<img height="1" width="1" alt="" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=408815549258573&amp;ev=PixelInitialized">

    Qual o melhor modelo de carro para quem ama viajar?

    cuidados-veiculos, cuidados-automoveis, veiculos, trocar-carro, cuidados-carro

     

    Se você gosta de pegar a estrada, precisa escolher muito bem seu companheiro de viagens. Afinal, que automóveis são ideais para aguentar quilômetros e mais quilômetros em rodovias e estradas de terra oferecendo conforto e segurança para os passageiros? Para ajudá-lo a tomar essa decisão, vamos mostrar no post de hoje o que levar em conta na hora de escolher um modelo de carro para suas próximas viagens. Confira!

    Capacidade do porta-malas

    Por mais compacta que seja, não tem jeito: a bagagem está presente em toda viagem. E é claro que, quanto maior for o número de passageiros no carro, maior também deve ser o espaço para abrigar as malas.

    Pensando nesse aspecto, os modelos compactos são ideais para quem viaja sozinho ou em dupla. Já para quem gosta de levar toda a família, vale a pena pensar em sedãs médios ou SUVs. Por terem um piso mais alto, os utilitários ainda aguentam trilhas leves e terrenos irregulares. Os amantes de campings podem apostar em picapes, que oferecem uma grande capacidade de carga.

    Tração nas rodas

    Você planeja rodar apenas por estradas asfaltadas? Então não precisa se preocupar tanto com o tracionamento do carro. Por outro lado, quem pretende rodar por vias de terra, fazer trilhas ou enfrentar grandes declives deve apostar em um modelo de carro com tração nas 4 rodas.

    Esse recurso é uma ajuda e tanto para encarar vias irregulares, ainda podendo tirá-lo de atolamentos. Em todos os casos, lembre-se de usar pneus específicos para fora de estrada quando for atravessar superfícies muito irregulares.

    Facilidade de manutenção

    Como viagens constantes exigem mais do veículo, o desgaste naturalmente vem em menos tempo. Assim, se você roda demais, é melhor escolher modelos com mecânica mais simples — principalmente com menos componentes eletrônicos. Veículos assim têm manutenção mais rápida e barata e não requerem mão de obra muito especializada.

    Também é importante pensar na facilidade em comprar peças de reposição originais para seu veículo. Afinal, não é em qualquer cidade que você vai encontrar a reposição certa para um importado. Pesquise em lojas de autopeças ou com outros proprietários a respeito da disponibilidade de peças para o modelo em todo o Brasil.

    Potência do motor

    Mesmo quem só roda em boas estradas precisa de um carro mais potente que um 1.0, viu? Isso porque é necessário passar por subidas e descidas, além de fazer ultrapassagens com segurança. Quem é mais radical também deve optar por modelos de carro com motores mais parrudos, capazes de enfrentar desafios sem causar dores de cabeça.

    Autonomia e combustível

    Em geral, os automóveis são mais econômicos rodando nas estradas que em ambientes urbanos. Mas você não vai querer descuidar da economia por conta disso, certo? Além do mais, uma boa autonomia garante tranquilidade quando você precisa circular por muito tempo em locais com pouca oferta de postos de combustível.

    Por falar em combustível, uma dúvida bastante recorrente no momento de escolher um modelo diferente é: diesel vale a pena? Esse combustível oferece um custo mais barato e é ideal para carros mais robustos, que precisam de mais força em velocidade reduzida.

    No entanto, esses modelos de veículo são bem mais nocivos ao meio ambiente, pois liberam mais poluentes na atmosfera e emitem ruídos mais altos. Além disso, podem dar um pouco mais de trabalho na hora da partida em locais mais frios ou de grande altitude.

    Por fim, se quer ajudar seus amigos, colegas e familiares a também escolherem o modelo de carro certo para viagens, não deixe de compartilhar este post em suas redes sociais!