Preciso de dinheiro: 7 alternativas para conseguir pagar as contas

Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo WhatsApp

Segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios da Covid-19 (Pnad Covid-19), mais de 8% dos brasileiros solicitaram algum tipo de empréstimo durante a pandemia. A maioria fez suas contas e, de repente, se viu diante do seguinte impasse: “preciso de dinheiro”.

Isso é mais comum do que parece. A boa notícia é que existem inúmeras maneiras de fazer uma renda extra para completar o orçamento. Quer saber quais são as principais opções? Confira as nossas dicas!

1. Desapegue de roupas e objetos parados em casa

Para quem está precisando de dinheiro, o primeiro passo é acabar com gastos desnecessários. Mas, aqui, também entram os excessos. Tem um armário repleto de roupas que raramente utiliza? Por que não fazer um bazar com esses itens?

Com a internet, é ainda mais fácil se desapegar dos pertences que não são mais usados no seu dia a dia. Tire algumas fotos caprichadas com o seu celular, defina preços atrativos e consiga um dinheiro sem muito esforço. E o melhor é que não é preciso esperar tanto tempo para ver os resultados, algo muito importante para quem precisa de dinheiro rapidamente.

2. Penhore joias

A penhora é uma prática muito comum (e antiga) para quem precisa de dinheiro. A lógica é muito simples: você deixa uma joia como garantia em uma instituição de confiança e, em troca, recebe uma quantia em dinheiro. O seu bem vai ficar guardado até que o pagamento seja devolvido. Caso opte por não devolver, a joia fica com quem emprestou o valor.

3. Revenda produtos

Outra opção para quem está precisando de dinheiro agora é trabalhar com a revenda de produtos. O primeiro passo para fazer isso é encontrar um mercado que esteja em alta, como o setor de cosméticos, que movimenta mais de 30 bilhões de dólares apenas no Brasil. Aproveitar o aquecimento do segmento pode ser uma maneira de acelerar a entrada de dinheiro para o seu orçamento.

4. Venda alimentos

Marmitas, doces e salgados são itens muito procurados por quem não tem tempo ou conhecimento na cozinha e essa estratégia pode ajudar na busca pela renda extra no seu orçamento. No mais, a margem de lucro costuma ser bem interessante, já que muitos ingredientes são simples de serem encontrados no mercado e o cliente aceita pagar um pouco mais pela comodidade.

5. Trabalhe com corridas de aplicativo

Trabalhar como motorista de aplicativo pode ser uma alternativa viável para aumentar o orçamento mensal. Não é preciso fazer nenhum investimento inicial e a demanda por transporte particular é cada vez maior. Ainda é possível trabalhar com aplicativos de delivery, que também podem ser feitas de bicicleta ou moto.

6. Ofereça trabalhos como freelancer em sua área

Está trabalhando, mas, mesmo assim, precisa de um dinheiro extra? Você pode usar o seu conhecimento para atuar como freelancer. Um professor de História em uma escola, por exemplo, pode dar aulas particulares para alunos de outras instituições nas horas vagas. Sabe falar inglês muito bem? Muita gente precisa de ajuda para aprender um novo idioma.

7. Faça empréstimos em instituições idôneas

Existem vários tipos de empréstimos e é preciso ter muita atenção na hora de assinar um contrato. Para começar, é fundamental contar com uma instituição que tem boa reputação no mercado. Além disso, é importante conhecer mais sobre as ofertas disponíveis, como um empréstimo com garantia de imóvel ou crédito consignado, como a opção oferecida pela Rodobens.

Mesmo quando a situação é mais urgente, existem inúmeros caminhos viáveis. Então, se pensar “preciso de dinheiro”, antes, analise as alternativas, faça as contas e entenda qual é a melhor solução para sua saúde financeira.

Se estiver considerando a alternativa de empréstimo, não deixe de conhecer os serviços da Rodobens. Certamente podemos ajudar você sem comprometer seu futuro!

Quer receber mais conteúdos como esses por email?

Cadastre-se para receber nossos conteúdos por email e tenha informações em primeira mão:

Use seu imóvel para tirar seus planos da gaveta

Comentários