como-identificar-o-momento-certo-para-comprar-dolar

Como identificar o momento certo para comprar dólar?

maio 2018

4 minutos de leitura

Compartilhe
Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo WhatsApp

Seja para fazer uma viagem ao exterior ou mesmo para investir, quem quer ou precisa comprar dólar costuma sofrer um pouco com as frequentes oscilações do preço da moeda. Muitas vezes, é até difícil entender os motivos que levam a essas variações, não é verdade? E é claro que, nesse contexto, fica bem complicado saber a hora certa de fechar negócio.

Você por acaso já passou por essa situação ou está com essa dúvida agora? Então acompanhe as dicas que preparamos para este post e descubra qual é a hora certa para comprar dólar!

Quais fatores impactam na cotação do dólar?

Quando mencionamos a cotação do dólar, estamos nos referindo à quantidade de moeda nacional necessária para adquirir o equivalente a um dólar. Quando buscamos informações sobre a cotação, ela normalmente aparece em três versões: comercial, turismo e paralelo.

O dólar comercial é utilizado pelos governos e por grandes empresas, e é adotado como referência para exportações e importações. Por isso, é a informação com mais destaque na mídia.

Já o dólar turismo é o que deve ser observado por quem vai viajar. O preço é quase sempre maior. Isso acontece devido às taxas cobradas pelas casas de câmbio. A sua cotação é empregada no cálculo da troca de dinheiro por espécie, no preço de passagens, reservas de hospedagens e nas compras no cartão feitas durante a viagem. 

Por fim, temos o dólar paralelo, cuja cotação é utilizada apenas em compras e vendas feitas fora de estabelecimentos oficiais.

Assim como qualquer outra mercadoria, a cotação do dólar é determinada pela conhecida regra da oferta e da demanda. Ou seja, quanto mais pessoas estiverem interessadas em adquirir a moeda, maior tende a ser o seu preço. Apesar disso, o governo pode agir em casos extremos para, pelo menos, tentar controlar o preço e evitar impactos na economia como um todo.

Além dos fatores econômicos, o dólar sofre influência das questões políticas. Basta um momento de instabilidade na política nacional ou internacional para que o preço da moeda varie bruscamente. Isso torna muito difícil acertar em cheio a hora de comprar dólar, mas não significa que não existem meios para economizar.

Como saber qual é o momento certo de comprar dólar?

A melhor maneira de gastar menos e manter seus gastos com dólar dentro do orçamento é combinar de forma inteligente as dicas que vamos apresentar a seguir. Elas englobam estratégias para diluir o peso das variações da cotação ao longo do tempo e tentar evitar o impacto de subidas repentinas. Veja!

Planeje quando precisará da moeda e qual é a quantia necessária

O primeiro passo para conseguir gastar menos na hora de comprar dólar é elaborar um planejamento baseado em 2 fatores: quando você precisará do dinheiro e qual é o valor necessário. Isso é importante porque pode ser arriscado deixar tudo para a última hora. Já imaginou se a cotação sobe muito?

Esse planejamento envolve uma média diária de quanto será necessário para se manter no país de destino. Considere também um adicional para compras extras ou situações de emergência. Lembre-se de que existe também a opção de utilizar um cartão de crédito ou pré-pago durante a viagem, mas essas formas de pagamento costumam ser tributadas de maneira diferente.

Confira o histórico da cotação

Paralelamente ao planejamento, pesquise sobre a cotação do dólar nos últimos meses. Como a oscilação é grande, nada de basear seus cálculos nesses preços, ok? Essa pesquisa deve servir apenas para acompanhar as tendências de alta ou de queda no preço da moeda.

Fique atento ao calendário e ao noticiário político

Atente para notícias políticas e econômicas enquanto estiver procurando pela melhor hora de comprar.

A cotação é muito sensível a novidades nessas áreas. Por isso, certas notícias têm a capacidade de fazer o preço subir ou descer rapidamente. Durante o período de observação, não foque apenas no Brasil, porque o que acontece no restante do mundo também é importante.

Entre os eventos que mais costumam impactar o preço da moeda estrangeira, estão eleições, votações de pautas econômicas no Congresso, declarações de pessoas importantes do governo, alterações nas taxas de juros e o anúncio de novas medidas na economia.

Procure comprar aos poucos

O ideal é começar a comprar dólar o quanto antes, para que isso possa ser feito aos poucos. Essa é uma excelente estratégia, pois permite que a compra seja feita por uma espécie de preço médio, fugindo de aumentos bruscos. Então, que tal dividir ao longo dos meses a quantia que precisa ser comprada?

Digamos que você precise comprar US$ 3 mil para daqui a 6 meses. Nesse caso, uma boa pedida é comprar US$ 500 todo mês. Ao observar o histórico da cotação, você provavelmente perceberá que, em determinados momentos do mês, o preço fica mais baixo. Aproveite essas oportunidades para pagar menos!

Pesquise entre diferentes casas de câmbio

Mesmo na hora de efetivamente comprar sua cota de dólar, não deixe de pesquisar, porque as casas de câmbio costumam praticar preços variados. Em geral, a diferença entre elas vai além da cotação, uma vez que muitas oferecem serviços extras, cobrando a mais por isso — como venda pela internet e entrega na casa do cliente.

Compare e compre online

Além de mais cômoda, a compra pela internet traz algumas outras vantagens. Alguns sites agregam a cotação de diversas casas de câmbio e permitem ao cliente fazer a compra em poucos cliques. A entrega pode ser feita tanto em dinheiro vivo quanto por cartões pré-pagos.

Troque no país de origem

Na maioria dos casos, é mais barato trocar a moeda no país de origem. Dependendo do destino, o preço pode estar muito maior. Além disso, em alguns países é complicado encontrar casas de câmbio que aceitem a troca em reais. Portanto, partir com o dinheiro trocado previne transtornos.

Diante de tantas variáveis, pode parecer difícil encontrar a hora certa de comprar dólar. Mas com um planejamento cuidadoso e uma dose de paciência, é mais que possível conseguir a quantia necessária por um bom preço! Pronto para fazer o teste?

Se você conhece mais alguém que gostaria de saber qual é a hora certa de comprar dólar, que tal compartilhar este post em suas redes sociais?

Comentários