208586-onde-comprar-carros-multimarcas-ou-concessionaria

Onde comprar carros: multimarcas ou concessionária?

Junho 2018

2 minutos de leitura

Compartilhe
Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo WhatsApp

A compra de um carro, seja ele novo ou usado, costuma ser um momento de muita importância para a vida de qualquer pessoa. Exatamente por isso, é bom tomar certos cuidados para evitar arrependimentos no futuro. Nesse contexto, uma dúvida recorrente diz respeito ao local ideal para a aquisição do veículo: será que é melhor comprar o carro em uma revendedora multimarcas ou concessionária? A resposta para essa pergunta é: depende.

Como são vários os fatores envolvidos, o primeiro passo é conhecer as diferenças entre essas 2 opções. Pensando nisso, vamos explicar no post de hoje como as concessionárias e as revendedoras multimarcas funcionam, ressaltando suas características e peculiaridades. Também daremos dicas para você decidir qual é a melhor opção para seu caso. Acompanhe!

Concessionária

As concessionárias nada mais são que as lojas oficiais das montadoras de automóveis. Já reparou como, quando você vai a uma concessionária, normalmente só encontra veículos de uma mesma marca? Uma concessionária Toyota, por exemplo, só comercializa carros da Toyota.

Vale ressaltar que esses estabelecimentos não servem somente para quem quer comprar, ok? Se você já tem um modelo da montadora e está mais perto da revenda, pode resolver quaisquer problemas com o carro por lá mesmo. A grande vantagem é que eles já conhecem o veículo e são especialistas naquela marca.

Multimarcas

Como o próprio nome já diz, as revendedoras multimarcas vendem veículos de diferentes montadoras. De um lado, isso significa que o estabelecimento não é especialista em uma marca específica. Sendo assim, pode ser que eles tenham menos modelos de cada montadora. Por outro lado, no entanto, as revendedoras multimarcas podem oferecer uma variedade maior de opções — o que também vai depender do tamanho da loja.

Um dado interessante é que, segundo a Associação dos Revendedores de Veículos Automotores no Estado de São Paulo (Assovesp), 98% dos carros vendidos nas multimarcas são de convênios com as próprias concessionárias. Traduzindo: os veículos pertencem às concessionárias e estão expostos nas lojas. Nesse caso, a revenda é intermediadora.

Comparação

Em ambos os casos, seja na concessionária ou na loja multimarcas, o preço será quase sempre o mesmo, assim como a garantia, já que é de fábrica e não da loja. Assim, os principais pontos que podem ser considerados na escolha são:

  • disponibilidade do veículo desejado;
  • qualidade do atendimento;
  • preço, condição de pagamento e possíveis descontos;
  • necessidade de atendimentos futuros — algumas concessionárias dão, por exemplo, uma revisão grátis após o primeiro ano.

Escolha

Está achando difícil se decidir entre uma opção e outra? Confira nossas dicas!

Não se sinta pressionado

É natural que os vendedores tentem convencê-lo a fechar negócio o quanto antes. Mas nada de se deixar levar, viu? Não tome decisões sob pressão. Com calma, faça um test drive, estude as possibilidades e, se achar que deve, volte mais tarde.

Fuja do financiamento

Ao contrário do que pode parecer, os financiamentos que os lojistas oferecem costumam ser bem onerosos, com altíssimas taxas de juros, o que multiplica o valor total pago. Que tal fugir disso optando por um consórcio?

Evite as grandes ofertas

Algumas campanhas publicitárias podem dar a entender que você tem uma oportunidade única em mãos, do tipo pegar ou largar. O que acontece é que, na prática, essas ofertas nem sempre são as melhores para você! Na dúvida, pesquise mais e compare os preços com outras lojas, combinado?

Por fim, agora que você já sabe avaliar direitinho se é melhor escolher uma revendedora multimarcas ou concessionária, não pare por aqui. Aproveite para aprender também se vale mais a pena comprar um carro seminovo ou um zero quilômetro!

Comentários