Um desejo frequente de todo início de ano é ter uma condição financeira melhor. Além de garantir tranquilidade, mais dinheiro também possibilita a realização de sonhos, como uma casa própria, um carro novo ou mesmo aquela viagem tão esperada. Para alcançar tudo isso, é importante manter um planejamento financeiro e, com as contas do dia a dia em ordem, procurar sempre os melhores investimentos para fazer o dinheiro render.

    Pensando nisso, selecionamos as 5 formas mais interessantes para aplicar seu dinheiro em 2018, considerando a rentabilidade e os riscos de cada uma das modalidades.

    1. Tesouro Direto

    Cada vez mais popular entre os brasileiros, mesmo entre aqueles que investem pequenos valores e ainda estão começando, o Tesouro Direto continua sendo uma excelente opção, mesmo com a queda da SELIC, a taxa básica de juros da economia, que terminou 2017 em 7%, a menor desde 1986.

    De maneira bem simples, o Tesouro Direto é uma forma de o Governo “pegar dinheiro emprestado” por meio da emissão de títulos. Quem compra um título desse tipo, está cedendo um determinado valor ao Governo, que será devolvido após um tempo preestabelecido, acrescido de juros.

    No momento, para tirar o maior proveito desse investimento, a dica é escolher títulos atrelados à inflação ou à SELIC, que oferecem proteção contra variações nessas taxas e rentabilidade real.

    2. CDBs

    Assim como o Governo, os bancos também precisam de dinheiro emprestado para financiar suas operações de crédito e fazem isso emitindo os Certificados de Depósito Bancário, os CDBs. Disponíveis em diversos valores, são também uma boa opção mesmo para quem não tem muito dinheiro disponível para investir.

    A rentabilidade desses títulos é baseada na taxa CDI (Certificado de Depósito Interbancário) que varia de maneira muito similar à SELIC. O conselho para buscar ganhos maiores nessa modalidade é procurar bancos menores, que costumam oferecer taxas mais atrativas.

    3. LCIs e LCAs

    As Letras de Crédito Imobiliário (LCIs) e as Letras de Crédito Agrícola (LCAs) são títulos emitidos para o financiamento do mercado imobiliário ou do agronegócio. Para quem investe, não há muita diferença entre as duas opções.

    Os rendimentos dessas aplicações costumam ser menores que os do Tesouro Direito. Contudo, as LCIs e LCAs são isentas de imposto de renda, o que as tornam interessantes, dependendo do valor da CDI.

    4. Fundos de investimentos

    As três aplicações mencionadas anteriormente são consideradas de baixo risco e oferecem muita segurança para o investidor. Quem busca rendimentos maiores e está disposto a correr um pouco mais de risco, precisa ficar de olho nos fundos de investimento.

    Fundos são investimentos coletivos de pessoas se unem para investir em determinado mercado, como o imobiliário ou de ações (caso dos ETFs, por exemplo). É preciso se informar sobre as condições para integrar o fundo, que geralmente exige valores elevados, e costuma cobrar taxas de corretagem.

    5. Ações

    Já quem tem mais sangue frio, uma quantidade maior de dinheiro e mais tempo para investir, pode considerar as ações na bolsa de valores. Elas são a menor parte do capital de uma empresa e, ao comprá-las, você adquire o direito de receber uma parte dos lucros daquela companhia.

    São altamente voláteis, o que significa que os rendimentos podem subir e descer em um período muito curto, fazendo com que os donos das ações precisem ficar sempre atentos às oscilações do mercado.

    Para investir em ações é preciso se cadastrar em uma corretora. Empresas do ramo de infraestrutura, alimentação, educação e varejo podem oferecer bons ganhos em 2018, com a expectativa de uma retomada da economia brasileira.

    A melhor maneira de decidir onde pôr seus recursos é analisando seu perfil de investidor: pense em quais riscos está disposto a correr, quanto tempo o dinheiro poderá ficar investido e qual será seu uso no futuro. Dessa forma, fica mais fácil escolher os melhores investimentos para você nesse ano que está começando.

    Gostou das dicas? Compartilhe com seus amigos nas redes sociais!