Você sabia que a depender do seu perfil no seguro auto os preços podem ficar mais altos ou mais baixos? As empresas fazem uma análise bem minuciosa para definir o valor a ser pago. A avaliação é feita de acordo com uma série de critérios preestabelecidos válidos para praticamente todas as companhias, com poucas variações.

    Neste artigo, você vai descobrir quais são as 6 características no perfil do segurado que barateiam a prestação do serviço. Confira agora mesmo e veja em quais delas você se enquadra.

    1. Idade do motorista

    As seguradoras entendem que quanto mais experiência você tiver ao volante, menores são os riscos de se envolver em um acidente e maior a responsabilidade no cuidado com o veículo. Por isso, os motoristas com mais de 25 anos de idade são favorecidos com preços mais baixos na contratação do seguro.

    O tempo de habilitação também entra nessa conta e vale para quem tem a carteira de motorista há mais de cinco anos. Por fim, não basta ser mais velho, pois se uma pessoa com idade entre 18 e 25 viver com você, isso também pode ser considerado no perfil no seguro auto e encarecer a contratação.

    2. Vaga de garagem e alarme

    Nesse caso, os motivos são claros: quanto mais você puder evitar o roubo do seu carro, maiores serão as chances de baratear o custo com o seguro. Assim, se tiver garagem fechada, tanto em casa quanto no trabalho, e alarme no veículo, melhor para o seu bolso.

    3. Histórico de sinistros

    Quando você já é cliente de uma seguradora, seu histórico será avaliado anualmente na hora de refazer o contrato e determinar o preço a ser pago pelo serviço. Por isso, se constar na sua análise que não houve ocorrência de sinistros no período anterior, você pode receber descontos ou bonificações. Essa regra vale para roubos, furtos e acidentes.

    4. Condutora mulher e casada

    A maioria das seguradoras entende que as mulheres costumam ter mais cuidado no trânsito em comparação com os homens. No caso das casadas, os descontos no preço do seguro podem ser ainda maiores.

    Isso porque as empresas pesquisam as estatísticas e, diante delas, percebem que os homens têm mais propensão a se envolver em acidentes.

    5. Veículo menos visado

    Os ladrões costumam ter modelos e marcas de carros preferidos na hora de realizar os assaltos ou furtos. Por isso, as seguradoras analisam continuamente essas estatísticas para apoiar a decisão sobre o preço do serviço. Isso não significa que os carros mais caros pagam mais: o que vale, nessa análise, são aqueles alvo da ação de bandidos.

    Outra situação avaliada pelas companhias de seguro é se você tem um carro esportivo. Muitas vezes, os motoristas desses modelos são considerados mais aventureiros ou identificados como quem gosta de dirigir em alta velocidade, o que eleva o preço do seguro.

    6. Áreas de risco

    Para terminar, as empresas costumam incluir no perfil do seguro auto a informação sobre a região onde você mora ou trabalha. Isso significa que se o endereço residencial ou o trabalho está em áreas onde há mais risco de assaltos ou situações violentas, o preço do serviço poderá ser maior.

    A análise do perfil no seguro auto é fundamental para que as seguradoras possam fazer a cobrança de acordo com as condições em que o veículo circulará. É importante ter, no momento da cotação, todas as informações necessárias para fechar o contrato.

    Se você gostou deste artigo, siga as nossas páginas no Facebook, no YouTube, no LinkedIn, no Instagram e no Twitter e veja mais conteúdo como este!