130535-7-dicas-para-escolher-um-bom-terreno.jpg

7 dicas para escolher um bom terreno

Outubro 2017

3 minutos de leitura

Compartilhe
Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo WhatsApp

 

Comprar a parte de um loteamento pode ser um excelente negócio, sabia? Isso sem contar que construir um imóvel do jeitinho que você sempre sonhou é bem atrativo! Antes de fechar qualquer negócio, no entanto, você precisa saber como escolher um terreno que esteja de acordo com o que você precisa. Não sabe nem por onde começar? Então chegou ao post certo. Confira agora mesmo as dicas que preparamos!

1. Compare a metragem com seus planos

Comece avaliando a metragem do terreno, pois ele deve ser grande o suficiente para comportar seus sonhos. Você por acaso já viu a planta baixa de um imóvel? Constam ali os cômodos, com suas devidas metragens, bem como a área total da construção. Procure uma que se pareça com sua casa dos sonhos e tente visualizá-la dentro do terreno.

Pense também na área não construída. Você quer colocar uma piscina ou pretende ter uma horta no quintal? Gostaria de um playground ou um deck? Pesquise e veja se cabe tudo! Consulte também as leis municipais sobre o uso e ocupação do solo, que devem especificar o recuo mínimo da construção para as laterais. Leve isso em consideração na avaliação da metragem.

2. Avalie a localização

Além do terreno em si, analise também a área a seu redor. Nesse ponto, é bom ficar de olho em questões como:

  • histórico de segurança das redondezas;
  • acessibilidade para o terreno;
  • proximidade do trabalho e da família;
  • presença de uma boa infraestrutura na vizinhança.

Além disso, projetos de construções maiores na região, como shoppings centers, faculdades e supermercados, podem valorizar seu imóvel no futuro. Alguma dúvida de que isso seria um ótimo negócio?

3. Procure informações sobre a qualidade do solo

Um lote muito acidentado, com declive acentuado, pode exigir mais gastos com terraplanagem — processo para deixar o terreno todo no mesmo nível, pronto para construir. Tudo bem que um bom projeto pode aproveitar melhor esse relevo natural, mas vai exigir gastos mais altos para evitar acúmulo de água e favorecer a drenagem, ficando bem mais caro.

Também é importante contratar um profissional para fazer a sondagem do terreno. Esse especialista pode atestar se há muitas pedras na área, característica que faz com que a fundação precise ser mais profunda e, portanto, mais cara. Se houver rios ou córregos próximos, isso também vai exigir mais gastos para lançar os alicerces.

4. Observe a incidência solar

O lugar onde o sol bate é muito importante na hora de definir como você vai construir sua casa no terreno. O ideal é que a construção fique de frente para o nascente ou precisará de um projeto diferenciado.

5. Analise a posição do terreno no quarteirão

Caso existam outros lotes vagos ao redor, lembre-se: os vizinhos eventualmente também vão construir, podendo fazer sombra na sua casa e modificar a questão da incidência solar. Que tal fazer seus planos lembrando desse detalhe para não ter que lidar com frustrações mais tarde?

6. Cheque suas finanças

Comprar um terreno é ótimo, mas melhor ainda é construir nele! Assim, nada de se comprometer com o pagamento do lote se não tem sequer perspectiva de reunir condições para dar andamento à fase seguinte. Mesmo que não tenha pressa em morar lá, lembre-se: o terreno vazio pode trazer riscos de segurança.

O ideal, assim, é se preparar tanto para a compra como para a construção. E, ao contrário do que muita gente pode pensar, não há nada de impossível nessa missão! O segredo está no planejamento. Então que tal começar agora, livrando-se das dívidas acumuladas?

7. Busque alternativas viáveis de pagamento

Avalie o que é mais vantajoso na hora de escolher a forma de pagamento do seu terreno e já se programe para iniciar o planejamento da construção. Você pode optar por financiamentos bancários e empréstimos pessoais ou pela contratação de um consórcio. Pesquise, faça simulações, confira as exigências de cada opção e compare, escolhendo a que tiver melhor custo-benefício para seu bolso!

E então, pronto para escolher um terreno e começar a construir seu futuro? Prepare seu planejamento financeiro e pesquise as melhores condições! Para saber mais, entenda as diferenças entre consórcio e financiamento de terrenos e faça a melhor escolha!

 

 

Comentários