As 7 medidas de segurança mais importantes para sua casa

Outubro 2017

3 minutos de leitura

Compartilhe
Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo WhatsApp

 

É fato: a criminalidade é uma preocupação constante na vida da maioria dos brasileiros. E essa apreensão é relativa não apenas à proteção do patrimônio em si, mas ao próprio bem-estar da família! Muitas vezes, a impressão que dá é que precisamos dormir com um olho aberto e outro fechado, não é mesmo?

Se você também tem se preocupado bastante com isso, chegou ao post certo. Continue acompanhando para conhecer 7 medidas de segurança para você aplicar na sua rotina!

1. Invista nos dispositivos certos

Essa é uma dica básica, mas que muita gente ainda considera supérflua. É isso mesmo! O detalhe é que, por mais que muitas pessoas pensem que esse é um gasto desnecessário, os dispositivos de segurança ajudam bastante a desencorajar potenciais invasores. Afinal, entre uma casa com cerca elétrica ou sistema de segurança e outra completamente desprotegida, a escolha dos infratores fica fácil.

O segredo está em decidir pelo que for mais adequado para sua casa e para o seu orçamento. Você pode optar por soluções como:

  • cerca eletrificada;
  • alarme sonoro de perímetro;
  • câmeras de segurança;
  • ronda profissional na vizinhança;
  • sensores luminosos de presença.

2. Tenha cuidado ao contratar profissionais

Sempre que precisar de alguém para fazer reformas ou prestar serviços dentro da sua casa, pesquise as referências com muito cuidado! Lembre-se de que essa pessoa vai entrar no seu imóvel, conhecendo o acesso e mapeando o que existe de valioso por ali. De preferência, contrate empresas renomadas, profissionais com CPNJ ou pessoas que já conhece há mais tempo.

3. Mantenha contato com vizinhos

Pode ter certeza: vizinhança unida evita assaltos. Você já reparou que determinadas ruas têm placas alertando sobre isso? Geralmente, os moradores montam grupos de WhatsApp para compartilhar informações e se comunicar, avisando quando notam estranhos rondando perto das casas ou percebem alguma outra situação de perigo. Organize-se com seus vizinhos! Essa é uma medida de segurança fácil, sem custos e muito útil!

4. Troque cadeados por travas de segurança

Você ainda confia o bem-estar da sua família a cadeados? Pois saiba: eles são muito fáceis de danificar. Invasores experientes conseguem burlar essa segurança em um piscar de olhos. Além disso, os cadeados podem dar uma dica muito importante aos criminosos: de que não tem ninguém em casa. Já pensou se você faz uma viagem mais longa e deixa sua casa por vários dias com um cadeado no portão? O melhor é trocar esse sistema por travas do modelo tetra, que, apesar de não serem 100% invioláveis, são bem mais seguras.

5. Instale um portão eletrônico

Quando você chega de madrugada em casa tem que descer do carro para abrir o portão, guardar o veículo e, depois, fechar tudo? O tempo que você perde nesse processo deixa a casa ainda mais vulnerável a invasões! Instalar um portão eletrônico diminui significativamente esse período, minimizando os riscos de alguém mal-intencionado agir.

6. Procure sempre dar uma voltinha no quarteirão

Antes de efetivamente entrar em casa, passe direto e observe as redondezas. Se perceber alguma movimentação suspeita ou gente desconhecida rondando sem razão aparente, vá para um lugar seguro e contate os vizinhos. Você pode esperar um tempo para voltar ou, se for o caso, entrar em contato com o profissional da ronda para acompanhá-lo.

7. Contrate um seguro residencial

Mesmo tomando todas essas medidas, você precisa entender que sempre haverá um certo grau de risco, por menor que seja. O ideal, portanto, é buscar uma boa companhia de seguros! Confira as coberturas e escolha uma que conte com assistência 24 horas. Assim você garante o devido atendimento no caso de situações de perigo ou mesmo ao precisar de um chaveiro ou de serviços elétricos e hidráulicos.

Tomando essa precaução, você consegue unir o útil ao agradável: não arca com prejuízos caso sofra roubos, incêndios ou até uma explosão (dependendo do que estiver coberto) e ainda tem ajuda confiável sempre que precisar!

É certo: tomar esse tipo de medida de segurança vai minimizar os riscos à sua família e à sua residência. Nesse contexto, você conseguirá dormir tranquilo! Por fim, se quer entender melhor como funciona o seguro residencial, confira este post especial!

 

 

Comentários