automóveis em pistas expressas, as lesões e avarias são minimizadas com a incorporação de novas tecnologias desde a fábrica.

Mas você conhece os principais equipamentos de segurança de um automóvel? Listamos 6 deles no post de hoje para falar um pouco sobre sua importância. Confira!

1. Luzes e faróis

Os faróis e as luzes de sinalização (luzes de direção laterais, de localização traseiras e de acionamento dos freios) dos carros são os componentes mais importantes para evitar acidentes e organizar o fluxo, indicando trocas de faixas, conversões e paradas, além de aumentar a visibilidade. Assim, seu uso e bom estado de conservação são obrigatórios.

Para 2023, o governo brasileiro estabeleceu que todo veículo também deverá ser fabricado com luzes de circulação diurna, dispensando assim o uso de farol baixo durante o dia para melhorar a visibilidade no trânsito.

2. Cintos de segurança

Os cintos de segurança são considerados essenciais para evitar lesões e mortes em caso de colisões. Isso porque prendem os ocupantes junto aos bancos, impedindo que sejam arremessados para fora, contra o painel ou os ocupantes da frente.

Hoje em dia, o padrão é a adoção do cinto de 3 pontas, inclusive para os passageiros no banco traseiro. Esse modelo proporciona maior proteção, mantendo o tronco junto ao encosto. Pode acreditar: com ele, 60% dos traumas na coluna são evitados.

3. Freios

Ao longo do tempo, o sistema de frenagem evoluiu bastante. Atualmente, o freio a disco hidráulico é o mais usado no Brasil. Mas outras tecnologias já vêm sendo incorporadas. O ABS, sistema eletrônico antitravamento das rodas, tornou-se obrigatório para os carros novos. O equipamento controla a pressão dos freios para evitar derrapagens e perda de aderência dos pneus, aumentando a eficiência de parada.

4. Para-choques

Os para-choques mais antigos eram feitos de metal e presos com hastes duras ao chassi dos automóveis, servindo como uma proteção à carroceria. Essa configuração, porém, transferia toda a energia do impacto para os ocupantes do carro. Por isso, os para-choques modernos são feitos com material plástico e espumas de densidades variadas. Sua função é justamente quebrar, amassar e rachar, dissipando a energia dos impactos.

5. Encostos de cabeça

Pouca gente sabe, mas aquele encosto sobre os bancos não serve somente para descanso! Trata-se de um equipamento de segurança para que, no caso de colisões traseiras, a cabeça dos ocupantes não sejam arremessadas para trás, causando lesões no pescoço. Tais encostos devem ser ajustados corretamente, seguindo a orientação do manual do veículo. A partir de 2018, o acessório será obrigatório para todos os assentos dos carros novos.

6. Airbags

Ainda pouco usados no Brasil, os airbags se tornaram obrigatórios aos veículos fabricados no país desde 2014. São bolsas de ar que se inflam no momento da colisão para amortecer o impacto dos ocupantes com o painel, as laterais ou os bancos da frente. Como são itens complementares aos cintos de segurança, o uso de um não dispensa a presença do outro.

Com o aumento do fluxo de veículos nas cidades e da velocidade nas rodovias, as colisões se tornaram mais frequentes e os acidentes, mais perigosos. Por esse motivo, as montadoras têm incorporado tecnologias nos equipamentos de segurança de seus modelos, melhorando a proteção dos automóveis e de seus ocupantes.

Por fim, se gostou deste post e quer receber mais dicas sobre carros e segurança no trânsito, curta nossa página no Facebook, siga nosso perfil no Instagram e se inscreva no nosso canal do YouTube para ficar por dentro das novidades!

Comentários