O que é cheque caução? Ele ainda é usado?

Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo WhatsApp

Você sabe o que é cheque caução? Se você nasceu depois da década de 1990, talvez não. Ele que já teve seus dias de glória no passado, com o tempo foi caindo em desuso graças à variedade de alternativas de crédito que temos atualmente.

Contudo, muitos desses produtos financeiros têm certos custos que as pessoas não estão tão dispostas a pagar. Por esse motivo, o cheque caução ainda é uma estratégia utilizada em algumas situações.

Neste artigo, mostraremos um pouco mais sobre o conceito do que é caução. Além disso, indicaremos formas de usá-lo como garantia, entre outros pontos importantes sobre o assunto. Continue lendo!

O que é cheque caução?

O termo “cheque caução” vem de “calço”. Basicamente, seria uma forma de garantir para alguma pessoa o pagamento de determinado valor.

Um exemplo é o caso de estudantes que precisam mudar de cidade para cursar a faculdade e passam a morar sozinhos. Na hora de alugar uma casa, apartamento ou mesmo um cômodo, o locatário pode exigir alguns cheques cauções como garantia de pagamento de meses posteriores. Assim, se o estudante resolver mudar de ideia e cancelar o aluguel, o locatário tem alguns meses como garantia para se planejar e encontrar outro inquilino ou mesmo reparar possíveis danos causados pelo período de estadia.

Geralmente, há um valor e uma data preestabelecida no cheque caução. No dia determinado, o detentor tem o direito de ir até a uma agência bancária e descontar o documento, presencialmente ou por meio de depósito em caixa eletrônico.

Ele serve de garantia?

De certa forma, o cheque caução pode ser utilizado como uma garantia. Ele proporciona certo nível de segurança para ambos os lados. Afinal, caso o emissor do documento não consiga cobrir o saldo, ele pode ter muitos transtornos.

Em alguns casos, é necessário pegar o cheque em mãos para conseguir efetuar a baixa bancária e remover o seu CPF dos órgãos de proteção ao crédito. Graças a esse tipo de amarração, o caução se torna, sim, um bom instrumento de garantia.

O cheque caução ainda pode ser utilizado?

O cheque caução pode ser perfeitamente usado como estratégia, ou seja, ele não é ilegal. A grande desvantagem é que não existe uma lei que regulamente essa prática.

Acontece que um cheque significa uma ordem de pagamento à vista. Logo, independentemente da data em que ele foi emitido e o combinado feito entre as partes, o detentor do documento ainda pode depositá-lo. Além disso, existe o risco de não existirem fundos na conta para cobrir o cheque, o que geraria mais transtornos às partes.

Quais outras alternativas de garantia existem atualmente?

Por esses motivos, existem outros tipos de garantia que podem ser exigidos em determinados contratos. Os mais comuns são:

  • fiança;
  • hipoteca;
  • apresentação de avalistas;
  • apólice de seguro garantia.

O mais importante nesse aspecto é saber escolher o tipo de garantia que melhor se adapta às suas necessidades. Selecione pela modalidade que proporciona o maior nível de segurança e que não prejudique a negociação.

Agora que você sabe o que é cheque caução e como ele pode ser usado, terá mais uma alternativa na hora de conceder ou exigir algum tipo de garantia. Além disso, poderá optar por outras modalidades que mencionamos aqui, sempre observando suas necessidades e as possibilidades da outra parte.

Gostou das dicas deste artigo? Quer ler mais sobre o assunto? Então, confira todos os nossos conteúdos sobre educação financeira!

Quer receber mais conteúdos como esses por email?

Cadastre-se para receber nossos conteúdos por email e tenha informações em primeira mão:

Use seu imóvel para tirar seus planos da gaveta

Comentários