299414-frete-cif-e-frete-fob-voce-sabe-a-diferenca

Frete CIF e frete FOB: você sabe a diferença?

outubro 2019

2 minutos de leitura

Compartilhe
Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo WhatsApp

O preço não é o único quesito a ser levado em consideração na hora de fechar a contratação de um frete. Outras questões importantes precisam ser levantadas, como quem arcará com os custos e as responsabilidades geradas em decorrência do transporte da mercadoria. Nessa hora, compreender a diferença entre frete CIF e frete FOB ajuda muito.

Se você tem dúvidas sobre esse tema, não se preocupe. O objetivo deste texto é justamente explicar o que essas formas de cobrança de frete têm de diferente uma da outra e em que situações elas são aplicadas. Tenha uma boa leitura.

O que é o frete CIF?

CIF é sigla para Cost, Insurance and Freigh, que pode ser traduzido para o português como "custo, seguro e frete". Isso significa que, nessa modalidade de crédito, quem se responsabiliza por todas as despesas até a entrega ao cliente é o vendedor. O fato de a sigla ser em inglês tem uma explicação: tanto CIF quanto FOB têm origem no transporte marítimo. Hoje em dia, ambos os termos são padronizados para facilitar o comércio internacional.

No CIF, quem embarca a carga tem responsabilidade sobre a sua segurança, o que inclui a contratação de um seguro. Tal obrigação só termina quando o produto chega ao seu destino. Como os custos são pagos pelo vendedor, é normal que eles sejam embutidos no preço do produto, permitindo que esse valor seja informado em um campo especial da nota fiscal.

O que é o frete FOB?

FOB é a sigla para Free on Board (ou "livre a bordo", na tradução). Nessa modalidade, todos os custos a partir do momento em que a mercadoria é despachada ficam por conta de quem irá recebê-la. Ao contrário do que acontece no CIF, o destinatário assume os riscos pelo transporte até o destino, arcando também com os custos do seguro. Por não estarem incluídos no custo dos produtos, o frete desse tipo não é incluído na nota fiscal.

Como escolher entre frete CIF e frete FOB?

Se uma mercadoria será transportada pelo frete CIF ou FOB dependerá do tipo de relação comercial estabelecida e da natureza da carga embarcada. O CIF é quase sempre o escolhido para entregas feitas ao consumidor final ou quando uma empresa precisa lidar com muitas entregas ao mesmo tempo para destinos diferentes.

Com isso, o vendedor assume toda a responsabilidade sobre o transporte, conseguindo rastrear a entrega e garantir que sua encomenda chegará nas mãos certas. Em contrapartida, ele pode embutir nos produtos tais custos.

Já o FOB é a opção para negócios envolvendo empresas e o transporte de produtos de alto valor agregado ou matérias-primas. O FOB faz mais sentido para quem precisa comprar regularmente o mesmo produto em grandes quantias. Assim, vale a pena assumir os custos e os riscos do frete, seja por meio de uma frota própria ou contratando uma transportadora.

Entender a diferença entre frete CIF e frete FOB permite saber quem pagará os custos e assumirá os riscos do transporte. Isso é fundamental, já que importantes decisões comerciais passam pela correta diferenciação dessas duas modalidades.

Gostou deste post? Se você teve suas dúvidas esclarecidas, compartilhe nas redes sociais para que ele possa ajudar mais pessoas.

Comentários