188756-5-dicas-para-comecar-a-montar-sua-reserva-financeira

5 dicas para começar a montar sua reserva financeira

Abril 2018

3 minutos de leitura

Compartilhe
Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo WhatsApp

Não restam dúvidas: montar uma reserva financeira é muito importante. Hoje em dia, como você lidaria com apertos e acontecimentos inesperados, como um problema de saúde ou a perda do emprego? Complicado, não é mesmo? Agora imagine se você tivesse um dinheirinho extra com que contar. Muito mais fácil, certo?

Pois saiba desde já que o mais difícil de montar uma reserva de emergência é começar. Afinal, o dinheiro não costuma sobrar! Nada de desânimo, porque esse não é um problema só seu. E foi pensando nisso que resolvemos, no post de hoje, dar 5 dicas valiosas para que você consiga dar o pontapé inicial, montando uma boa reserva financeira. Confira!

1. Faça um planejamento mensal

Normalmente, quem tem mais dificuldade para controlar o orçamento é quem não se planeja. Por isso, comece desde já a fazer anotações em um caderno ou usar uma planilha eletrônica simples para ter uma visão clara do que recebe e do que gasta. O ideal é fazer essas anotações todos os meses, logo que receber seu salário. Dessa forma, você se prepara melhor para o próximo período.

2. Organize suas contas

Quando você faz o planejamento do mês, dá para ver direitinho onde está gastando mais. A partir dessa percepção, é possível tomar decisões para direcionar melhor o uso do dinheiro! Se você sai bastante, por exemplo, pode escolher limitar os momentos de lazer ou pensar em lugares diferentes para ir sem gastar muito. Assim, a economia nas contas é direcionada para poupar ou investir.

3. Veja o que cabe no orçamento

Para montar sua reserva financeira, você vai poupar uma parcela do seu salário mensal. Se começar com 100 reais, por exemplo, terá 1.200 em 12 meses. Parece pouco? A boa notícia é que é possível ir aumentando esse valor, à medida que as contas acumuladas são pagas. O importante é começar com uma parcela mensal que caiba no orçamento, sem apertar demais. Lembre-se de que a prioridade é pagar suas contas em dia, porque não vale poupar por um lado e pagar juros e multa pelo outro!

4. Estabeleça metas

Decidiu com quanto vai começar? Ótimo! Agora, a pergunta a se fazer é: qual a meta para sua reserva financeira? Um bom começo é juntar o correspondente a pelo menos 3 vezes o seu salário. No entanto, o ideal mesmo é reservar 6 vezes esse valor, garantindo assim um bom tempo para respirar e se recolocar no mercado diante de uma situação de desemprego, por exemplo.

Mas atenção: se você reservar só os 100 reais que demos como exemplo há pouco, vai demorar muito para alcançar a meta. Então pense em um valor que seja razoável e vá aumentando a economia mensal aos poucos, até alcançá-lo. Se subir 50 reais por mês, por exemplo, no 6º mês já estará poupando 350 reais e terá 1.350 reais de reserva. Pare quando achar suficiente, sempre levando sua realidade em conta, ok?

5. Saiba onde aplicar o dinheiro

Onde você pretende guardar esse dinheiro? Se pensou logo na poupança, saiba que essa opção nem sempre é a mais atrativa do ponto de vista financeiro, viu? Isso porque sua rentabilidade é baixa demais. Há, hoje, várias opções de investimento que rendem mais, independentemente do valor inicial aplicado, sendo cada mais apropriada para uma situação diferente.

Para formar patrimônio e se cuidar da sua aposentadoria, por exemplo, o ideal é investir em algo seguro e sem acesso fácil, de forma a dificultar a tentação de gastar. Um consórcio é uma excelente opção para esse fim. Já para uma reserva de segurança, você precisa focar em rentabilidade segura e disponibilidade (liquidez). O mais recomendado, assim, é apostar em um investimento que permita o saque no caso de qualquer emergência.

Seguindo essas dicas, você já conseguirá se organizar bem, podendo até escolher um bom investimento para sua reserva financeira! E se este post foi capaz de ajudar, que tal repassá-lo para ajudar também seus amigos? Compartilhe nossas dicas em suas redes sociais!

Comentários