Conheça os principais KPIs de gestão de frota

Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo WhatsApp

Para uma empresa crescer e ter lucro, não tem como fugir: é preciso monitorar e aperfeiçoar constantemente seus processos. Nesse sentido, especialmente para ajudar os gestores que trabalham no setor de logística ou na área de transportes, os KPIs de gestão de frota são ferramentas essenciais.

Entenda desde já: o uso de indicadores para a gestão dos veículos é essencial para ajudar as empresas a reduzirem custos e, ao mesmo tempo, melhorarem sua eficiência. Ficou curioso para entender melhor? Então confira a partir de agora o conceito de KPIs e como eles funcionam na prática!

Afinal de contas, o que são KPIs?

Os Key Performance Indicators (KPIs) nada mais são que métricas usadas para aferir o desempenho de determinadas áreas ou processos. Em português, essas medidas são identificadas como chaves de performance e seu uso é fundamental para uma avaliação eficiente dos resultados de qualquer operação.

Além de contribuírem para a redução de custos das empresas, os KPIs são responsáveis por auxiliar na realização de intervenções importantes, além de ainda prolongarem o tempo de vida útil da frota de veículos das transportadoras.

A análise de um indicador pode ser realizada por meio de comparativos entre períodos, que podem ser de dias ou até anos. Para analisar o crescimento do faturamento de um ano para outro, por exemplo, é possível comparar os rendimentos de abril de 2017 com os resultados de abril de 2018.

Para analisar se as metas estão sendo efetivamente cumpridas, use os dados estipulados como objetivos. Você pode levantar os números das vendas semanalmente, por exemplo, comparando-os para analisar se as metas foram ou não alcançadas.

É claro que existem outros tipos de parâmetros, como indicadores de custos, prazos e de qualidade, sendo possível fazer comparativos entre diversos tipos de processos para identificar quais atividades precisam ser revistas.

Quais são os principais KPIs de gestão de frota?

Alguns KPIs são essenciais para monitorar e otimizar sua gestão de frota. Confira quais são eles!

Gasto com combustível

Um dos principais gastos do setor é o consumo de combustível, que deve ser acompanhado de forma precisa e detalhada. É muito importante, portanto, que os gestores lancem mão de indicadores para acompanhar essa área.

Por meio de um indicador, é possível controlar o custo por motorista, além de identificar quais medidas podem ser tomadas para reduzir o consumo de combustível da frota — como o planejamento de rotas e das manutenções preventivas.

Custos com manutenção

Por falar em manutenção, compreender os custos envolvidos aí é fundamental para identificar sua parcela no orçamento final da frota. Conseguindo identificar as ocorrências mais frequentes e suas prováveis causas, é possível criar planos de ação para diminuir o impacto desses gastos.

Nesse caso, o ideal é fazer um controle por veículo, condutor, serviço realizado e tipo de manutenção — se preventiva ou corretiva. Dessa forma, dá para identificar, por meio dos relatórios, quais são os problemas mais recorrentes da frota.

Incidência de multas

Outro componente que precisa ser monitorado de perto são as ocorrências de multas. Isso porque um KPI pode tanto apontar para o custo que a empresa tem com as infrações como também pode auxiliar os gestores na identificação dos condutores mais reincidentes.

Além disso, o controle da incidência de multas permite observar padrões de comportamento inapropriados no trânsito, que ainda pode trazer outros tipos de problemas para a empresa, como acidentes.

Como usar KPIs para analisar o retorno do investimento na frota?

Outra sigla importante quando o assunto é gestão de empresas é ROI, de Return on Investment, que em português significa retorno sobre investimento. Sua aplicação é responsável por estabelecer uma relação entre o valor que foi ganho (ou perdido) e o investimento realizado.

Uma maneira bem prática e rápida de verificar o retorno do investimento na frota é justamente usando os KPIs. Para calcular a quantidade de combustível que está sendo poupada depois de um investimento (seja para a renovação da frota ou para o treinamento de condutores), você pode usar os KPIs para verificar qual é a alíquota de retorno e em quanto tempo o valor investido será recuperado.

Como você pode ver, o KPI é a ferramenta mais eficiente que os gestores podem usar para medir, analisar e monitorar qualquer operação. Além disso, tais indicadores são importantes aliados no processo de tomada de decisões e na elaboração de planos de ação. Então o que ainda está esperando para aplicá-los no seu dia a dia?

Agora que você já sabe que os KPIs de gestão de frota são soluções praticamente obrigatórias para o sucesso da sua empresa, comente aqui e nos conte: você já teve alguma experiência com tais indicadores? Compartilhe sua opinião e participe!

 

Use seu imóvel para tirar seus planos da gaveta

Comentários