investimento com pouco dinheiro

É possível fazer investimento com pouco dinheiro? Conheça 4 maneiras

Fevereiro 2019

2 minutos de leitura

Compartilhe
Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo WhatsApp

Quando falamos em investimentos, quase sempre nos vem à cabeça a ideia de movimentações envolvendo grandes quantias de dinheiro, restritas a poucas pessoas. No entanto, essa ideia é, de certa forma, equivocada.

O mercado oferece opções de investimento com pouco dinheiro, que podem ser bem interessantes para quem está começando, por unirem segurança e rentabilidade. Para conhecer mais sobre essas alternativas, acompanhe o texto. Boa leitura!

1. Tesouro Direto

Quem conhece pelo menos um pouco sobre o universo dos investimentos já deve ter ouvido falar do Tesouro Direto. Ele é cada vez mais popular e quase sempre indicado como uma alternativa à caderneta de poupança.

Que investe nessa opção está, na prática, emprestando dinheiro ao governo, que o remunera por isso, de acordo com o estabelecido no momento do investimento. É possível começar com a partir de R$30.

Entre os diversos tipos de títulos disponíveis no Tesouro Direto, o mais indicado para quem vai investir pequenas quantias são aqueles vinculado à SELIC, que pagam de acordo com a taxa de juros da economia nacional.

Para investir no Tesouro Direto, basta procurar um banco ou corretora, que fará o cadastro do cliente na plataforma. Depois disso, ele estará livre para fazer a aplicação. É importante consultar a empresa escolhida, para saber se existe alguma cobrança, embora a maioria delas tenha zerado taxas nesse investimento.

2. CDB

O valor mínimo para investir em Certificados de Depósito Bancário (CDB) varia de acordo com a instituição financeira, mas a maioria oferece opções com valores iniciais de menos de R$ 1.000.

Os CDB são utilizados pelos bancos para captar recursos no mercado. Com isso, eles emprestam dinheiro a outros clientes e remuneram o investidor com uma fração do lucro. A rentabilidade varia de acordo com a instituição, o valor investido e o prazo.

Geralmente, não há cobrança de taxas para investimentos em CDB por partes dos bancos. Todavia, existe a incidência de Imposto de Renda (IR).

3. Fundos DI

Embora pareçam opções mais complexas de investimento, os fundos DI também são alternativas para investidores com menos dinheiro disponível. A maioria dos bancos dispõe de opções que demandam aportes reduzidos, de aproximadamente R$50. Contudo, por causa da cobrança de taxas de administração, em muitos casos não faz sentido escolher investimentos de valor muito baixo nessa categoria de aplicação.

A taxa de administração remunera o gestor do fundo, responsável por decidir onde os recursos investidos serão aplicados. No caso de um fundo DI, praticamente todo o dinheiro é investido em títulos de renda fixa, que seguem a varição do CDI (Certificado de Depósito Interbancário), índice quase sempre muito próximo à SELIC.

Além da taxa de administração, a incidência do IR pode comprometer ainda mais a rentabilidade, principalmente em pequenos aportes. Por isso, calcule tudo isso antes de escolher essa opção.

4. Consórcio

Os consórcios são outro exemplo de investimento receptivo para quem não tem tanto dinheiro disponível. Por meio dessa forma de compra programada, o investidor paga parcelas mensais e, depois de determinado período, recebe uma carta de crédito, que permite a compra do bem desejado. Tudo isso sem a cobrança de juros.

Para se ter uma ideia e mostrar como é possível investir em um consórcio com pouco, a Rodobens tem cotas de consórcio de imóveis a partir de R$ 200,89 e cotas de consórcio de motos a partir de R$ 126,14 por mês. Ou seja, com uma pequena fatia do orçamento, é possível investir em algo que incrementará seu patrimônio.

Como você viu, existem sim opções para quem quer investir com pouco dinheiro. Mas antes de qualquer aplicação, é importante avaliar a sua condição financeira, eliminar dívidas, reduzir desperdícios e identificar quais são seus objetivos. Dessa forma, fica mais simples identificar qual aplicação é mais indicada para o seu perfil e assim alcançar melhores resultados.

Quer saber mais sobre os consórcios? Entre em contato com a Rodobens agora mesmo! Estamos prontos para atendê-lo!

 

Comentários

Consórcio rodobens

Últimos Posts

  • Muitos de nós temos sonhos como a compra de um carro novo ou a aquisição do primeiro imóvel, não é mesmo? E uma boa saída que várias pessoas encontram para transformar esses desejos em realidade está nos consórcios. Essa já é uma tradicional forma de aquisição de bens de valores mais elevados entre os brasileiros, oferecendo baixos riscos e possibilidades reais de compra.

  • O consórcio costuma ser a melhor opção oferecida pelo mercado para a compra de bens como imóveis ou veículos quando não há dinheiro para o pagamento à vista. Esse modelo permite que haja um melhor planejamento financeiro, além de livrar você das taxas de juros aplicadas pelas instituições financeiras nos financiamentos.

Consórcio rodobens Test-drive Mercedes

Quer receber mais conteúdos brilhantes como esses no seu email?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail e tenha informações em primeira mão.