manutencao-de-pneus-qual-a-importancia-e-quando-deve-ser-feita

Manutenção de pneus: qual a importância e quando deve ser feita?

maio 2018

2 minutos de leitura

Compartilhe
Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo WhatsApp

Boa parte dos motoristas não dá muita importância para a manutenção de pneus. Mas sabia que esse é um dos cuidados rotineiros que mais pode poupar o veículo de desgastes? Costumeiramente, as pessoas deixam para fazer essa manutenção antes de viagens mais longas, deixando os cuidados rotineiros com os pneus de lado. Nesse cenário, outras partes do carro acabam pagando o preço.

Quer entender sobre a importância da manutenção de pneus, sabendo quando exatamente ela deve ser feita para não prejudicar outras peças? Então chegou ao post certo. Confira os tópicos que preparamos a seguir e se torne um expert no assunto!

Qual a importância da manutenção de pneus?

Por serem as peças do veículo que entram em contato direto com o solo, os pneus recebem os maiores impactos e sofrem muitos desgastes com o uso ao longo do tempo. Aí não tem jeito: as condições dos pneus acabam influenciando o desempenho e a vida útil de outras peças, como a suspensão, a tração e os freios. Até o consumo de combustível sofre alterações!

O problema é que poucos motoristas percebem que, tendo alguns cuidados simples com a manutenção de pneus, é possível não só prolongar seu uso como minimizar o desgaste de outras peças, garantindo assim conforto e segurança por muito mais tempo.

Quando é preciso trocar os pneus?

Não existe uma conta exata de quanto tempo ou quantos quilômetros podem durar os pneus. O fato é que a manutenção de rotina aumenta sua durabilidade. Sem falar que os próprios pneus dão sinais claros de que está na hora de realizar a troca!

O primeiro sinal de que está na hora de comprar pneus novos é quando as barras indicadoras de desgaste (TWI), presentes entre os sulcos da borracha, chegam ao mesmo nível da banda de rodagem. É o tal pneu careca, sabe? Quando os pneus chegam a essa condição, continuar rodando com eles é um grande risco.

Lembrando ainda que a aparição de pequenos arames, que surgem justamente com o desgaste da borracha, bem como a aparição de bolhas nos pneus também são sinais de alerta, indicando que a troca deve ser feita o quanto antes.

Que cuidados tomar com os pneus no dia a dia?

O primeiro cuidado que deve entrar para sua listinha de afazeres quinzenais é a calibragem. Depois, podemos dizer que o mais importante é fazer o balanceamento, o alinhamento e o rodízio de pneus a cada 5 mil quilômetros rodados. É sempre importante levantar o carro para avaliar os pneus, pois assim é possível checar a parte interna, onde geralmente se concentram os maiores danos.

Vale lembrar que o cuidado (ou a falta de cuidado) com outras peças do veículo, como suspensão, amortecedores, freios e rolamentos, também influencia diretamente no desgaste dos pneus, ok? Portanto, nada de fixar a atenção em um ponto e se esquecer dos outros!

Por fim, saiba: o ideal é, quando necessário, trocar os 4 pneus juntos, de uma só vez. Caso contrário, comprando apenas 1 ou 2, o barato pode acabar saindo caro. Isso porque, trocando apenas alguns, você bagunça o balanceamento e o alinhamento do carro, o que gera desgastes com muito mais rapidez.

Se você conhece outras dicas ou ainda ficou com alguma dúvida sobre a manutenção de pneus, deixe seu comentário aqui! Participe!

 
 

Comentários