principais-tipos-de-carga-e-as-regras-basicas-para-transportar-cada-um

Os principais tipos de carga e as regras básicas para transportar cada um

Julho 2018

2 minutos de leitura

Compartilhe
Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo WhatsApp

Sem dúvida, o transporte de cargas é um dos grandes motores do desenvolvimento econômico do nosso país. Seja pelas rodovias, ferrovias, pela água ou pelo ar, a atuação do setor logístico é fundamental para garantir a manutenção de diversos serviços.

Nesse cenário, como os tipos de carga a serem transportados são muito variados, é simplesmente indispensável observar alguns cuidados. Que tal entender agora mesmo como deve ser feito o transporte dos principais tipos de carga? Acompanhe!

Carga seca

São consideradas cargas secas aquelas mercadorias não perecíveis, como produtos industrializados, equipamentos eletrônicos, materiais de construção, madeira, ferragens e assim por diante.

Por não demandar grandes cuidados, seu transporte pode ser realizado sob qualquer condição climática e sem necessidade de refrigeração. Tal condição também permite que o serviço seja realizado por diferentes tipos de veículos, desde carretas com baú até veículos de carga urbanos.

Carga frigorífica

Para as cargas que necessitam de refrigeração, são necessários alguns cuidados específicos. No caso dos produtos que viajam congelados, os compartimentos precisam de refrigeração especial, suficiente para manter a temperatura, em média, entre -15ºC e -20ºC.

Quando falamos de produtos perecíveis, por sua vez, como laticínios, carnes, frutas e legumes, a atenção precisa ser ainda maior. Nesse caso, o veículo precisa ser equipado com câmara fria e equipamento de refrigeração. Aqui, o compartimento de carga precisa ser higienizado constantemente e é recomendável evitar longos trajetos para reduzir os riscos de perda de produtos.

Carga líquida

Para acondicionar devidamente cargas líquidas, é necessário que o transporte seja feito em caminhão-cisterna, caminhão-pipa ou carro-tanque. Na falta dessa estrutura, é comum que o líquido seja colocado em barris e tambores.

Em alguns casos, também pode ser necessário que o compartimento de carga tenha refrigeração, a fim de evitar a deterioração do produto.

Carga a granel

Cargas a granel são aquelas transportadas sem nenhum tipo de embalagem, como grãos de soja, de feijão e cereais. A melhor maneira de fazer esse transporte é por meio de caminhões de carroceria aberta, conhecidos como graneleiros.

Se houver a possibilidade de organizar a carga em volumes, a organização pode ser feita com o auxílio de pallets, o que facilita o manuseio do produto.

Cargas vivas

Transportar animais vivos, como cavalos, galinhas e porcos, é um procedimento delicado. Por isso, o motorista deve observar uma série de cuidados.

A carroceria deve ser fechada, mas com entradas de ar para garantir a ventilação. Evitar a superlotação e dirigir com cautela também ajudam a garantir que os animais cheguem ao destino final em segurança e com o menor nível de estresse possível.

Cargas indivisíveis e de grande porte

Quando a carga a ser transportada não pode ser fracionada em partes menores, é necessário tomar cuidado para garantir a segurança da operação, seja no carregamento, no trajeto ou na hora da descarga.

Os veículos usados também precisam ter características apropriadas, como capacidade, dimensões, estrutura e direção condizentes com o volume a ser transportado.

Cargas perigosas

Produtos químicos e inflamáveis podem representar diversos riscos na hora do transporte. Por isso, além de garantir que os caminhões estejam preparados para acomodar a carga, é fundamental sinalizar o veículo com os símbolos que representam os riscos envolvidos e a carga transportada.

O manuseio também deve ser feito com extremo cuidado, já que essas substâncias podem representar grandes riscos à saúde.

Agora que você já conhece alguns dos principais cuidados que devem ser tomados ao transportar diversos tipos de carga, aproveite para assinar a nossa newsletter! Assim, você não perde nenhuma das nossas próximas dicas!

 

Comentários