melhorar a vida financeira

O que devo mudar nos meus hábitos para melhorar minha vida financeira?

março 2019

2 minutos de leitura

Compartilhe
Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo WhatsApp

Se você olha para o calendário e vê que os dias passam mais devagar do que a velocidade com que o dinheiro sai do seu bolso, não se assuste: sua realidade não é muito diferente da maioria das pessoas, que fazem malabarismos para que o salário dure até o próximo pagamento.

No entanto, essa situação torna mais fácil a contração de dívidas e dificulta o alcance de metas pessoais. Por isso, ainda que seja difícil, mudar de hábito é importante. Acompanhe nossas dicas para melhorar a vida financeira e conseguir lidar bem com o dinheiro!

CTA_Quer-saber-como-ter-equilíbrio-na-sua-vida-pessoal-e-financeira

Use dinheiro vivo no dia a dia

Em um primeiro momento, essa dica parece não fazer muito sentido, já que quase sempre o valor pago por um produto utilizando cartões e dinheiro é o mesmo.

No entanto, o efeito psicológico de ver o dinheiro saindo do bolso sempre que for fazer uma compra pode trazer ótimos resultados. Ver as notas indo embora aumenta a percepção de cada despesa, não importa o valor dela e por qual razão tenha sido feita. Além disso, em alguns casos, com o dinheiro na mão é possível pechinchar e obter algum desconto na hora de pagar.

Compare sempre antes de comprar

Seja nas compras de rotina, seja para aquele produto que você está desejando há muito tempo, nunca adquira nada sem antes comparar preços. E não é preciso perder tanto tempo com isso. Com a internet, por meio de poucos cliques, é possível ter acesso a diversas ofertas, encontrar a melhor condição de compra e reduzir os gastos.

Anote tudo

Boa parte do salário vai embora com gastos pequenos, que simplesmente não percebemos. A melhor maneira de mudar isso é fazer um controle rígido de tudo o que entra e sai do seu bolso.

Por isso, anote todas as suas receitas e despesas ao longo do mês, incluindo as aparentemente inofensivas. Para isso, utilize uma planilha eletrônica, papel e caneta ou mesmo um aplicativo para smartphone.

Com todas as informações anotadas, fica mais simples identificar quais itens estão levando seu dinheiro mais rápido e, a partir disso, tomar atitudes para eliminar ou pelo menos reduzir esses gastos.

Evite parcelamentos

Apesar de parecerem práticos, os parcelamentos podem se transformar em uma grande armadilha. Atrás das parcelas, costumam se esconder pequenas taxas de juros e longos prazos de pagamento. Além disso, ao acumular muitos parcelamentos, seu orçamento pode ficar comprometido por eles. Só recorra a essa forma quando for inevitável. Nos outros casos, opte sempre pelo pagamento à vista.

Tenha uma reserva financeira

Manter uma reserva financeira é outro hábito muito saudável. O dinheiro acumulado é bastante útil em situações de emergência ou caso haja uma redução na renda habitual.

Para formar essa reserva, separe uma parte do salário todo mês, mesmo que pequena. Deposite os valores em um investimento para protegê-los da inflação e só faça o saque em caso de necessidade.

Todo esforço empregado na mudança de hábitos para melhorar a vida financeira será recompensado por uma relação melhor com o dinheiro e com uma rotina mais tranquila. Então, concentre-se nisso.

Quer saber mais sobre o assunto? Veja as dicas do nosso post sobre como controlar seus gastos!

Comentários