planejamento de renovação de frota

Como fazer o planejamento de renovação de frota sem impactar o caixa?

Outubro 2020

2 minutos de leitura

Compartilhe
Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo WhatsApp

Como todos sabemos, a pandemia provocou um impacto generalizado sobre o mercado. No setor de transportes, isso foi percebido com o aumento da competitividade, já que, temporariamente, houve uma queda considerável na oferta de novos serviços. 

É por isso que muitos dos nossos leitores estão considerando a renovação de frota. Assim, é possível aumentar sua evidência no mercado, oferecendo veículos mais novos, seguros e econômicos para a realização de contratos. Agora, saiba como fazer isso de maneira responsável e inteligente!

A importância do planejamento de renovação de frota

Sob o ponto de vista da gestão de frotas, a atualização do lineup de veículos serve para aumentar a produtividade e a eficiência operacional. Especialmente agora, caminhões novos são mais bem-vistos pelos contratantes, pois, em plena retomada econômica, não há muita margem para erros.

Por isso, os embarcadores estão priorizando frotas mais modernas, devido à maior probabilidade de sucesso na operação de transporte. No fim das contas, o principal motivo por trás desse investimento é colher os retornos financeiros da decisão.

Antes de partir para a compra, você deve realizar um bom planejamento, avaliando todas as opções disponíveis no mercado e considerando diferentes modalidades, como financiamento e consórcio. Assim, você promove a renovação da frota e preserva a saúde financeira do seu negócio.

Os fatores a considerar na renovação da frota

Mas digamos que você já passou da etapa anterior e está pronto para começar a renovação da sua frota. Sendo assim, chega o momento de conhecer os principais critérios para ajudar na tomada de decisão:

  • segurança — não é todo dia que você renova a sua frota, então, aproveite a oportunidade para considerar modelos que são destaque em segurança ativa e passiva;
  • modelo — também é importante priorizar modelos com bons itens de conforto e conveniência, pois isso melhora a rotina dos motoristas e estimula a produtividade;
  • economia — o combustível está entre os principais custos operacionais de uma frota. Por isso, você deve valorizar os modelos com as melhores médias de consumo no mercado;
  • custo — por fim, lembre-se de que a compra de um veículo para frota não inclui apenas o valor de aquisição, mas também os custos paralelos com seguro, manutenção e afins.

A importância de avaliar consórcios, financiamentos e seguros

Por último, você deve considerar mais três detalhes: as possibilidades de consórcio, o programa de financiamento e a contratação de um seguro. Veja!

Consórcios

Historicamente, o consórcio é uma modalidade respeitada pelo setor de transportes, pois facilita a aquisição de máquinas por oferecer longo prazo, ausência de juros e amplo planejamento. Para avaliar essa possibilidade, basta conferir o nosso portal e simular um plano exclusivo à sua frota! 

Financiamentos

Por outro lado, você pode tentar obter um financiamento com o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento) por meio do FINAME, o programa exclusivo ao Financiamento de Máquinas e Equipamentos. O diferencial dessa modalidade é que ela oferece condições especiais que podem agilizar a renovação.

Seguros

Por fim, também é importante considerar a contratação do seguro frotista. A maior vantagem desse tipo de apólice é que ela não cobre a frota apenas em acidentes, colisões, furtos e roubos, mas também colabora no custeio de procedimentos de manutenção.

No fim das contas, o que realmente importa é promover um bom planejamento pré-compra ao pensar na renovação da frota. Assim, você garante a seleção de bons modelos, considerando o impacto positivo e duradouro que essas máquinas oferecerão à sua equipe no longo prazo.

Agora, que tal aproveitar o momento para agilizar a sua renovação de frota? Entre em contato conosco e entenda como podemos ajudar você nessa jornada! 

Comentários