lance-1

Lance facilitado: como funciona essa modalidade no consórcio? Entenda

Janeiro 2019

2 minutos de leitura

Compartilhe
Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo WhatsApp

Você já sabe que o consórcio é a maneira mais fácil e acessível para quem está querendo adquirir um bem de grande valor mas não dispõe de toda a quantia necessária em mãos, certo? Além de poder ser contemplado por meio dos sorteios, o participante tem a possibilidade de oferecer lances para conquistar aquilo que deseja.

Essa é a opção ideal para quem quer obter a sua carta de crédito de maneira rápida, sem precisar contar apenas com a sorte. E para quem quer uma mãozinha no processo, existe o lance facilitado. Entenda neste post como funciona!

O que é o lance facilitado?

A oferta convencional de lances é vista como uma opção distante para muitos consorciados, já que é preciso ter disponível uma quantia significativa para ter chances de conseguir o arremate. Para essas pessoas, a solução é o lance facilitado, que permite ao consorciado oferecer um lance mesmo sem ter efetivamente o dinheiro em mãos.

Vamos conhecer melhor as opções de lance facilitado que a Rodobens disponibiliza aos consorciados.

Lance embutido

Nessa modalidade, é possível utilizar parte do valor da própria carta de crédito contratada como oferta. A administradora abate esse percentual utilizado como lance embutido da quantia que será disponibilizada ao consorciado contemplado.

Caso a proposta não seja a vencedora na assembleia de contemplação, o valor da carta de crédito permanecerá inalterado, permitindo que o lance seja oferecido no próximo mês. É possível aproveitar essa oportunidade tanto nos lances livres quanto nos lances fixos. Basta apenas observar há um limite de 30% do valor total, do qual é descontado o valor ofertado no lance embutido.

Um exemplo prático: quem contrata uma carta de crédito de R$ 60 mil pode utilizar até R$ 18 mil como lance embutido, e recebe R$ 48 mil para utilizar nos seus planos. Além disso, é possível complementar o valor com recursos próprios, aumentando ainda mais as chances de ser contemplado.

Lance com FGTS

Quem participa de um consórcio de imóveis ainda tem a opção de utilizar os seus recursos do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) para compor o seu lance. O consorciado consegue usar até 100% do seu saldo sem que haja nenhum tipo de desconto sobre o valor do crédito contratado inicialmente.

Para aproveitar essa oportunidade, basta que o consorciado apresente à administradora seu extrato de FGTS, que pode ser obtido junto à Caixa Econômica Federal. Se o negócio for aprovado, os recursos depositados são transferidos diretamente para o vendedor do imóvel e o consorciado recebe a carta de crédito valendo o restante da quantia total.

Imagine que você tenha contratado uma carta de crédito no valor de R$ 300 mil para a compra de um imóvel. Você decide utilizar R$ 30 mil de seus recursos do FGTS com lance para agilizar sua contemplação. Então, essa quantia já é utilizada como parte do pagamento ao vendedor e você recebe o crédito da administradora de R$ 270 mil, podendo usufruir integralmente do valor que contratou.

O lance facilitado vale a pena?

Existem muitas pessoas que podem fazer um bom negócio ao optar pelo lance facilitado. Aqueles que querem ter a carta de crédito disponível rapidamente e não precisam do valor integral conseguem escolher o lance embutido e adquirir aquilo que desejam com o restante.

O negócio é ainda melhor para quem dispõe de recursos em contas do FGTS, já que esses valores podem ser utilizados apenas em poucas situações previstas em lei — e a compra de imóveis é uma delas.

Mas lembre-se: é necessário estar com o pagamento das parcelas em dia para poder oferecer um lance facilitado em consórcio!

Se você quer aproveitar a oportunidade de oferecer o lance facilitado, não perca tempo. Entre em contato conosco e descubra como conquistar rapidamente os seus objetivos!

 

Comentários